Guia da Cerveja em Amsterdam – Melhores pubs e onde comprar (Atualizado!)

Geralmente quando eu falo que curto cerveja e moro na Holanda, o pessoal já pula na poltrona: Heineken!

Cervejas em Amsterdam
Mas calma que tem bem mais, mas tipo, MUITO mais que Heineken para descobrir em matéria de cerveja em Amsterdam (Foto: Domínio Público por XavierAP)

A famosa marca holandesa ganhou o mundo, mas aqui ela não é especialmente considerada. Na verdade, é aquela cerveja de supermercado, que o pessoal compra de caixa por ser barata e fácil de obter, boa pra festa de universitários. Felizmente a Holanda tem muito mais a oferecer em matéria de cerveja.

A Holanda possui uma produção local de micro cervejarias que é excepcional e não passa vergonha nenhuma diante de seus dois vizinhos cervejeiros famosos, Alemanha e Bélgica.

Claro, se você quiser, pode fazer como a maioria dos turistas e ir pra Heineken Experience e ficar só nisso.

Mas você também pode aproveitar a oportunidade e fazer um turismo um pouco diferente, descobrir uma Amsterdam mais local e ao mesmo tempo expandir seus conhecimentos cervejísticos sem necessariamente gastar mais.

Neste artigo vou dar a indicação dos meus pubs de cerveja preferidos (completo com as informações, inclusive instruções detalhadas de como chegar), quais cervejas pedir e conhecer e também dica de lojas onde comprar excelentes cervejas que sairiam uma fortuna no Brasil — isso se você encontrá-las!

E aí, topa? Então puxa uma cadeira e senta com nós aí!

Cervejas em Amsterdam: melhores pubs
(Foto: Carla Duclos)

Onde tomar cerveja em Amsterdam: melhores pubs

Pub aqui é mais conhecido por Café. Mas não peça o café, que em geral é ruim. Para tomar um café vá a uma koffiehuis. Não confunda com coffeeshop, onde o produto principal é outro. Ah, eu já esclareci essa confusão de nomes em outro artigo.

Por que eu tô falando de café? Cerveja! Foca na cerveja!

Pub para descobrir as melhores cervejas holandesas: Arendsnest

http://www.arendsnest.nl

Sobre a casa: O nome em holandês quer dizer “Ninho da Águia” e é um trocadilho com o sobrenome do dono, Peter van der Arend (Arend é "águia"). A especialidade deles é cerveja holandesa. A casa é pequena (e charmosa), e pode encher rapidamente, mas tem paciência que compensa. No verão rola sentar do lado de fora, ao lado do canal.

Os garçons falam um excelente inglês e entendem do que eles estão vendendo. Não tenha medo de conversar, pedir sugestões e recomendações. Só não peça uma Heineken que eles vão te julgar e não vai ser em silêncio...

Peça as cervejas no balcão, que é mais prático.

Cerveja recomendada: Snab Pale Ale. Uma American Ale feita na Holanda! Com teor alcoólico de 6,3%, é frutada sem ser adocicada.

Se quiser se aventurar mais, escolha uma da De Molen Brouwerij, uma das melhores microcervejarias da Holanda. A De Molen curte dar nomes engraçadinhos (em holandês) para suas cervejas, e tem a qualidade para se garantir. Eu adoro as stouts e imperial stouts da De Molen. Se quiser seguir meu exemplo, pede a Hemel & Aarde (Céu e a Terra).

E você sempre pode ver o que eles têm na pressão no momento (uma lista online aqui para você estudar antes), e pedir dicas para o bartender.

Cardápio do Arendsnest
Isso aí pra ler bêbado é um sucesso... (Foto: Domínio Público por XavierAP)

Preço médio das cervejas: Varia muito com  cerveja, as mais baratas perto de €2,75 até copo que sai quase €5,00 ou até mais. Numa média eu diria uns €3,50.

Horários: Eles abrem de segunda a quinta das 12h00 até as 0h00, popular meia noite. De sexta e sábado, vai até as 2h00, quando aliás já não tem tram (e ônibus, só o noturno). Excelente oportunidade pra voltar pro hotel cambaleando a pé pelos lindos canais do Jordaan, onde o Arendsnest se localiza.

Horários especiais: Fecha nos dias 25 e 26 de dezembro e no dia da Rei (27 de abril) abre das 12h00 às 16h00. E no dia 31 de dezembro, o horário das 16h00 até as 20h00.

Endereço: Herengracht 90

Como chegar: Trams 1, 2, 5, 13 e 17: desça na parada NieuwezijdsKolk. Você estará na avenida Nieuwezijds Voorburgwal. Atravesse a avenida pro lado par e ache, na altura do número 86, um beco chamado Korte Lijnbaanssteeg. É bem estreito, só pra pedestres. Daí é basicamente só seguir reto por ele até a Herengracht, você irá cruzar alguma ruas, atravesar algumas pontes, mas sempre reto. Quando chegar na Herengracht, entre nela à esquerda depois de cruzar a ponte sobre o canal (O Herengracht é um canal). Logo você verá o Arendsnest.
Tram 14: Desça na parada Westermarkt. Suba pela avenida (Raadhuisstraat) sentido Dam e entre na segunda à esquerda (a Herengracht) e ande pelo lado esquerdo do canal até o 90.

Cervejaria ao pé de um moinho: Brouwerij 't IJ

http://www.brouwerijhetij.nl/

brouwerij_t_IJ_amsterdam
A famosa cervejaria do moinho (Foto: CC BY 2.0 Amanda Anderson (Mandy))

Sobre a casa: A Brouwerij 't IJ é uma micro cervejaria local que tem sua fábrica ao pé de um moinho de vento em Amsterdam! Um dos lugares favoritos dos amsterdameses para virar um copo, você pode ir sentar ao pé do moinho e tomar a cerveja feita ali mesmo. E é cerveja boa!

Recomendo ir quando o tempo estiver bom, já que a maior parte do pub é ao ar livre, sentar nos bancos coletivos do lado de fora e apreciar uma das cervejas da casa. É uma boa hora para fazer novos amigos, já que bancos coletivos mais descontração induzida por cerveja resultam em amizades eternas de uma tarde.

brouwerij_t_IJ_amsterdam_por_do_sol_cc
Aquele ao fundo é o moinho que você senta embaixo ao visitar a 't IJ. Sério. (Foto CC BY 2.0 David Evers)

Preste atenção nos garçons recolhendo os copos em pilhas babilônicas enquanto desviam dos consumidores mais empolgados do produto da casa. Impressionante.

Ah, é possível visitar gratuitamente a parte da cervejaria que fica ao pé do do moinho de sexta a domingo (em inglês, às 15h30). O tour dura cerca de 20 minutos, custa €5,00 e inclui degustação. Se quiser mais informações, entre em contato com eles no email [email protected]

Cerveja recomendada: A Columbus, uma cerveja forte (9% de teor alcoólico) e extremamente saborosa, é a minha favorita da produção regular. Experimente também as cervejas sazonais, como a PasIJ, produzida na época da Páscoa e primavera. Se estiver em dúvida existencial, eles oferecem uma opção de degustação com vários copinhos amostrando a produção da casa. Afogue sua dúvida existencial neles!

Preço médio da cerveja: de €3 a €4

Horários: Abre todo dia das 14h00 às 20h00, então chegue cedo, porque ela fecha também cedo. A última rodada é anunciada com gritão pelos garçons. Em holandês, mas a essa altura você já está fluente em 32 línguas.

Endereço: Funenkade, 7

Como chegar: Tram 10: desça na parada Hoogte Kadijk. Você vai estar na rua Sarphatistraat. Ande até a esquina, ao final dela, e você já vai ver o moinho.
Tram 14: Desça na parada Pontanusstraat. Mesma coisa, ande um tico até a esquina e você verá o moinho surgir à sua direita.
Ônibus 22: Desça na parada Zeeburgerstraat. Se você errar o moinho daqui, você não está em condições de beber mais.
Ônibus 43: Salte na Oostenburgergracht e suba-a até a esquina com a Saphatistraat, o moinho está à sua direita. Atravesse a ponte e está lá!

Pub local no centro de Amsterdam: In de Wildeman

http://www.indewildeman.nl/

Sobre a casa: Um testemunho à qualidade do pub é que é que ele lota de locais com frequência. Mas se tiver sorte ou um pouquinho de paciência, conseguirá sentar. Se precisar esperar, fique tranquilo: vai compensar. Eles têm uma excelente seleção de cervejas, principalmente européias: 17 tipos na pressão e mais 200 outras em garrafas. O atendimento é simpático, embora um pouco errático (pode ser que você precise ir pedir no balcão porque o bartender esqueceu que você existe umas duas rodadas atrás).

Comida não é o forte deles, e oferecem apenas alguns poucos petiscos, então não vá com fome. Uma das grandes vantagens do In de Wildeman é que não tem música ambiente (o que não quer dizer muito quando o pub lota, já que o pessoal fala alto 🙂 )

Se o seu objetivo é provar uma grande variedade de cervejas de qualidade, tá no lugar certo.

Cuidado ao voltar pra casa, porque várias delas têm um teor alcoólico meio alto. Tenho um particular carinho pelo In de Wildeman, já que foi aqui a primeira vez em que realmente fiquei bêbado em Amsterdam. E foi o dia em que eu aprendi que, se o bartender te diz que chega, acate.

indewilderman_original_calflier001_w
Vai pra casa, cara, já é de manhã... (Foto: CC BY-SA calflier001)

Cerveja recomendada: A “Bier van de maand” cerveja do mês, que eles escolhem pra destacar e servir tirada na pressão. Veja a lousa. Ah, e se eles tiverem a Isid'or, cerveja fabricada a partir de 2009 pelos monges trapistas da La Trappe em comemoração aos seus 125 anos de existência, peça.

Preço médio das cervejas: de €3 a €5

Horários: De segunda a quinta abre das 12h00 até a 1h00, até as 2h00 de sexta e sábado. Domingo fecha.

Endereço: Kolksteeg 3

Como chegar: Trams 1, 2, 5, 13 e 17: desça na parada Nieuwezijds Kolk. Atravesse a rua pro lado ímpar da avenida (se você apontar seu nariz na direção da Centraal Station, é o lado direito). Logo você irá ver uma rua transversal, somente para pedestres. Entre nela e basicamente vá reto até o Kolksteeg 3.

Cerveja local e boa comida: De Bekeerde Suster

http://debekeerdesuster.nl/ (somente em holandês)

De Bekeerde Suster em Amsterdam

Sobre a casa: O Bekeerde Suster é um pub, um restaurante e também uma micro cervejaria local. Fica no centrão de Amsterdam, pertinho do Nieuwmarkt e seu “castelinho” o De Waag, então já vai dois em um: pub e uma atração turística.

A casa lota, mas sempre rola esperar uma mesa no balcão e apreciando uma das cervejas de fabricação local. Aliás, a seleção de cervejas é boa. Eles têm as clássicas Trappistes e outras belgas boas, como a famosa Delirium Tremens.

Porém, as cervejas da casa não fazem feio diante da ilustre companhia no cardápio.

Recentemente renovada a casa modernizou não só o interior como também o menu, com pratos bem apresentados. Mas o hambúrguer de lá continua ponta firme.

Curiosidade sobre o nome: De Bekeerde Susters quer dizer "As Irmãs Convertidas" - o local era um convento criado para abrigar mulheres arrependidas de seu passado (ex-prostitutas, por exemplo). Isso por volta de 1450. Como era costume na época, os conventos (e monastérios) produziam sua própria cerveja, e a das Irmãs ficou famosa na cidade.

Do prédio original resta pouco (ou quase nada), mas no mesmo lugar surgiu o Bekeerde Suster como conhecemos hoje.

Cerveja recomendada: A Witte Antonia, cerveja de trigo da casa. Teor alcoólico de 5%, levemente seca.

Preço médio das cervejas: €3 a €5

Horários: Eles abrem todo dia ao meio dia. Fechamento, varia. De domingo e segunda, fecha meia noite. De terça a quinta, fecha a 1h00 da manhã. Sexta e sábado fecha as 2h00. A cozinha fica aberta só até as 22h30. Depois disso, é no copo só.

Endereço: Kloveniersburgwal 6

Como chegar: Metrô linhas 51, 53, 54: Desça na estação Nieuwmarkt. De lá, é um pulo. Ao sair da estação, ache o “castelinho”. Da praça onde ele fica, sai a Kloveniersburgwal, e o pub é logo no começo da rua.
A pé: Se você vier do Dam, entra na Damstraat e ande até a esquina da Kloveniersburgwal. Se você estiver na Centraal Station, são só 700 metros de caminhada. Vá até a Prins Hendrikkade, entre na Geldersekade e desça reto até achar o pub.

Descubra cervejas americanas em Amsterdam: Beertemple

http://www.beertemple.nl/

beertemple_amsterdam
(Foto: CC BY Jim Kelly)

Sobre a casa: do mesmo dono do Arendsnest, mas dessa vez especializada em cerveja americana. Sim, eu sei, a Bud queimou o filme dos americanos como produtores e bebedores de boa cerva, mas vá até o Beertemple e descubra o quão injusta é essa fama.

Além disso, o lugar é aconchegante, perfeito para se discutir a próxima expedição de volta ao mundo em 80 dias em um balão — ou ir beber cerveja boa com os amigos mesmo. Uma das minhas casas favoritas ultimamente. Ah sim: apesar de a especialidade ser cerveja americana, eles têm de outros países também.

Cerveja recomendada: Experimenta uma da Flying Dog, cervejaria artesanal americana, com rótulos bonitos, nomes engraçados e cervejas excelentes. Qual? oras, tenta a Ragin' Bitch, cerveja estilo belga... eu curto!

Preço médio das cervejas: €4 a €5

Horários: Eles abrem sempre ao meio dia. De domingo a terça fecha a meia noite, sexta e sábado fecha as duas da manhã.

Endereço: Nieuwezijds Voorburgwal 250

Como chegar: Trams 1, 2 e 5, ou 14, 9, 4, 16 ou 24, descer na parada Dam e andar um pouco.

Cerveja local com proposta social: De Prael

http://deprael.nl/

brouwerij_de_prael_amsterdam

Sobre a casa: A De Prael fica no coraçãozão de Amsterdam, ali num beco do centrão na boca do Red Light District. Totalmente roots, se orgulha tanto que coloca em toda garrafa sua o selo "echte Amsterdams" (genuinamente amsterdanesa).

As cervejas são artesanais, feitas lá mesmo, a casa é é confortável e espaçosa, boa para ficar batendo papo várias horas na paz, e a cervejaria ainda tem uma proposta social. "Cerveja e pessoas" diz seu lema.

O co-fundador da De Prael, Fer Kok, era psiquiatra e fabricava sua própria cerveja nas horas vagas e resolveu juntar as duas paixões. A cervejaria trabalha com fundações e ONGs para providenciar emprego para pessoas que teriam dificuldade para entrar no mercado de trabalho tradicional.

Rola comer na De Prael também. Você pode baixar o menu em inglês aqui!

Cerveja recomendada: Eu gosto de todas, mas peço muito a Bitterblond, uma cerveja estilo alemão, de 5,7% de álcool, bem leve, perfeita pra acompanhar papo comprido. Eu curto também a I.P.A, mas ela causa controvérsias por não ter o sabor tão tradicional do estilo. Experimente para você poder dar seu veredito.

Preço médio das cervejas: €2 a €4

Horários: Abre todo dia ao meio dia. Vamos aos fechamentos: de segunda a quarta fecha meia noite. De quinta a sábado fecha a uma da manhã. E domingo fecha as 23h00.

Endereço: Oudezijds Armsteeg 26. É um beco sim, pode entrar é tranquilão

Como chegar: Cara, fica a 500 metros da Estação Central de Amsterdam. Pega qualquer dos milhões de transportes até a central e anda de lá. É só pegar a Prins Hendrikkade, passar reto pela Damrak (não entre nela!), continuar andando mais um tico, virar a direita na Nieuwebrugsteeg ("Beco da ponte nova" holandês não curte muito barra de espaço), daí a direita na Waarmoesstraat, a segunda a esquerda é o beco da De Prael. É fácil. Toma um Google Maps!

Micro cervejaria em prédio histórico: Troost

http://brouwerijtroost.nl/

cerveja_troost_amsterdam

Sobre a casa: Em um antigo convento no boêmio bairro De Pijp (diz-se "dê péip"), a cervejaria Troost faz e serve uma cerveja de excelente qualidade, artesanal e saborosa.

Eu não sabia de nada disso a primeira vez em que visitei a Troost. Entrei já bem torto graças às cervejas da 't IJ consumidas em diversos outros pubs (a 't IJ é servida em outros pubs também!), para uma saideira com dois amigos, ambos mais ou menos no mesmo grau de destilação da realidade que eu.

A gente super achando que seria mais um pub normal e perguntamos qual cerveja tinha. De repente o bartender estava dando uma verdadeira aula sobre cervejas e a cervejaria, tão bacana que eu consegui gravar a existência da Troost (eu tive que deletar meu nome, data de nascimento e duas senhas importantes para ter espaço no meu cérebro).

Depois disso voltei inúmeras vezes a Troost, atraído não só pela cerveja e ambiente, mas pelo hambúrguer delícia que eles servem lá. Ah, se quiser uma coisinha mais levem recomendo também a Caesars Salad deles.

Mas vá pela cerveja. É sempre um privilégio tomar uma cerveja gostosa no local onde ela é produzida.

Eles têm outra unidade na Westerpark. Atenção: os caras não aceitam dinheiro vivo! Tem que ser no cartão de crédito ou PIN.

Troost Hamburguer
O burgão compensa. Aquilo ali verdinho ao lado na tábua é pimenta. Ou: para não dizer que não falei de hambúrgures...

Cerveja recomendada: Eu gosto bastante da I.P.A deles (com 6,5% de álcool), ou se quiser ousar um pouco mais tente a Honingblond, feita com mel de Amsterdam, para dar aquela vibe viking do hidromel (mas cuidado, não deixa o nome com mel te enganar: tem 7% de álcool). Ah cara, vou ser sincero: não tem como errar, nunca pedi cerveja ruim lá. Faz roleta russa e pede a que cair, vai ser boa.

Preço médio das cervejas: entre €4 e €5

Horários: Segunda a quinta abre as 16h00 e fecha a 1h00 da manhã. Sexta feira abre as 16h00 também mas fecha as 3h00. Sábado abre as 14h00 e fecha as 3h00. Domingo abre as 14h00 e fecha meia noite.

Endereço: Cornelis Troostplein 21

Como chegar: Tram 12: desce na Cornelis Troostplein, é na frente. Tranquilão. Tram 3: Desce na Ceintuurbaan/Ferdinand Bolstraat, entra na Ferdinand Bolstraat sentido bairro (ou seja, numeração subindo) e ande uns 300 metros e tá lá.

Supermercado completo de cerveja De Bierkoning

http://www.debierkoning.nl/

bierkoning_cerveja_amsterdam
Cê olha e não dá muita coisa né? Entra, entra... é tipo um arquivo zip de cervejas. (Foto CC BY Bernt Rostad)

Sobre a casa: A Bierkoning não é um pub, mas não resisti incluir na lista. Porque lá é, tipo, a terra prometida das cervejas em Amsterdam.

Loja de cerveja tem muitas em Amsterdam, mas a rainha delas todas é a Bierkoning. É, fácil, a mais completa,e a localização super acessível (no Dam) é um bonus, especialmente pra quem tá de viagem (e topa arriscar levar cervejas na mala. Eu já levei, é só embrulhar bem em camisetas e acolchoar tudo em volta... quer dizer, tem sempre o risco de isso não dar certo e voê receber só roupa lavada em cerveja importada e cacos de vidro, mas nunca aconteceu comigo).

Tem de tudo — a seleção deles é impressionante, completa e feita por quem entende. Lá eu encontrei pra vender cervejas que não são mais produzidas, tipo edições especiais da 't IJ e da La Trappe e outras realmente raras.

Os atendentes são solícitos, bem-humorados e entendem muito do que estão vendendo. Não é um espaço grande, mas o espaço que tem está apinhado de cerveja, e se você se interessa pelo assunto a Bierkoning é imperdível, sério mesmo.

Cerveja recomendada: Oh, certo dia eu fui lá e vi, assim, casualmente exposta, como se não fosse nada de mais, uma caixa inteira de cervejas sem rótulo e com uma característica tampinha. Cheguei perto e confirmei: eram garrafas da mítica Westvleteren, a Trappiste que é feita em produção limitadíssima e já foi considerada a melhor do mundo em diversos anos por diversas publicações.

Os monges do mosteiro de Sint Sixtus a produzem por lá em quantidade suficiente apenas pra cobrir suas modestas despesas. E, além da produção, eles limitam a venda fortemente, estabelecendo quotas rigorosas de compra por pessoa. A cerveja é cara, mas se você quiser colocar €14,00 numa garrafa (isso é o quádruplo do preço de um cerveja cara aqui), a maioria das pessoas recomenda a Westvleteren 12. Se achar, agarre.

Horários: De terça a sábado abre das 13h00 até as 19h00, de domingo das 13h00 até as 18h00 e segunda abre das 13h00 até as 19h00.

Endereço: Paleisstraat 125

Como chegar: Trams 1, 2, 5, 13, 14 e 17: Desça na parada Dam. Se você tiver nos trams 1, 2, 5 ou 14, você já tá na Paleisstraat. Se você tiver nos trams 13 e 17, é só continuar pela Nieuwezijds Voorburgwal até ela encontrar a Paleisstraat, logo adiante.

Ingressos pra atrações em Amsterdam

Um jeito bacana de retribuir o Ducs e ainda se dar bem é comprar ingressos online comigo. Assim você evita ficar tomando vento em fila quando você devia estar passeando… e me dá uma força preciosa!

Dá uma olhada na página de ingressos do Ducs Amsterdam

Booking.com

Reserva um hotel bacana aqui em Amsterdam!

Eu escrevi um artigo com muitas onde ficar em Amsterdam.

E se você fizer sua reserva através dos links do Booking aqui no Ducs, eles repassam uma comissão pra gente (ao mesmo tempo que você paga menos pelo hotel).

Então é uma forma de apoiar o Ducs em Amsterdam e ainda descolar um lugar legal, ter suporte em português e pagar menos! :) Todo mundo ganha!

Booking.com

39 comentários em “Guia da Cerveja em Amsterdam – Melhores pubs e onde comprar (Atualizado!)”

  1. Estou morando na Holanda há um mês. Aí um amigo do meu marido estava de passagem pelo país e queria encontrar a gente. Eles queriam ir a um Pub, mas ninguém conhecia um, onde encontrar indicações de qualidade urgente e rapidamente??!?!?!?!? DUCS!!!! O Blog de vcs foi indicação de uma amiga que já morava na Holanda e estou indicando pra todo mundo também!!!!

    Responder
  2. Você é engraçado e prende minha atenção com a maneira irreverente que escreve.
    Obrigada pelas dicas valiosíssimas!

    Responder
  3. De maneira geral, o "sistema" para compra de cervejas em Amsterdam, é similar a Londres (você vai até o balcão, compra sua cerveja e se senta caso tenha mesa disponível, ou bebe em pé - dentro ou do lado de fora) ?

    Responder
  4. Olá Daniel! Estou seguindo suas dicas para montar meu roteiro. Gostaria de saber se a cervejaria Brouwerij 't IJ serve refeições. Obrigada, Marcia.

    Responder
  5. Oi Daniel, tudo bem?
    Tava olhando seu blog (aliás, sensacional!)... vou passar um único dia em Amsterdam em setembro, voltando de uma viagem pela Itália. Sei que não terei tempo pra praticamente nada, darei uma volta rápida pela cidade, talvez escolha algum museu, mas um programa que não quero abrir mão é de sentar em algum lugar para tomar umas cervejas, e comer algo... O problema é que estarei com meu filho de 11 anos... Ele pode entrar nesses pubs / bares que você recomenda no blog? Caso contrário, você conhece algum lugar "familiar" que eu possa tomar essa cerveja com ele e minha namorada?
    Grande abraço!

    Responder
    • Oi Eduardo,

      Não posso te garantir que em todos os pubs seja possível, mas, por exemplo, se estiver de passagem por Amsterdam na parte da tarde, é de boa entrar com criança de 11 anos em pubs. E mesmo à noite é possível sim, ele estará na sua companhia, você se responsabilizando por ele... mas é sempre bom checar ao entrar no estabelecimento se tudo ok.

      abraços e boa viagem!

      Responder
  6. Fala Ducs, beleza? Adorei o seu novo guia de cervejas (minha esposa comprou), e não vejo a hora de ir para Amsterdam de novo e conhecer esses pubs que você indicou. Eu também tenho um blog de viagens, é o Viaje na história, onde dou dicas de viagens e da história dos locais visitados. É um blog novo, tem apenas 7 meses, estou na luta para que dê certo, e com certeza o seu blog serve de inspiração para mim. Um grande abraço.

    Responder
  7. Oi Daniel, sempre acompanho teu blog. É excelente! Meus parabéns!
    Na verdade eu queria ver se voce conseguiria tirar uma dúvida minha de burocracias holandesas..
    Sobre equivalência de diploma brasil-holanda. No brasil cursamos engenharia por 5 anos, enquanto na holanda eles cursam por 3 anos e saem com bachelor e com 5 anos saem com master. Você tem alguma idéia se seria possível fazer uma equivalencia do diploma brasileiro a um master holandês? Para fins de aplicar para a 30% rule sabe?

    Se voce conseguir me indicar alguém..ou algum processo formal que tire essa dúvida serei muito grata!!

    Obrigada

    Responder
  8. Cara! A gente tem q te agradecer, a nossa experiência em Amsterdã foi outra, só fizemos as coisas que vc recomendou! RS e essa cervejaria, a Brouwerij, cerveja mais barata q tomamos na Europa! Nos acabamos aqui! Valeu! As dicas são mto boas!

    Responder
  9. Daniel, já anotei todas as dicas do post para minha viagem a Amsterdam, que será na semana que vem. Gostaria de saber qual transporte vc indica para voltar de uma balada a noite em Amsterdam. é ok utilizar o transporte público ou é melhor pegar um táxi? Obrigada

    Responder
    • Oi Juliana,

      De fato, o transporte público à noite também é de boa. A diferença é que os ônibus noturnos passam apenas de hora em hora - e daí que vc tem que checar antes o horário que passa pra não ficar esperando muito tempo (e chegar uns minutinhos antes do horário no ponto, se tem pouca gente ele acaba passando antes). De táxi também é ok, mas eles costumam ser um pouco chatos - do tipo, preferir pegar quem vai pra longe. O ideal é vc conhecer bem o caminho que vai fazer com o táxi pois também pode ser que eles se aproveitem da sua ingenuidade para cobrar mais. Veja: taxistas honestos também existem em Amsterdam... mas, à noite, eles são um pouco mais raros, na minha opinião....

      Responder
  10. Oii, vou ir com meu namorado para Amsterdam agora em junho, ficaremos 4 dias. Eu gosto MUITO de cerveja de trigo, queria saber quais as melhores, por que IPA, Pale Ale eu não curto muito kkk... já anotei que no pub De Bekeerde Suster tem a melhor de trigo, mas fiquei curiosa se tem outras do mesmo tipo em outros pubs!

    Obrigada!!

    Responder
    • Oi Júnia, todos eles tem cerveja de trigo. Aqui na Holanda é chamada de Witbier. Eu curto a 't IJ IJwit da 't IJ e a La Trappe Witte Trappiste, por exemplo, mas você pode pedir indicação pro bartender do que eles têm de bom nessa categoria na cervejaria. Proost!

      Responder
  11. Fala Ducs,
    Estive em Amsterdam semana passada, visitei quase todos os pubs e cervejarias indicadas, gostei muito, mas muito mesmo do ambiente e qualidade das cervejas na Brouwerij 't IJ, experimentamos o menu degustação, realmente a Columbus é muito boa, tanto que pedi mais 3 rodadas só de Columbus, saí de lá falando realmente as 32 linguas e consegui inventar mais 4 linguas...rsrs
    Além da cervejaria do Moinho fomos na Jopen em Haarlem, bebemos uma Lentbier (witbier) que por sinal era excelente.
    fomos na beertemple, Bekeerde Suster, In de Wildeman, e compramos algumas cervejas na de Biekoning, algumas muitas, foram 12 garrafas na mala (torcendo para não quebrar).
    a primeira coisa que fiz quando cheguei em casa foi abrir a mala e conferir uma a uma e todas estavam intactas.
    Consegui comprar as Westvleteren, 6 8 e 12... ainda tem algumas garrafas na loja.

    Abraços e obrigado pelas dicas

    Responder
  12. Oi, Ducs. Ótimas dicas!

    Seguindo algumas delas, estivemos no De Prael, sua dica de cerveja foi certeira. No menu tem uma opção de petiscos do cheff, super recomendo, é uma tábua com diversas opções do cardápio para degustação, tudo uma delícia. Na noite em que estivemos por lá rolou um bingo, bem engraçado e divertido.

    Acabamos visitando também o De Bekeerde Suster por acaso, a cozinha já estava fechada, mas as cervejas são deliciosas!

    Queria indicar um outro bar que estive, mas esqueci o nome, se achar alguma referencia nas lembranças de viagem volto aqui pra contar.

    Beijos e obrigada pelas dicas!

    Responder
  13. Dan, tu és o cara! Blog excelente. Parabéns!
    Eu já fiz a pergunta que vou fazer agora em algum outro lugar do Blog, mas não faço ideia onde. A dúvida surgiu justamente após ler o Blog. Vou para Europa em outubro e terei 8 dias para ficar na Holanda e Bélgica, mas tô pensando sério em ceifar a Bélgica e gastar esses dias só na Holanda. Achei interessante Haia, Delf, Rotterdam, Gouda, Castelo Muiderslot, Zaanse Schans e Volendam. Eu corto alguma dessas cidades? Como a hospedagem em Ams é impeditiva para a maioria dos brasileiros, pensei em ficar em Rotterdam 4 dias. Vale a pena? Obrigado!

    Responder
    • Oi Cristiano,

      Agradecemos os elogios ao blog! 🙂
      De fato, a Holanda é um país interessante. Sobre cortar as cidades... depende muito do quanto você quer explorá-las... se quer só dar uma olhadela ou conhecer mais profundamente. Rotterdam é também uma cidade interessante pra ficar, tudo depende do seu ponto de vista, de como você quer conhecer o país...

      Desculpe, não pude te ajudar, né?... ou... o roteiro é você quem tem que decidir...

      abraços,

      Responder
  14. Olá!
    Adoro teu blogger, o de cerveja passei para meu filho q está fazendo curso de cervejas. Como faço para me cadastrar no blogger da tua esposa?
    Abraço

    Responder
  15. Excelentes dicas, Daniel!

    Não é possível que com tantas idas e vindas por Amsterdam eu não tenha tirado um dia (ou noite) para degustar cervejas, ainda mais curtindo cervejas boas e locais como eu! Ok, já fui na 't IJ e na De Bierkoning, mas ignorar um pub com diversas brejas "na torneira" como o In de Wildeman é um crime...

    Crime que repararei em Agosto, certamente! 😀

    Grande abraço!

    Responder
  16. Oi, Ducs!
    Adoro seu blog e adoro Amsterdam!
    Comecei a ler seu guia atualizado sobre cervejas ( por causa do meu marido, eu não sou chegada a uma cerveja ????), e vi que vc diz que um pub fecha no Dia da Rainha. Agora não é no Dia do Rei? Me desculpe se estou escrevendo bobagem ...

    Responder

Deixe um comentário

Notifique-me de novos comentários via e-mail. Você também pode se inscrever sem comentar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.