Protesto contra banimento do cogu na Holanda

Em outubro de 2007 a Holanda resolveu banir a venda legalizada de cogumelos alucinógenos frescos. Digo frescos porque a venda de cogu seco já era proibida antes e digo legalizada por motivos óbvios - enquanto houverem cogus e clientes, haverá venda, querendo o governo ou não. O que disparou a decisão, aparentemente, foi a morte de uma turista francesa de 17 anos em Amsterdam, que usou o fungo durante uma excursão de escola à cidade. Há alguma confusão quanto ao caso. Uns dizem que ela pulou de um prédio:

"Calls for a re-evaluation of the drug grew after a 17-year-old French girl jumped from a building after eating magic mushrooms during a school trip to Amsterdam in March." - Netherlands bans magic mushrooms - BBC news - 12/10/07

Enquanto outros alegam que foi de uma ponte:

Parliament called for a ban last year after the death of a 17-year-old French tourist who is believed to have eaten so-called magic mushrooms before she jumped off a bridge in Amsterdam" - Dutch ban 'magic mushrooms' from December - NRC - Handelsblad - 29/12/08

Uma notícia que achei da época diz que ela cometeu suicídio ao pular do telhado do NEMO, famoso museu de ciências de Amsterdam. Diz lá:

"The girl was on a school trip to Amsterdam and stayed on a hotel boat in the centre of Amsterdam. After using the mushrooms, she had run off to the Nemo building, which is built over the entry of the tunnel to Amsterdam North. The roof of the Nemo is open to the public, it offers a wide view to the historic city centre. She jumped off the building, fell on the road, and died." - French tourist in Amsterdam commits suicide after using 'magic mushrooms' - Simply Amsterdam News - 27/03/07

A parte em que o bicho pega é a frase seguinte da mesma notícia: "The girl's parents have said they hold the state of the Netherlands responsible for her death, because the sale of the mushrooms is legal." [Os pais da garota disseram que consideram o estado holandês responsável pela morte dela, porque a venda dos cogumelos é legalizada]. Aparentemente os representantes do estado holandês concordaram com os pais da garota, e pediram o banimento dos cogus. O prefeito de Amsterdam tentou apaziguar e propôs uma alternativa ao banimento total: um período de espera de 3 dias para que os turistas possam comprar cogumelos. Em vão. Em outubro de 2007, os "shrooms" foram proibidos, apesar do envolvimento de cogumelos no suicídio da garota nunca ter sido provado (de acordo com o NRC - Handelsblad). Com a decisão já tomada, outro caso de morte envolvendo um adolescente que pulou da janela em Haia após ingerir cogumelos foi noticiado. Estatísticas foram abundamentemente citadas por toda parte (128 "incidentes" envolvendo cogumelos em 2006). Em novembro de 2008, o parlamento determinou que a proibição entraria em vigor a partir de dezembro, o que levou a uma associação de lojistas (donos de "smartshops", onde se vendem cogus e diversos artigos relacionado com o consumo de drogas leves) a entrar na justiça pedindo a revogação da medida. Foram derrotados.

Seguiu-se um período de confusão. Diversas cidades, Amsterdam liderando a turma, disseram que não iriam fiscalizar o comércio, usando como desculpa de que não estava claro como fazer isso, o que gerou certa confusão, e as smart shops continuaram, como direi, queimando o estoque. A festa durou pouco, e três dias depois de Haia mandaram avisar que era responsabilidade do município e da polícia por ordem na baderna (notícia em holandês, sorry).

Domingo, ontem, na Praça dos Museus, Museumplein, alguém aproveitou pra dar uma protestada contra o banimento. Usaram o I do famoso letreiro I AMSTERDAM e transformaram num cogumelão, onde escreveram RIP [sigla de Rest In Peace, Descanse Em Paz]. Claro, saiu no jornal [veja o vídeo]. Mas, hah, nós estivemos lá antes do repórter do jornal: 🙂

Paddoprotest

Paddoprotest

Cogumelão no meio da praça? Oras, bem-vindo à...

Paddoprotest

Ingressos pra atrações em Amsterdam

Um jeito bacana de retribuir o Ducs e ainda se dar bem é comprar ingressos online comigo. Assim você evita ficar tomando vento em fila quando você devia estar passeando… e me dá uma força preciosa!

Dá uma olhada na página de ingressos do Ducs Amsterdam

Reserva um hotel bacana aqui em Amsterdam!

Booking.com

Eu escrevi um artigo com muitas onde ficar em Amsterdam.

E se você fizer sua reserva através dos links do Booking aqui no Ducs, eles repassam uma comissão pra gente (ao mesmo tempo que você paga menos pelo hotel).

Então é uma forma de apoiar o Ducs em Amsterdam e ainda descolar um lugar legal, ter suporte em português e pagar menos! :) Todo mundo ganha!

Booking.com