10 Dicas para andar de bicicleta em Amsterdam de maneira segura

Todo mundo quer dicas para andar de bicicleta em Amsterdam. Por quê? Uai, Preciso te dizer que Amsterdam é a cidade das bicicletas? É só olhar: te desafio a tirar uma foto em Amsterdam sem ao menos uma bike estacionada em algum lugar!

Bom, você tirou uma foto do céu, não vale. Mas a sério: olhando hoje é difícil imaginar que um dia a Holanda não foi o país das bicicletas. Sério, rolou toda uma luta para introduzir a bike como parte indelével da alma holandesa (contei aqui).

Dicas para andar de bicicleta em Amsterdam
Deu certo. Deu, tipo, muito certo. (Foto: Daniel Duclos)

A cidade (e o país) se move basicamente de bicicleta.

O que não quer dizer que Amsterdam seja uma utopia. É bom, mas é realidade. E para quem é novato, pode parecer bem mais um caos apavorante do que uma Shan-gri-lá ciclística. Dá medão, não dá? Pra mim deu, quando cheguei aqui.

No começo eu ia todo duro na bike, com medo de carro, de ciclista, de cair, de tudo, sendo ultrapassado por tudo e todos, de criancinhas em triciclos à pessoas a pé. Era ridículo.

Depois de um tempo, porém, eu aprendi a me integrar no trânsito ciclístico, e assimilei algumas regras de segurança no pedal. E vou te contar tudo, pra você andar de boas de bicicleta em Amsterdam. Não precisa ter medo, sério. Vai ser legal.

Dicas para andar de bicileta em Amsterdam
Tem que pegar o trânsito pra ir pro trabalho, fazer o quê, né? (Foto: Daniel Duclos)

Basta anotar as dicas para andar de bicicleta em Amsterdam de maneira segura!

(Ah sim: algumas dessas dicas valem pro mundo todo, algumas são específicas da Holanda.)

1. Em Amsterdam, bicicleta é trânsito

Eu sei que você tá de férias, curtindo, e ainda por cima não tem muita prática de pedalar no trânsito urbano. Mas em Amsterdam, bicicleta é trânsito, é tráfego. Pedalar em Amsterdam não é um passeio no parque, uma voltinha numa avenida fechada durante o fim de semana.

Ao pedalar aqui, você está dirigindo um veículo no trânsito da cidade. Leve tão a sério quando levaria se estivesse dirigindo um carro na sua cidade. Existe legislação, outros veículos e as outras bicicletas não estão passeando descuidadamente.

Os locais estão pedalando voltando do trampo com fome na hora do rush, ou atrasados pra uma reunião, ou pro date, ou de maneira geral indo do ponto A pro ponto B. E, embora eles sejam muito bons em evitar quem tem pouca prática, ter uma atitude de "estou dirigindo também" vai te ajudar a ficar mais seguro.

Com isso não quero dizer para você ser tímido, ou ficar de lado com medo. O que quero dizer é: preste atenção, leve a sério e ocupe seu espaço com consciência e seu passeio de bicicleta vai ser mais seguro e agradável.

2. Regule sua bike e pedale do jeito certo em Amsterdam

Ok, mas antes de pegar sua bicicleta e sair Amsterdam afora, vamos ver essa regulagem direito. Um banco muito baixo vai fazer com que seu joelho levante muito, desperdiçando esforço. Logo você cansa e a pedalada perde a graça.

Regule a altura do banco da sua bicicleta de modo que você encoste a ponta do pé no chão.

Ao fazer força no pedal, apoie apenas a parte gordinha da palma do seu pé, sabe, aquela na ponta, logo depois doss dedos? Não apoie o meio do seu pé no pedal, você vai desperdiçar esforço.

E com essa dica, eu esclareço um mistério: como as holandesas conseguem pedalar de salto alto? Oras, elas não usam a parte do salto pra pedalar!

Dica para andr de bicicleta em Amsterdam: como pedalar
A parte certa do pé para pedalar sua bicicleta em Amsterdam (Foto CC BY-NC-ND Marc van Woudenberg)

Depois: encha o pneu da sua bike. Pneu murcho igual ciclista cansado. Quando alugar uma bicicleta em Amsterdam, dá aquela apertadinha no pneu e vê se está durinho. No próprio local de aluguel dá pra encher. E se esvaziar, ache uma das incontáveis bicicletarias de Amsterdam e use a bomba de ar deles. É em geral grátis.

3. Sua bicicleta deve ter luzes e uma campainha (sineta)

Usar luzes a noite parece óbvio, mas cara, quanta gente esquece. Ou "esquece". Eu vejo muitos ninjas pedalando de preto na noite de Amsterdam. Ou melhor, não vejo, até o último minuto.

Dicas para andar de bicicleta em Amsterdam: use luzes
Sim, usar luzes na sua bike é muito importante: pode ser a diferença entre um acidente ou uma volta tranquila (Foto: Daniel Duclos)

Não seja um desses: a iluminação pública de Amsterdam acendeu nas ruas? Ligue a luz da sua bicicleta!

Algumas regras: a luz da frente tem que ser branca, a traseira vermelha. Você pode pendurar a luz no seu corpo, mas não na cabeça, braços ou pernas. A luz não pode piscar. (Fonte em holandês).

Dicas para andar de bicicleta em Amsterdam
A luz traseira da sua bicicleta deve ser vermelha. (Foto: Daniel Duclos)

Se a sua segurança e a dos outros não for motivo suficiente, saiba que andar sem luz na sua bicicleta pode resultar em multa de trânsito. Bem salgadinha, por sinal: €55,00 em 2017. Mais barato comprar um par de luzinhas em lojas como a Blokker, ou em supermercados por alguns euros.

Mais barato e seguro, obviamente.

Outra coisa: sua bike precisa ter, por lei, uma campainha. Teoricamente ela deve ser possível de ser ouvida a 25 metros, mas também dificilmente um policial vai ficar medindo os metros. A ideia é: tenha a campainha que seja capaz de alertar os outros da sua presença.

4. Dê sinal de mão e tome cuidado nas ultrapassagens com sua bicicleta em Amsterdam

Eu já mencionei lá em cima que você está no trânsito. Beleza, lembre disso especialmente na hora das ultrapassagens. Quando for mudar de lado na ciclovia para ultrapassar, assuma que você vai entrar na frente de outra bicicleta vindo por trás e mais rápida. Sempre. Olhe por cima do seu ombro antes de mudar de lado e sempre sinalize com a mão suas mudanças!

Se um ciclista estiver parado na sua frente no sinal vermelho, e o sinal abrir e ele não sair, é melhor tacar a sineta e esperar do que tentar sair de trás dele sem olhar. Você vai cortar outro ciclista vindo rápido por trás de vocês. Um xingo na sua orelha é a melhor das hipóteses. Pelo menos você não se machuca (e ainda aprende um palavrão novo em holandês).

5. Ao pedalar em Amsterdam, preste atenção na sinalização e siga a legislação de trânsito

Seguir as regras de trânsito é o básico, mas o bicho pegam quando a legislação está em holandês. Vou listar algumas das regras mais importantes.

Você deve sempre usar as ciclovias e ciclofaixas quando presentes. Quando não houver nenhuma delas, pode usar a rua, mas mantenha a direita. Preste atenção às placas de trânsito (existem placas específicas para bicicletas). Você pode baixar um PDF com as regras de trânsito em inglês, incluindo todas as placas.

Placaas de trânsito para bicicletas em Amsterdam
Bicicletas em Amsterdam merecem suas próprias placas de trânsito (Foto: Daniel Duclos)

As zonas onde pedalar é proibido estão sinalizadas. Algumas frases ou palavras em holandês que podem ser úteis:

  • Fiets: bicicleta
  • Fietsers: ciclistas
  • Afstappen: desmontar
  • Uitgezonderd: exceto

Uma última dica de legislação: Capacetes para ciclistas não são obrigatórios na Holanda!

A problemática das bicicletas em Amsterdam e do sinal vermelho

Em um sinal vermelho, você pode fazer conversão à sua direita - a princípio quando tiver um cartaz dizendo "rechtsaf voor fietser vrij", mas na prática quase sempre: o design das ruas e ciclovias holandesas torna essa conversão segura, legal e universalmente praticada. Um aviso: preste atenção aos pedestres atravessando a outra rua!

Quando você seguir reto com o sinal aberto para você, podem vir veículos convergindo na sua rua. Você tem a preferência, mas sabecumé.

Ah sim. Sobre sinais vermelhos. Digamos que a galera de Amsterdam usa o sinal (e bikes tem inclusive sinais dedicados) mais como uma sugestão bem intencionada do que uma regra. Se o ciclista local avalia que é seguro seguir, ele segue, não para não.

Eu paro (tenho sérias intenções de viver o maior tempo possível), mas sou exceção. Seja você também uma e pedale seguro.

Regras para você pedalar sua bicicleta em Amsterdam
Sinal? Que sinal? (Foto: Bikeworldtravel / Shutterstock, Inc.)

6. Nas ciclovias de Amsterdam, cuidado com as motonetas e vespas

Ah sim. O nêmesis de todo ciclista aqui em Amsterdam: as temíveis motonetas e vespas. O que esses trambolhos motorizados estão fazendo trafegando ensandecidamente a mais de 50 km/h nas nossas ciclovias?

Longa história: esse post em inglês explica, se você estiver curioso. De toda a forma, a treta é antiga, e a União dos Ciclistas (Fietsbond) holandesa faz lobby há anos para proibir as scooters e mopeds nas ciclovias. Sem sucesso até o momento.

Então, fique sempre atendo com essas ameaças motorizadas vindo em velocidade, frequentemente na contramão. Sério, se tem uma coisa que eu mudaria aqui, seria proibir vespas, mobiletes, motonetas e afins da ciclovia. Coloque um capacete e vá para a rua, é o que eu penso.

7. Preste atenção nos pedestres (e outros obstáculos) nas ciclovias de Amsterdam

Pois é, nem todo mundo presta a atenção quando acaba a calçada e começa a ciclovia. Especialmente se estiver olhando pro celular. Preste atenção por eles.

Pedestres e bicicletas em Amsterdam,
Pedestres e bicicletas em Amsterdam, tem que prestar atenção (Foto: Daniel Duclos)

Outro obstáculo traiçoeiro é o temível trilho de tram. Ele tem a espessura exata de um pneu de bicicleta. Perfeito para encaixar o ciclista e criar um vetor entre o guidão travado e o quadro em movimento da bike, resultante num salto ornamental com aterrisagem de nariz em asfalto. Not. Fun.

O perigo maior é quando você tem que cruzar o trilho. Garanta que seu pneu esteja tão perpendicular ao bandido quanto possível. E sim, eu descobri isso aí na prática. Quebrei minha bicicleta e um pedaço razoável do meu ego.

8. Use a corrente do jeito certo ao estacionar sua bicicleta em Amsterdam

Ah, se eu ganhasse um euro para cada vez que ouvi alguém dizer "furto de bike? Mas tem isso aí na Holanda? Achava que era só no Basil!"... É um dos mitos sobre morar na Holanda que eu detonei aqui.

Sim, tem furto de bicicleta aqui. Roubo, com o cara te abordando, é raro. Mas você chegar e não encontrar sua magrela? Pode acontecer.

Ter uma corrente ajuda, mas você tem que usar do jeito certo. Pare em um rack (evite postes, cercas e outros lugares não oficiais). Passe a corrente por dentro do quadro da sua bicicleta. Depois, passe por dentro da roda, por dentro do rack e trave. Dessa forma a pessoa não leva nem a bici nem a roda. Sim, eles levam a roda se deixar.

Como travar sua bicicleta em Amsterdam
Em Amsterdam trave sua bicicleta assim: a corrente passando por dentro da roda, pela quadro e pelo rack. Ou ponte. (Foto CC BY NC ND Niels)

Eu gosto da corrente da Abus. É boa e nunca tive uma arrebentada. O que não quer dizer que não arrebentem. O truque é ter uma corrente mais cara do que a sua bike.

Quando você aluga bicicleta, aconselho a fazer o seguro de qualquer maneira. Pode te poupar muita dor de cabeça por alguns euros extras no dia.

9. Respeite as preferências no trânsito de bicicleta em Amsterdam

A regra oficial diz que veículos vindo da sua direita tem preferência. Exceto trams. Tram sempre tem a preferência.

Olhe para o chão: quando você vir triângulos brancos em um cruzamento (os holandeses chamam de "dentes de tubarão", haaientanden), isso significa "dê a preferência".

Regras de trânsito para bicicletas em Amsterdam
Os "dentes de tubarão" (os triângulos brancos pintados no chão) significam "dê a preferência". Senhor? Dê a preferência. Senhor, espere o tram! Senhor! (Foto: Daniel Duclos)

10. Não pedale bêbado ou... hã... "alterado" em Amsterdam

É ilegal. E perigoso. E dá multa (€130 em 2017).

Eu sei, eu sei, a princípio você pensa "dá nada, eu tô de bike, não é como se eu tivesse de carro". Mas voltemos ao começo: bicicleta é tráfego aqui. E, ao pedalar alterado, você põe em risco a segurança de outros, não só a sua.

Vá sozinho ou vá com um guia, mas vá de bike!

Pode parecer um monte de coisas, mas essas regras garantem que a Holanda, apesar da intensidade do uso da bicicleta como meio de transporte, seja um dos países mais seguros da Europa para ciclistas. São 28 mortes por ano por cada milhão de habitantes. Só a Suécia e a Malta têm índices melhores. O que é bem impressionante dado a intensa convivência de bicicletas e outros veículos na Holanda.

Andar de bicicleta em Amsterdam é seguro!
Sim, andar de bicicleta em Amsterdam é seguro! Pergunte para as crianças... (Foto: Daniel Duclos)

Se mesmo assim você quiser uma companhia pra te guiar e te ajudar a descobrir Amsterdam de bicicleta, contrata aqui o Carlos, guia brasileiro parceiro aqui do Ducs, para um tour!

Ele vai te dar todas as dicas e te guiar com conforto e segurança - em português!

Tour de bicicleta em Amsterdam
O Carlos te leva pra um tour de bicicleta em Amsterdam com toda a segurança! (Foto: Monique Reberte)

Dicas de onde alugar sua bike

E aí, pronto pra se inserir no vai-e-vem ciclístico amsterdamês? Se liga então nas dicas que eu dei de onde e como alugar sua bike em Amsterdam clicando aqui!

Ingressos pra atrações em Amsterdam

Um jeito bacana de retribuir o Ducs e ainda se dar bem é comprar ingressos online comigo. Assim você evita ficar tomando vento em fila quando você devia estar passeando… e me dá uma força preciosa!

Dá uma olhada na página de ingressos do Ducs Amsterdam

Reserva um hotel bacana aqui em Amsterdam!

Booking.com

Eu escrevi um artigo com muitas onde ficar em Amsterdam.

E se você fizer sua reserva através dos links do Booking aqui no Ducs, eles repassam uma comissão pra gente (ao mesmo tempo que você paga menos pelo hotel).

Então é uma forma de apoiar o Ducs em Amsterdam e ainda descolar um lugar legal, ter suporte em português e pagar menos! :) Todo mundo ganha!

Booking.com

10 comentários em “10 Dicas para andar de bicicleta em Amsterdam de maneira segura”

  1. Olá Ducs Amsterdam! Primeiramente, quero compartilhar que uso muito o seu blog, muito mesmo rsrsrs.
    Estou morando em Amsterdam e pretendo me aventurar de bike, agora que já conheço melhor a cidade. Gostei muito do texto e achei bem explicativo, mas o link das placas de transito no tópico 5 não está abrindo. Você pode compartilhar comigo o site onde tem essa informação?
    Muito obrigada!
    Gi

    Responder
  2. Olá Ducs Amsterdam! Primeiramente, quero compartilhar que uso muito o seu blog, muito mesmo rsrsrs.
    Estou morando em Amsterdam e pretendo me aventurar de bike, agora que já conheço melhor a cidade. Gostei muito do texto e achei bem explicativo, mas o link das placas de transito no tópico 5 não está abrindo. Você pode compartilhar comigo o site onde tem essa informação?
    Muito obrigada!
    Gi

    Responder
  3. Ducs boa noite. Estou indo a Copa na Rússia e depois desço em Amsterdã no dia 6 de julho. KLM e fico até o dia 16 de Julho. Vou levar minha bike e pedalar de Amsterdã até Brugges... Meu celular é (81) 9-91084451 queria se possivel contratar seus serviços ou orientações, e dicas para este pedal até Brugges e um tour nos melhores eventos em Amsterdã. Sou do Brasil, e moro no Recife.

    Responder
  4. Alo! Curti muito o seu blog, todas as dicas foram muito uteis. Vou em Novembro pela primeira vez a Amesterdão e consoante o tempo queria ter a experiencia de andar de bicicleta, pensei que para ser mais fácil e nao interferir com os locais em fazer essa experiencia no Vandelpark, acha que será melhor?
    Obrigada pela resposta.
    Mariana

    Responder

Deixe um comentário

Notifique-me de novos comentários via e-mail. Você também pode se inscrever sem comentar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.