5 principais pontos turísticos em Amsterdam que você precisa conhecer

Muita gente me pergunta quais são os principais pontos turísticos em Amsterdam, aqueles que, querendo ou não, a gente precisa conhecer, ou ao menos saber que existem. Eu fiz a minha lista com 5 dicas do que fazer em Amsterdam (onde listei o Museu do Van Gogh, a casa da Anne Frank, os canais de Amsterdam, o Red Light e o Vondelpark).

Mas Amsterdam sempre tem a oferecer, então resolvi listar mais 5 principais pontos turísticos em Amsterdam.

(Essa lista é realmente para as principais atrações turísticas de Amsterdam. Se você preferir uma Amsterdam mais alternativa, menos turística e com mais atrações locais, o seu artigo na verdade é esse aqui).

E, se em vez de uma lista, você quer um roteiro passo a passo, misturando os principais pontos turísticos com dicas locais, eu tenho aqui o roteiro perfeito para você.

Ok, chega de conversa fiada e vamos pra lista de mais 5 pontos turísticos em Amsterdam que você precisa conhecer!

1. Principais pontos turísticos em Amsterdam: passeio a pé pelo Jordaan e cinturão de canais

Pontos turísticos de Amsterdam: Jordaan
(Foto: Daniel Duclos)

Se o passeio de barco pelos canais de Amsterdam oferece um ângulo diferente da cidade e seus canais, o melhor jeito pra vê-los da maneira tradicional é perdendo-se pelas ruazinhas do Jordaan. É o bairro onde Amsterdam tem mais cara de Amsterdam. Sabe as típicas pontezinhas coalhadas de bikes e as casinhas típicas? No Jordaan você vai achar a maior concentração delas.

(Dica rápida: o nome do bairro se diz "iôrdaan" e não "jordã").

Pontos turísticos em Amsterdam: Canais no Jordaan
Você já conheceu de barco, agora é hora de andar a pé (Foto: CC BY-NC-ND Alessandro Grussu)

O bairro é lindo. Foi construído para abrigar os trabalhadores envolvidos na expansão da cidade através do cinturão de canais no século XVII. Por séculos permaneceu como o bairro da classe trabalhadora, até que nos anos 60 e 70 do século passado foi tomado por artistas, estudantes e profissionais liberais.

Pontos turísticos em Amsterdam: Jordaan
O Jordaan tem a moral de ser lindo o ano todo! (Foto: Daniel Duclos)

Hoje é cheio de galerias de arte, bares e cafés antigos e alguns dos mais belos canais de Amsterdam. Ande sem destino certo e sem pressa (você irá se perder de qualquer maneira) e aprecie a atmosfera do lugar.

É no Jordaan que fica a melhor torta de maçã de Amsterdam (e se for sábado, rola de você combinar com uma visita a uma feira orgânica).  Ou você pode fazer compras em Amsterdam em uma das áreas mais descoladas da cidade, as 9 ruazinhas.

E já que você está num dos pontos mais fotogênicos de Amsterdam, e registra essa experiência para sempre!

2. Pontos turísticos em Amsterdam: o Rijksmuseum

Principais pontos turísticos em Amsterdam: Rijksmuseum e I Amsterdam
O letreiro I Amsterdam fica na frente do Rijksmuseum, então essa é uma dica dois-em-um (Foto CC BY-NC Bert Kaufmann)

Não é só de Van Gogh Museum que vive Amsterdam. Na verdade, o Van Gogh nem é o museu mais popular de Amsterdam, nem sequer da Museumplein, a praça dos Museus. Ele tem um vizinho muito mais famoso: o Rijksmuseum.

Ah: Rijksmuseum se pronuncia (mais ou menos ráiksmusseoum. O r do começo é o r fraco, de atRapalhado, e não o r forte de aRRe que língua difícil.

Ufa. O nome é complexo, mas o museu é lindo. Só o prédio já seria uma atração em si. Depois de uma infinita reforma, o museu combina uma arquitetura clássica com comodidades e recursos modernos.

Por falar em arquitetura: repara como ele lembra o prédio da Estação Central de Amsterdam? Os dois foram projetados pelo mesmo arquiteto: P.J.H. Cuypers.

Pontos turísticos em Amsterdam: Rijksmuseum
O espelho d'água na frente do Rijksmuseum vira pista de patinação no inverno (Foto: Daniel Duclos)

O Rijksmuseum é uma das atrações imperdíveis de Amsterdam: a coleção é recheada de grandes mestres, como Rembrandt (o quadro a Ronda Noturna é um daqueles que a gente precisa ver ao vivo para ter o impacto), Vermeer e outros. Além de arte, tem de objetos históricos. E há atividades para as crianças exercerem e aprenderem arte.

Se você quiser curtir uma dica de graça, entre nos jardins do Rijksmuseum: são abertos ao público e têm, de tempos em tempos, exposições ao ar livre.

Reserve seu ingresso antes pro Rijksmuseum, ou contrate nosso guia!

Uma coisa: como o Rijksmuseum é bem grande, então é legal escolher o que quer ver, ou reservar algumas horas para explorar. Você pode também contratar aqui o Carlos, guia parceiro do Ducs para te levar aos pontos principais.

Se preferir ir sozinho, é importante comprar aqui o ingresso antecipadamente, pra evitar de ficar tartarugando na fila em vez de deslizando entre obras primas.

3. Pontos turísticos em Amsterdam: O Jardim das Beguinas (Begijnhof) e a praça Spui

Principais turísticos em Amsterdam: Begijnhof
(Foto CC BY Allie Caulfield)

O Jardim das Beguinas (Begijnhof) eu já recomendei algumas vezes aqui no Ducs. (Por exemplo, nesse meu roteiro de um dia em Amsterdam que eu fiz para um programa da Band).

Resumidamente, Beguinas eram ordens religiosas de mulheres que não haviam feito votos formais. Elas viviam em pequenas casas juntas. Begijnhof é o "jardim das Beguinas" em holandês. Tente achar a entrada dele. Você jura que é a porta de uma casa ou prédio, mas quando entra, sai no Begijnhof. Apenas uma das surpresas desta cidade!

Além de ser bonito e tranquilo (uma bolha de calma na agitação do centro de Amsterdam), o jardim tem uma das duas únicas casas de madeira ainda existentes em Amsterdam e uma capela com alguns painéis do púlpito sendo projetados por Piet Mondriaan.

Uma dica: mostre silêncio e respeito no Begijnhof, e leia os avisos. Apesar da última das Beguinas de Amsterdam ter morrido em 1971, até hoje moram mulheres nas casas.

O Jardim das Beguinas fica na praça het Spui (que os holandeses falam como "spáou" e não "ispúi"). A praça em si é uma atração bem bacana também: cheia de livrarias, cafés e história e surpresas escondidas (como você deve ter desconfiado pelo Jardim das Beguinas).

Anote outra dica: se você se aventurar em dos becos próximos (Voetboogstraat 3), vai achar uma das mais famosas batatas fritas de Amsterdam.

4. Pontos turísticos em Amsterdam: Cafés e baladas em Amsterdam: a Leidseplein

A Leidseplein é bem turística, então tinha que entrar nessa lista dos principais pontos turísticos de Amsterdam. Alguns dos cafés ao redor da Leidseplein são meio armadilhosos, mas tem coisa boa sim por lá.

Por exemplo, um dos melhores cafés da manhã de Amsterdam fica ali ao lado, no de Balie. O prédio onde ele fica é o antigo tribunal de Justiça, e o De Balie faz sucesso entre os locais.

E o antigo tribunal não é o único prédio histórico na Leidseplein. Procure pelo Stadsschouwburg (teatro municipal) com seu estilo neo renascentista. Ou entre no Hotel Americain, para curtir uma sala de leitura em estilo Art Noveau, com uma linda fonte bem na frente.

Pontos turísticos em Amsterdam: Café Americain na Leidseplein
(Foto: CC BY-NC-ND Frenchy)

Para curtir a mistura histórico-moderno típica de Amsterdam, entre na Apple Store, logo em frente. Não curte Apple? Dá um rolê pela praça e ache os detalhes escondidos no meio do caos, como as esculturas realistas de lagartos no estacionamento de bikes.

E se você for de noite, a Leidseplein é um dos principais pontos de balada da cidade. Você pode até fazer um pub crawl em volta dela - clique aqui para saber mais.

5. Pontos turísticos em Amsterdam: Onde Amsterdam começou: a praça Dam

E vamos terminar essa lista onde Amsterdam começou: a praça Dam. Um dos principais pontos turísticos de Amsterdam está inserido até no nome da cidade: Amster... DAM!

Dam quer dizer represa, e a cidade começou como uma represa do rio Amstel, ou seja, Amstelredam... que virou Amsterdam.

A praça é cercada de prédios históricos e cheia de turistas, artistas de rua, pombas, bicicletas (e alguns pick pockets, fique ligeiro). Dominando a Dam está o imponente Palácio Real, que na verdade não é nem palácio nem real. (A Holanda é cheia dessas pegadinhas).

Pontos turísticos em Amsterdam: De Dam
(Foto: CC BY-NC-ND Carlos M. M.)

Era a antiga prefeitura de Amsterdam, que o rei Louis Napoleão pegou para ele fazer de palácio.

Só que o reinado do irmão menor do Napoleãozão mais famoso foi curto, e no fim acabou ficando sem muito uso. (Eu contei mais curiosidades históricas sobre a Holanda aqui nesse artigo). Você pode visitar por dentro hoje. Eu contei essa história com mais detalhes aqui:

https://youtu.be/hNXdn0sV3no

Aproveita e se inscreve no nosso canal do YouTube pra ficar recebendo mais rolês legais por Amsterdam!

O legal da Dam é que ela oferece opções para todos curtirem. Você pode se divertir tirando selfies no Museu de Cera da Madame Tussauds, ou visitar uma exposição cultural que esteja rolando na Nieuwkerk (a "igreja Nova" de Amsterdam).

Você pode curtir história visitando o Palácio Real (compre seu ingresso aqui e evite a roubada de ficar na fila), ou dar uma volta de roda gigante no parquinho de diversões que frequentemente se instala na Dam. Pode tomar um café no Mac ali perto, ou ir no Vascobelo, escondido na livraria Schetelma, ao lado da Dam.

Pontos turísticos em Amsterdam: Dam
O parquinho na Dam (Foto: Daniel Duclos)

E isso, amigos, é muito a cara de Amsterdam: uma diversidade tão rica quanto a variedade de pessoas no mundo, convivendo e descobrindo cada uma a sua cidade.

Não esqueça de dar uma olhada nas dicas práticas de viagem - aquelas coisas que você só lembra quando tropeça nelas.

Fontes e referências

Wiki NL - Pierre Cuypers
Wiki NL - Rijksmueseu, Amsterdam
Lonely Planet Amsterdam
Awesome Amsterdam - Best Fries in Amsterdam
Wiki NL - Amstel (rivier)
Wiki NL - Stadsschouwburg
Wiki NL - American Hotel

Ingressos pra atrações em Amsterdam

Um jeito bacana de retribuir o Ducs e ainda se dar bem é comprar ingressos online comigo. Assim você evita ficar tomando vento em fila quando você devia estar passeando… e me dá uma força preciosa!

Dá uma olhada na página de ingressos do Ducs Amsterdam

Booking.com

Reserva um hotel bacana aqui em Amsterdam!

Eu escrevi um artigo com muitas onde ficar em Amsterdam.

E se você fizer sua reserva através dos links do Booking aqui no Ducs, eles repassam uma comissão pra gente (ao mesmo tempo que você paga menos pelo hotel).

Então é uma forma de apoiar o Ducs em Amsterdam e ainda descolar um lugar legal, ter suporte em português e pagar menos! :) Todo mundo ganha!

Booking.com

16 comentários em “5 principais pontos turísticos em Amsterdam que você precisa conhecer”

  1. Boa tarde amigos, estarei viajando com minha esposa e filha dia 16 de janeiro de 2019 e chego em Amsterdã as 12:15 (horário local) em 17/01, por fim, embarco para Londres dia 19/01 as 09:25. Portanto, será curtíssima a nossa passagem pela Cidade. Gostaríamos de realizar os seguintes passeios: Museu de Van Gogh, Casa de Anne Frank, Heinneken Experience e um passeio de barco pelos canais do bairro De Pijp. Como não conheço, tinha em mente o seguinte roteiro: dia 17/01 o passeio de barco e o fazer o Museu. Vocês acham possível ter na sequência do mesmo dia a visita à cervejaria? Outra situação seria sobre transfer. Vcs fazem aeroporto-hotel e vice e versa? Quanto seria o valor (aeroporto hotel Westcord city)? Verifiquei que o passeio de barco e museu Van Gogh ainda não posso comprar. A pergunta é quais as formas de pagamento dos produtos? Desde já agradeço a atenção.

    Responder
  2. Bom dia,

    Gostaríamos (eu e minha esposa), de ir em Amesterdam no período das tulipas em Keukenhof, e também conhecer as outras atrações de Amsterdam.
    Só falamos português, a Ducs da apoio desde a chegada ao aeroporto, fazermos todos os passeios e depois o check-in no aeroporto para a volta para o Brasil, estamos com muita vontade de ir, mas estamos receosos por falarmos só português

    Aguardo contato

    Obrigado

    João Carlos Ribeiro de Souza

    Responder
  3. Eu fui no jardim das Beguinas mas achei mto cheio e o povo muito mal educado. Cheio de avisos que não podia entrar cachorro, bicicleta (a não ser das moradoras) e tirar fotos e o que tinha? tudo isso. Fora o converseiro.... nem na capela consegui entrar.... fiquei triste.

    Responder
  4. Ola.
    Vou para a Bruxelas, e estou pensano em ir para a Holanda de autocarro , entretanto a estação de chegada é em Sloterdijk.
    Pergunto te se essa zona e longe do Centro e se é de fácil acesso

    Obrigado

    Responder
    • Oi Leandro, é tranquilo. Sloterdijk é conectada à Estação central por poucos minutos de trens (comboio), e você tem também metrô, bus e tram para outras partes da cidade.

      Responder
  5. To adoraaaaando esse blog! Vocês são demais! Esqueço da hora quando começo a ler. Estou indo sozinha dia 18/04/17 e saindo no dia 20/04, sei que será pouco tempo e estou pesquisando a melhor forma de aproveitar com qualidade o tempo da estadia. Parabéns pelo trabalho as informações (e dicas) estão sendo bem úteis!

    Responder
  6. Olá Ducs, sou sua seguidora no instagram, e adoro seu blog. Dia 24/10, vou fazer um bate e volta saindo de Dublin. Vc acha que consigo dar um bom passeio? qual sua dica para esse período, chego 9:30 e embarco às 22:00 do mesmo dia. Grata

    Responder
  7. Que bela cidade, espero conhecer algum dia, parece ser fabulosa. Há uns tempos rolou uma promoção fantástica e eu acabei perdendo a oportunidade.

    Responder
  8. Fazer um textos sobre as principais atrações turisticas de Amsterdam e não incluir o Museu Van Gogh é muito estranho, mas....
    O restante está bem legal. Faltou outro museu que eu gostei muito, o Stedelijk Museum.
    abs e boa viagem.

    Responder

Deixe um comentário

Notifique-me de novos comentários via e-mail. Você também pode se inscrever sem comentar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.