Dicas práticas de Amsterdam: evite passar perrengue na sua viagem

Uma viagem é sempre um sonho, né, mas se a gente não toma cuidado, um detalhe besta da vida real pode esculhambar tudo. Já pensou, passar tanto tempo sonhando com a viagem pra Amsterdam e na hora agá, descobrir que nenhum dos seus pinos de tomada encaixa aqui? Seria super prático pra resolver isso um smartphone... se ele não estivesse sem bateria agora! ARGH!

Nah, vamos evitar os micos e perrengues e anotar essas dicas práticas para Amsterdam.

Telefones de emergência em Amsterdam e Holanda

Essa é uma dica prática que eu honestamente espero que você não precise, mas...

Se meteu numa encrenca grossa, daquelas de vida ou morte? Liga correndo pro 112. É pra assistência agora, tipo a ocorrência tá na sua frente. Não há tempo a perder? Um um dois.

Telefone de emergência na Holanda
112 é o telefone de emergência na Holanda. Pronto, acho que deu pra decorar. (Ilustração: Georgejmclittle/Shutterstock.com)

Agora, se você precisa falar com a polícia mas não tem urgência... tipo, precisa fazer um BO e tal? Aí o telefone é 0900-8844.

O telefone do consulado brasileiro na Holanda é (085) 902 2600. O plantão consular fica no 0651554836 (só para casos urgentes, como acidente, prisão, morte e coisas horríveis assim).

Qual é a voltagem na Holanda e que tomada se usa na Holanda

Primeiro as tomadas usadas na Holanda. Yeah. Tem isso, né? Cada país inventa um padrão (isso quando não inventa de substituir um padrão antigo e na prática acaba com mais de um...)

OK, vamos lá. Aqui na Holanda as tomadas são de dois tipos, compatíveis entre si: o tipo F e o Tipo C. A boa notícia é que esses plugs são usados em diversos países. A má notícia é que o Brasil não é um desses.

(O Brasil usa um plug assim, só seu, o famigerado tipo N de três pinos, além de alguns outros legados e tal e coisa. Nem vou entrar nesse mérito).

Tomada na Holanda
Esse é a tomada Tipo F, usada na Holanda. Tipo F, esse é um leitor do Ducs. Acho que vocês vão se entender. (Ilustração: Shuttrstock.com)

O tipo F é usado em vários países na Europa, o que significa que possivelmente você vá precisar de apenas um adaptador pra sua viagem, mesmo se você não ficar só na Holanda (possivelmente; Reino Unido, Suíça, por exemplo, usam outro plug.  Verifique nesse link!).

E antes de tacar seu aparelho na tomada, pelamor, verifica se ele é bivolt ou compatível com os 230V da Holanda. Vou repetir: A voltagem na Holanda é 230V. Sim, no país todo.

Carro elétrico na Holanda
Dá pra por tudo na tomada aqui na Holanda, até carro. (Foto: Daniel Duclos)

Onde trocar dinheiro em Amsterdam

Ok, você sabe que aqui a gente usa o euro. Sim, é óbvio, mas já vi gente chegando com dólar e se surpreendendo por não ser amplamente aceito. O melhor é trazer euros mesmo, mas se você precisar trocar moedas que não são o euro  que trouxe em cash (o que eu desaconselho; se for trazer cash, traga euro mesmo), evite as casas de câmbio do Schiphol. São conhecidas por ter uma taxa... huh "diferenciada".

Em vez disso use a Pott Change, que é bem elogiada por aqui. Fica no centro de Amsterdam, na Damrak 95. Horários de atendimento e conversões, veja o site oficial deles.

Onde sacar dinheiro em Amsterdam

Você pode também fazer saques em euro nos caixas eletrônicos direto da sua conta, se o seu cartão falar a língua da Rede Maestro ou V Pay. Caixa eletrônico em holandês é geldautomaat.

Caixa eletrônico em Amsterdam
Olha, vou confessar que quando eu cheguei aqui eu achava bizarro tirar dinheiro no meio da rua, assim, sabe, sem mais aquela. Hoje já acostumei (Foto: Can Pac Swire CC BY-NC)

Muito prático, mas se informe sobre taxas extras cobradas pelo seu banco e operadoras antes de sair enfiando o cartão. E claro, tem que saber da cotação que seu banco vai cobrar.

Você acha caixas eletrônicos bem fácil em Amsterdam - praticamente todo supermercado tem uma ou dentro ou bem perto, além de postos de correio, tabacarias, estações de trem, no aeroporto...

Ah, mais uma dica: evite sacar as notas grandes de euro. A maioria dos estabelecimentos não troca notas de €200 e €500. De €100 depende do lugar e do troco. Pergunte antes.

Evite travelers cheques em Amsterdam

Que coisa mais anos 90. Alguém ainda usa isso? Bem, não aqui em Amsterdam. Roubada total. Mais fácil você tentar vender seus travelers cheques para algum museu - a chance de serem trocados por dinheiro é maior assim.

Enfim. A rede Maestro é bem aceita por aqui, assim como a V Pay.

Muitos lugares em Amsterdam não grandes de euro (€100, €200, €500)

As notas de euro amplamente aceitas aqui são as 50€ ou menos. Quando você tenta trocar uma nota de 100€, vários liugares já começam a reclamar, muitos não aceitam. Nesse caso, é melhor ir a um supermercado, como o Albert Heijn, fazer uma compra e pagar com a nota de 100. Em taxi, pergunte antes pra evitar stress.

Agora, notas de 200€ ou 500€ realmente não aconselho trazer. Se não tiver jeito, é capaz de você só conseguir trocar em um banco.

Cartões de crédito não são universalmente aceitos em Amsterdam

Sim, claro que eles são aceitos, especialmente em lojas maiores e restaurantes mais legais, mas Amsterdam está longe de ser como Londres, digamos, onde você pode até dar esmola com cartão de crédito (não literalmente, acho, mas você entendeu).

E tem alguns lugares que não aceitam nem cartão de crédito nem cash, apenas débito.

E em supermercado, não aceita cartão de crédito. Em alguns lugares eles cobram uma taxa extra, ou exigem um gasto mínimo para aceitar. Ou seja, tem que perguntar antes. Sempre se informe antes pra evitar o mico.

Se o seu cartão de débito da rede maestro estiver habilitado para saque internacional, ele é bem aceito.

Dando gorjeta (ou não) em Amsterdam

A gente é acostumado a ver filme americano onde qualquer coisa rola uma gorjeta. Pois é, aqui na Holanda não tem isso. Os salários são decentes, e os atendentes ganham o suficiente, então a gorjeta não é muito da cultura holandesa.

Dinheiro em Amsterdam
Hum, gorjeta. Você deve ser turista... (Foto CandyBox Images/Shutterstock.com)

Pode dar gorjeta, claro, você vai deixar o atendente feliz, mas não é esperado nem muito menos exigido. É normal arredondar sua conta, ou deixar o troco como gorjeta, mas se você quiser pagar até os centavos certinhos ninguém vai sair te perseguindo pela rua nem te olhar torto nem queimar seu filme nas redes sociais.

Pegando Taxi ou Uber em Amsterdam

Olha, Taxi não é muito barato aqui não. Por outro lado, os carros costumam ser bastante bons. Se for pegar táxi no aeroporto de Amsterdam, use o ponto oficial, que fica logo na frente da saída principal. Recuse táxi oferecido dentro do saguão do aeroporto e se poupe de uma roubada.

Taxi em Amsterdam
Por falar em carros elétricos, esses taxis são Teslas fotografados no ponto oficial de taxi do Schiphol... (Foto: EQRoy / Shutterstock.com)

Se precisar pedir um taxi no estilo old school (tipo ligando), o telefone é (020) 6777 777.

Uber rola de boa aqui. É legalizado e os taxistas não saem depredando nem nada. A experiência em si varia um pouco, mas em geral eu prefiro aos táxis nas raríssimas ocasiões que eu preciso (o transporte público aqui é muito bom, eu tenho bike e a gente usa um esquema de carro compartilhado que contei aqui).

Se for pegar Uber no Schiphol, eles ficam em frente ao Sheraton - saindo do Schiphol, fica a sua direita.

Para dicas de transporte público, clique aqui.

Evite pagar mico usando o banheiro em Amsterdam

Na Europa em geral, na Holanda certamente, se joga o papel no vaso sanitário e não num cestinho ao lado. Yeah. Pronto, avisei.

Pra usar banheiro na rua, é bem comum os lugares cobrarem uma taxa que varia de €0,20 (na Biblioteca Pública de Amsterdam, por exemplo) a mais de um euro. Mesmo na estação central de Amsterdam tem banheiro pago. No Schiphol é de graça.

Yeah, tem os folclóricos mictórios de Amsterdam, mas cara, de boas, não. Eu ao menos nunca tive coragem.

Mictorio público em Amsterdam
Sei lá, se quiser encarar... Tem hora que a necessidade aperta e tal, entendo. Só que até o momento eu realmente não fiquei desesperado a esse ponto. (Foto: FaceMePLS CC BY)

Tem de vez em quando uns banheiros públicos automáticos na rua, você paga €0,50 e ele abre e depois que você sai ele se auto limpa. A única vez que tentei usar um desses ele comeu minha moeda, então, sei lá. Me conta se deu certo pra você.

O mais seguro mesmo é de fato entrar em um estabelecimento e fazer uma pausa estratégica.

Agora, diquinha que nem precisaria dar se o mundo fosse perfeito: cara, não faz xixi na rua e muito menos nos canais. Sem mencionar que isso é porquice, rola multinha de €140,00 de souvenir pra você. Carinho né? Melhor pagar o eurinho pra fazer xixi no bar, né? Pois é.

Como conectar na Internet em Amsterdam

Ah, é melhor comprar um chip de celular? Como? Onde? Como usar wifi? Bom, esse é um tópico tão bacana que eu fiz um artigo completinho só pra ele, explicando tudo aqui!

Pode falar inglês em Amsterdam?

Em geral, pode. É bem comum as pessoas falarem inglês aqui. Porém... olha só, a língua do país é o holandês (chamado oficialmente de neerlandês, é toda uma história isso). Eles são super acostumados a ter turistas e a falar inglês, mas não chega com uma atitude, saca?

Se souber cumprimentar em holandês, gasta seu holandês, se não souber beleza, cumprimentar em inglês mesmo, mas cumprimenta primeiro (ou pede licença). Daí pede assim "posso falar inglês?" (may I speak English?) em vez de "você fala inglês (Do you speak English?).

Daí pede a info ou sai falando com a pessoa.

E não espere que vá ter plaquinha bilíngue em tudo. Nessa hora, Google Translate! Seus sortudos - quando eu  mudei pra cá nem existia smartphone, era tudo no dicionário de papel...

E pra tomar água em Amsterdam?

Pode tomar água direto da torneira em Amsterdam sem problemas. A água encanada na Holanda é uma das mais limpas do mundo.

Pode pedir água da torneira nos cafés, bares e restaurantes também, é de boa e é de graça. Se realmente quiser comprar uma garrafa de água mineral, procure um supermercado e salve alguns euros do afogamento.

Eu carrego comigo uma garrafa reutilizável que encho com água da torneira. É o melhor.

Dicas de segurança em Amsterdam

Polícia em Amsterdam
Caso você esteja se perguntando, sim, aqui a polícia também usa bicicleta. Bicicleta em Amsterdam, chocante, eu sei... (Foto: Nicolas Vigier, domínio público)

Amsterdam é uma cidade razoavelmente segura, crimes violentos são raros. Tá, pode acontecer, mas nada comparado ao que a gente tá acostumado no Brasil. Arma aqui é raridade.

O que tem? Batedor de carteira, nas áreas mais turísticas e cheias de gente. Largar a bolsa pendurada na cadeira de um café na calçada... yeah, eu não faria isso.

Mas assim, nada que a gente não esteja acostumado no Brasil. O ponto é: não entra naquela ideia de "ai, primeiro mundo, nunca vão me levar nada", não é bem assim. Fica de olho nos pertences e pronto.

Casa barco é segura? Sim.

Que mais? Se alguém te pedir dinheiro, só ignorar.

Não compre bike de €10,00 na rua. Preciso explicar o motivo? Também não compre drogas na rua. Sim, é ilegal. Maconha, você pode comprar em coffeeshops, mas parou por aí. Leia meu artigo falando dos mitos sobre a maconha na Holanda.

Falando nisso, sempre prenda sua bike com corrente. Eles furtam sim.

Não fotografe as meninas nas vitrines do Red Light District.

E, ah sim, mencionei? O telefone de emergência na Holanda é 112.

Curtiu as dicas?

por_do_sol_amsterdam
Vem, Amsterdam tá te esperando! (Foto: Daniel Duclos)

Se você curtiu as dicas e quer mais, não esquece de ler a seção de dúvidas frequentes do Ducs. Lá você vai achar sobre o ponto de encontro do aeroporto de Amsterdam, onde guardar as malas e muito mais.

E a maior dica de todas que dou sobre Amsterdam é... use nossos serviços! Aqui no Ducs tem tudo pra te ajudar a ter e melhor experiência em Amsterdam. Desde antes de você sair do Brasil até depois que voltar, tá tudo ali.

Acessa a página de serviços do Ducs Amsterdam e boa viagem!

Ingressos pra atrações em Amsterdam

Um jeito bacana de retribuir o Ducs e ainda se dar bem é comprar ingressos online comigo. Assim você evita ficar tomando vento em fila quando você devia estar passeando… e me dá uma força preciosa!

Dá uma olhada na página de ingressos do Ducs Amsterdam

Booking.com

Reserva um hotel bacana aqui em Amsterdam!

Eu escrevi um artigo com muitas onde ficar em Amsterdam.

E se você fizer sua reserva através dos links do Booking aqui no Ducs, eles repassam uma comissão pra gente (ao mesmo tempo que você paga menos pelo hotel).

Então é uma forma de apoiar o Ducs em Amsterdam e ainda descolar um lugar legal, ter suporte em português e pagar menos! :) Todo mundo ganha!

Booking.com

34 comentários em “Dicas práticas de Amsterdam: evite passar perrengue na sua viagem”

  1. Olá. Mais uma vez vou a Amsterdã e mais uma vez buscando dicas nesse site. Dessa vez a minha dúvida é se o uber (ou aplicativo semelhante) aceita pagamento em dinheiro.
    Muito obrigado.

    Responder
    • Hmmmm acredita que nunca usei uber em Amsterdam? O que o site da Uber me disse foi que se aparecer a opção pagar com dinheiro no aplicativo, é possível pagar com dinheiro. Mas no site para Amsterdam diz que na maioria dos lugares a experiência é não precisar de dinheiro, mas pagar o uber com cartão.

      Responder
  2. Olá Ducs, é necessário reservar um ticket do conexxion do aeroporto para o hotel, em 3 pessoas? não acho essa informação.

    Minha dúvida é se posso pesquisar preço do uber na hora e, se estiver muito caro, pegar um conexxion.

    Obrigada

    Responder
  3. Olá

    tenho uma pergunta bem direta a vocês:

    Uso Uber aqui no Brasil com pagamento em dinheiro, em Amsterdam eu consigo pagar em dinheiro também? ou só cartão de credito?

    obrigado e parabéns pelo blog.

    abraços

    Luis

    Responder
  4. Olá! Muito legal o blog, parabéns! Pena que eu só o encontrei depois que viajei rs mas usarei as dicas numa próxima!

    Será que vocês saberiam me tirar uma dúvida? Fiquei com a impressão de que é ofensivo (ou algo do tipo) entregar moedas nas mãos das pessoas. Na Antuérpia (Bélgica), um senhor disse isso claramente. Em Amsterdam, fiquei com a impressão de que as pessoas esperavam colocar a moeda na mesa. Vocês sabem algo sobre isso?

    Abraços!

    Responder
    • Oi Diego,

      Você está se referindo a gorjetas? Não sei se é ofensivo, mas, de fato, não me lembro de colocar na mão das pessoas. O que se costuma fazer é pagar a conta e deixar o troco com a pessoa ou, caso a conta dê 17 euros e, na hora de pagar com o cartão você fala pode cobrar 20... alguma coisa desse tipo...

      Responder
      • Oi, Dani, obrigado pela resposta! Nem foi com gorjetas, foi no pagamento de bilhetes no tram, por exemplo. Mas pode ter sido só impressão. Na Antuérpia, numa Igreja em que paguei para visitar, o senhor me disse pra que eu colocasse as moedas em cima da mesa, dizendo que era uma cultura diferente. Mas não deu maiores explicações. Abraços!

        Responder
  5. Bom dia , sabe se é legal para duas pessoas irem a vila dos moinhos de táxi ou uber por 3 horas ? Preço ? Obrigada

    Responder
  6. Curti muito as dicas! Essa sobre o dinheiro eu vou ter que tomar cuidado, pois fiz o câmbio e peguei algumas notas de 100 euros. Também vou tomar cuidado em relação aos aparelhos eletrônicos. Essa dica foi excelente!

    Responder
  7. Olá! Estarei indo para Amsterdam em menos de um mês, mas ainda não consegui fechar um seguro viagem. Vocês indicam alguma empresa?

    Responder
  8. Olá Equipe Ducs!!
    Primeiramente, parabéns pelo blog!! Dicas super importantes!!!
    Gostaria de tirar uma dúvida com vcs... Queria saber se dá pra morar em cidades como Ultrech, Roterdam, Amersfoot (Nem sei se isso são cidades, rsrs) e trabalhar em Amsterdam? Isso seria viável, já que o aluguel em Amsterdam é caro?
    Desde já obrigada!

    Responder
    • Oi kelita,

      Utrecht e Amersfoort é mais tranquilo pois são mais próximas, Rotterdam já é uma hora de trem. Agora, tem que ver se a empresa que vc vai trabalhar também paga o transporte. E, caso não pague, o melhor é fazer uma assinatura do trem para ter desconto.

      abraços,

      Responder
  9. Boa tarde! Qual a melhor maneira de sair da estação central para o hotel? Taxi? Uber? Transporte público? Nosso hotel fica perto do Vondelpark! Somos um casal com 2 filhos! Obrigada

    Responder
  10. Olá, só uma dúvida: tenho cartões apenas VISA (sendo um Cartão credito Caixa e outro BB, os 2 bandeira Visa Plus e Visa electron) e fiz um VTM (também, claro, Visa Plus). A visa plus funciona bem na Holanda (Alemanha, Belgica, Italia e França?)

    Muito obrigado.

    Responder
    • Oi Tiago,

      Acredito que não terá problemas com seus cartões... poderá sacar nas máquinas que estão marcadas com o logo de Visa e, cartão de crédito - indiferente da bandeira - não é amplamente aceito, mas dá pra usar sim.

      abraços,

      Responder
  11. Tem como comprar o adaptador de tomada no aeroporto? Quanto você cobra pra me auxiliar no dia 01/01/2017 as 11h45 até o dia 02/01/2017 até 11:20?

    Responder
  12. Fala, Duclos! Só passei pra dar um abraço. Cara, dukaralho seu blog. Nao sabia que vc estava por ai e que é um bem sucedido problogger! hehe. parabéns, meu! saudade da galera da .comdominio. hehe. abraçao! se um dia for pra ams dou um ping pra gente se ver. see you!

    Responder
    • Ae, Mestre Elizalde!! Que prazer reencontrá-lo, ainda que apenas virtualmente. Tenho saudades dos nossos papos sobre a vida, o universo e UNIX! Seja quando for que passar por aqui, vai ser uma alegria reencontrar um velho amigo!

      Responder
  13. Já sou apaixonada por Amsterdam, mas, cada vez que leio um texto seu sobre essa cidade, fico ainda mais. Grata, Daniel, por compartilhar essas informações e, sobretudo, por fazer isso de maneira tão bacana, gostosa de ler, bem-humorada. Enfim, estilo é estilo, né? 🙂

    Responder
  14. Qual a melhor época para visitar a Holanda? Em que época a Holanda está mais florida? Será essa a melhor?. Grato. Forte abraço.

    Responder
  15. Boa tarde, Ducs.
    Bacanas suas dicas. Sabe o que senti falta? Como usar o celular aí, caso não queira ficar dependente do wi-fi dos bares e do hotel. Onde e qual chip comprar, qual a operadora etc
    Grande abraço

    Responder
  16. Um outro negócio legal que tem bastante em AMS, e em toda Holanda, é CarSharing, uma espécie de AirBnb, só que pra carros. Uso bastante o SnappCar. Não é muito util pra turista, por que tem que ter carteira de motorista européia, mas pra quem tem, é uma mão na roda.

    Responder
  17. Estou programando umaviagem aAmesterdam , mas o meu inglês é ruim . Falo francês e espanhol ,será que rola ?

    Responder
    • Oi Maria Amelia,

      É claro que rola! Em geral, os amsterdameses são muito amistosos e gostam de ajudar turistas. E se você fala francês... bem, a maioria deles aprendeu francês na escola, alguns acreditam que no Brasil se fala espanhol... enfim... pode ir tranquila que você com certeza será entendida! Em último caso, apele para as mãos, caneta e papel ou algum app de tradução 🙂

      Responder

Deixe um comentário

Notifique-me de novos comentários via e-mail. Você também pode se inscrever sem comentar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.