Curiosidades da Holanda: livraria em antiga igreja de Maastricht

UPDATE 5/4/14 : desde a primeira publicação desse artigo a Selexyz foi vendida para a Polare que em fevereiro de 2014 declarou falência. Aparentemente a livraria da igreja irá continuar funcionando com novo nome e novo dono.

Essa semana eu falei de livrarias e sebos em Amsterdam. Citei lá de passagem uma livraria, da rede Selexyz, em Maastricht, que fica em uma antiga Igreja. Isso pode soar estranho a princípio, mas deixa eu explicar. Tem a ver com o lance da Europa ser simultaneamente pequena e ter uma ocupação contínua por muito tempo.

Dessacralização e reutilização do espaço

O tempo vai passando, o espaço sendo ocupado. Logo, novas gerações começam a encontrar o espaço já bastante ocupado por prédios que serviram às necessidades de gerações passadas. Oras, como as necessidades mudam, e nem sempre detonar tudo pra reconstruir é uma boa idéia (ou quase nunca), muito prédio antigo é simplesmente usado pra um novo propósito.

Igrejas não são exceção.

Igrejas que perderam a função sacra são até comuns na Europa — certamente na Holanda (também acontece de Igrejas de uma religião acabarem sendo usadas pra outra — Protestantes e Católicos se revezam no controle espiritual de uma região através da história, por exemplo).

Há Igrejas que foram transformadas em prédios de apartamento, por exemplo. Sério! Você pode alugar um apê numa ex-igreja (o que pode ser incômodo pra alguns — já ouvi uma pessoa dizendo que ficaria muito inibida de manter uma vida sexual ativa num apartamento destes.)

Em Amsterdam, a Nieuwe Kerk (ou Igreja Nova — construída nos anos 1400. A Oude Kerk é uns 100 anos mais velha) já não tem funções religiosas faz muito tempo, e hoje abriga exposições, eventos e, de vez em quando, o casamento ou coroação de um monarca holandês. Na Noite dos Museus de Amsterdam do ano passado, fui na madruga ver a exposição que lá estava. Estava tocando um DJ e foi muito interessante. Foi a primeira vez que vi alguém literalmente "dançando em uma sepultura"  (referência à uma música do Motörhead, Dancing on your grave). Sim, na Idade Média, os corpos eram enterrados em solo sagrado, e o chão das igrejas antigas ainda hoje têm as tumbas medievais daqueles que eram importantes o suficiente para terem uma tumba individual.

Livraria Selexyz Dominicanen - Maastricht

Essa já foi considerada pelo The Guardian como a livraria mais bela da Europa. A Igreja Dominicana de Maastricht começou a ser construída em 1260, no estilo gótico. Digo começou porque igrejas assim ficam séculos sendo construídas, reparadas, reformadas, expandidas e é difícil dizer exatamente quando elas "ficaram prontas".

Selexyz Dominicanen - Maastricht

De qualquer forma, quando Napoleão saiu tocando o puteiro pela Europa, Maastricht entrou na dança, e junto dançou o serviço religioso na Igreja. Em 1794 ela foi danificada no cerco dos franceses e, dois anos depois, já na ocupação francesa, todo o serviço espiritual foi suspenso, e a ordem religiosa que ainda restava, desbandada. Desde o começo do século XIX, ela teve diversos usos, inclusive escola, depósito municipal e estacionamento de bicicleta.

No fim das contas, a igreja foi restaurada e, a partir de 2006, a Selexyz comprou o prédio e transformou em livraria. O projeto arquitetônico foi do escritório Merkx-Girod, e ganhou o maior prêmio holandês de arquitetura em 2007.

Selexyz Dominicanen - Maastricht

Como eu tava em Maastricht sábado passado, fui obrigado, né, a ir lá ver como era. Não que eu seja fanático por livrarias. Cof. Magina.

Selexyz Dominicanen - Maastricht

Selexyz Dominicanen - Maastricht

Selexyz Dominicanen - Maastricht

Selexyz Dominicanen - Maastricht

Selexyz Dominicanen - Maastricht
Reading on your grave
Selexyz Dominicanen - Maastricht
A seleção de livros não é enorme, mas tem bastante coisa

Ao fundo da igreja, no antigo coro, tem um café, administrado pela Coffeelovers (o site deles é todo moderninho), que é uma rede local de café recomendada em diversos guias de Maastricht. Infelizmente, cheguei tarde, com a livraria já fechando, então não pude experimentar.

Droga. Vou ter de voltar.

Só reparei que as mesas do café estavam arranjadas de maneira a formar uma cruz quando subi na estrutura central.

Selexyz Dominicanen - Maastricht
Sério mesmo. Isso é um café.

Selexyz Dominicanen - Maastricht

Selexyz Dominicanen - Maastricht

Selexyz Dominicanen - Maastricht

Claro, além de livros há também o tradicional estoque de revistas e jornais e coisas que livrarias assim costumam ter (tipo cartões postais e Moleskines). No fim das contas, tive de concordar com The Guardian: tô pra ver livraria mais bonita. Pode ser que não seja a mais completa e tal, mas é sem dúvida linda.

Sobre a cidade de Maastricht em si, falarei em um artigo futuro: se você não quer perder, assine o Ducs Amsterdam, via email ou RSS.

Ingressos pra atrações em Amsterdam

Um jeito bacana de retribuir o Ducs e ainda se dar bem é comprar ingressos online comigo. Assim você evita ficar tomando vento em fila quando você devia estar passeando… e me dá uma força preciosa!

Dá uma olhada na página de ingressos do Ducs Amsterdam

Booking.com

Reserva um hotel bacana aqui em Amsterdam!

Eu escrevi um artigo com muitas onde ficar em Amsterdam.

E se você fizer sua reserva através dos links do Booking aqui no Ducs, eles repassam uma comissão pra gente (ao mesmo tempo que você paga menos pelo hotel).

Então é uma forma de apoiar o Ducs em Amsterdam e ainda descolar um lugar legal, ter suporte em português e pagar menos! :) Todo mundo ganha!

Booking.com

3 comentários em “Curiosidades da Holanda: livraria em antiga igreja de Maastricht”

  1. Meu, que massa! Estou lendo todos os seus posts, de trás para frente, amando seu estilo e suas dicas, é claro... mas esse post aqui arrebatou meu coração! Essa livraria NÃO PODE deixar de existir!!! Ainda bem que coloquei a cidade no meu roteiro do País Baixo!!!

    Responder

Deixe um comentário

Notifique-me de novos comentários via e-mail. Você também pode se inscrever sem comentar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.