Amsterdam é uma cidade segura para mulher viajando sozinha?

Amsterdam é uma cidade segura para mulher viajando sozinha? Essa é uma pergunta que é complicada de eu responder com total propriedade, dado que sou homem e por definição não posso sentir os riscos que uma mulher sentiria. Porém, para ajudar a responder, posso invocar duas coisas: estatísticas e o testemunho de mulheres que viveram Amsterdam andando sozinhas.

(Foto: Adobe Stock Photo)

Primeiro, as estatísticas sobre segurança em geral. Amsterdam é uma cidade bastante segura, com baixa criminalidade no geral. E vem caindo ano a ano: em 2017 a violência caiu 8% em relação a 2016 [Fonte].

Amsterdam ainda é a cidade "mais violenta" da Holanda, mas dado o baixíssimo índice de violência do país, isso ainda coloca Amsterdam como uma das capitais mais seguras do mundo: em 2017 foi considerada a sexta capital mais segura do mundo! [Fonte]

Ok, mas em relação à violência contra a mulher em Amsterdam?

A estatística que encontrei para a Holanda toda, não apenas Amsterdam, diz que a taxa de casos de estupros em 2015 (o mais recente que encontrei) é de 7,1 casos por 100.000 habitantes. Esse crime também está em declínio: era de 15,3 por 100.000 em 2006. [Fonte]. A mesma fonte reporta os casos no Brasil de 24,4 em 2013. E pior, subindo: em 2006 era de 12,5 por 100.000. Em alguns estados é mais alta: em 2013, no Rio de Janeiro, foi de 37 por 100.000 [Fonte].

Por outro lado, um estudo de 2014 pela Agência de Direitos Fundamentais da União Européia colocou os países do norte da Europa, Holanda inclusive, como tendo mais casos de violência contra a mulher do que a média européia. Países ao sul do continente teriam menos violência contra a mulher, estatisticamente. Isso seria o inverso do esperado, dado o alto IDH de países como Holanda, Suécia e Dinamarca. Há uma explicação alternativa, porém.

A responsável pela pesquisa, Joanna Goodey, sugere que o resultando não quer dizer necessariamente que os países do norte seriam mais violentos. Ela diz que na verdade, isso quer dizer que as mulheres vivendo nesses países teriam mais consciência dos seus direitos, e fronteiras mais estritas do que elas consideram violência. Além disso, a legislação desses países seria mais rígida no que constitui violência ou crime. Assim, o número de ataques reportados seria maior, sem necessariamente dizer que haja mais violência do que outros países. [Fonte]

Alguns testemunhos de mulheres sozinhas em Amsterdam

Isso parece estar de acordo com os testemunhos que recebi, incluindo da minha própria esposa, que mora há mais de dez anos aqui, andando sozinha muitas e muitas vezes. (Na verdade, ela já passou 3 meses sozinha aqui, enquanto eu estava no Brasil). Ela reportou que se sente super segura, inclusive a noite, mesmo andando e chegando em casa a noite em Amsterdam.

Eu abri o assunto no meu Instagram Stories (me segue lá, eu sou o @ducsamsterdam),  e a esmagadora maioria das respostas que recebi de mulheres que visitaram Amsterdam sozinhas estava de acordo com a Carla: elas se sentiam seguras aqui. Especialmente comparando com outras capitais que conheceram.

Veja alguns dos testemunhos que me enviaram:

"Sim [Amsterdam é uma cidade segura para mulheres viajarem sozinhas]. Já fui 3 vezes: uma sozinha, uma com uma amiga e uma terceira fiquei hospedada na casa de uma amiga e seu namorado".

"Fiz intercâmbio em Amsterdam em 2014-2015, e fiquei assustada com o tanto que foi tranquilo. Andei muito sozinha e com uma amiga em qualquer horário do dia e da noite, com câmera pendurada no pescoço e celular com mapa na mão, e não tive o menor problema. Inclusive achei as pessoas muito solícitas pra informar onde eram as paradas do nachtbus [ônibus noturno] as 3 da manhã, sem me sentir acuada". 

"Já fui duas vezes e me senti super segura"

"Andei inclusive pela Luz Vermelha e nadinha de me importunarem. Achei a cidade das mais seguras das que fui, inclusive para mulheres. Andei de noite também, corri no parque em frente ao meu hotel e não vi nada de violência. Fui em 2016".

Na página do Ducs no Facebook tem mais depoimentos, se você quiser ler.

E aí? Amsterdam é uma cidade segura para mulheres viajarem sozinhas?

Como eu disse, eu não posso falar pelas mulheres, então eu juntei os dados e testemunhos, e citei as fontes para deixar você mesma fazer sua pesquisa e determinar o nível de risco que se sente confortável em correr. Infelizmente o mundo ainda contém violência, e as mulheres são vítimas desproporcionais dela. Obviamente, estatísticas e outros casos não querem dizer nada para quem sofre violência.

Se você for vítima de alguma forma de violência sexual aqui em Amsterdam, a prefeitura disponibiliza um centro exclusivo para amparo e atendimento nesses casos. Você pode entrar em contato aqui (página em inglês). Essa é uma dica que espero que ninguém precise nunca, mas é melhor guardar.

De resto, deixo aberto os comentários para as leitoras deixarem seus testemunhos e ajudarem outras mulheres determinarem se acham Amsterdam é uma cidade segura para mulher viajando sozinha?

Ingressos pra atrações em Amsterdam

Um jeito bacana de retribuir o Ducs e ainda se dar bem é comprar ingressos online comigo. Assim você evita ficar tomando vento em fila quando você devia estar passeando… e me dá uma força preciosa!

Dá uma olhada na página de ingressos do Ducs Amsterdam

Reserva um hotel bacana aqui em Amsterdam!

Booking.com

Eu escrevi um artigo com muitas onde ficar em Amsterdam.

E se você fizer sua reserva através dos links do Booking aqui no Ducs, eles repassam uma comissão pra gente (ao mesmo tempo que você paga menos pelo hotel).

Então é uma forma de apoiar o Ducs em Amsterdam e ainda descolar um lugar legal, ter suporte em português e pagar menos! :) Todo mundo ganha!

Booking.com