website statistics

Dicas de viagem: Os Macarons de Paris

[Daniel escrevendo em itálico] O artigo dessa semana foi escrito pela Carla. Se você chegou agora no Ducs, Carla é a minha esposa querida e mãe de nossa bebê (ops, criança. Nunca vou me acostumar.)

A Carla mantém um blog sobre culinária, o Entre Panelas (se não conhece, corre lá, que cê não sabe o que está perdendo!) Nesse artigo, o segundo sobre Paris (quer ler o primeiro? Fui eu quem escreveu e chama "Paris seguindo as dicas dos locais"), ela explica o que é e onde comprar um glutoseima bem francesa: os Macarons. Conta pra gente, Carla! --

Paris - Ladurée  - Macaron
Macarons da Ladurée

Macarons: o que são e sua origem

Macaron é o nome em francês e em português de um pequeno biscoito  redondo, crocante por fora e macio por dentro, que tem como base no seu preparo claras em neve, açúcar e farinha de amêndoas.

O doce é diferente dependendo da região da França e o que acabou se tornando muito popular atualmente é a versão parisiense do macaron, criada por Pierre Desfontaines na Ladurée, no começo do século 20. Ele é feito em diferentes sabores, biscoito e recheio, e é colorido.

Paris - Ladurée  - Macaron

Em inglês a tradução de macaron é macaroon. E a versão parisiense seria chamada de parisian macaroon. No entanto, começou-se a usar em inglês a palavra macaron com a grafia francesa para se referir à versão parisiense do doce. E o termo macaroon, é muito usado para se referir às outras versões dele que são bem diferentes e nada lembram o parisiense.  Isso acaba causando uma confusão de nomes que levei um tempo pesquisando para entender.

Mas, o que entendi é que é um único nome que se refere a diferentes versões do doce, das quais uma delas é a parisiense. Há versões de macaron até mesmo fora da França. A Larrousse Gastronomique, por exemplo, contém apenas a palavra macaroon e conta sua história e variações. As páginas da Wikipedia em inglês, na minha opinião estão confusas quanto aos termos. Acabei recorrendo a versão em Francês pra tentar entender um pouco melhor essa questão dos nomes.

A origem da receita do macaron, segundo a Larousse Gastronomique, vem da Itália, particularmente Veneza, durante a Renascença. O nome vem da palavra italiana maccherone e Veneziana, macarone.

Há também quem diga que a receita original vem de Cormery na França e outros que dizem que foi levada da Itália pra França pela Catherine de Médici. Ainda segundo a Larousse, os macarons vem sendo preparados desde o ano 791 em monastérios e diz a lenda que eram feitos no formato dos umbigos dos monges.

Paris - Pierre Hermé - Macaron
Macarons do Pierre Hermé

 

Onde comprar um macaron delícia

Da famosa versão parisiense dos macarons, há pelo menos duas patisseries que carregam o nome de terem os melhores macarons de Paris,  a Ladurée e o Pierre Hermé.

Na minha primeira viagem a Paris, eu já ouvira falar dos macarons, conhecia o Pierre Hermé, mas acabou que não tivemos tempo de ir até a loja do PH e acabei apenas experimentando um aleatório, numa patisserie na Champs-Elisées. E eu achei bastante bom, mas ficou gostinho de quero mais e os melhores.

Desta vez eu já descobrira também a Ladurée e fui pra Paris com os dois na lista pra provar. E realmente, a fama deles não está só nome, os macarons são realmente deliciosos! A qualidade e o sabor são excepcionais.

Paris - Ladurée  - Macaron

Paris - Ladurée  - Macaron
Vitrine da Ladurée

Quem tem o mellhor macaron: Ladurée ou Pierre Hermé?

Pierré Hermé e Ladurée geralmente se revezam entre o primeiro e segundo lugar na preferência de quem prova. Na minha escala ficou a Ladurée em primeiro e o PH em segundo.

O Pierre Hermé é conhecido por criar sabores mais exóticos, como morango com vinagre balsâmico e azeite de oliva e baunilha, ambos deliciosos, e a Ladurée é mais clássica. A Ladurée vem com uma porção mais generosa de recheio, o que eu gostei mais, e isso pode ser um dos fatores que divide a preferência entre eles. A Simone Izumi do Chocolatria, em seu relato "Paris: Gourmandises", já acha que os do PH tem o recheio na medida certa o que os tornam seu favorito.

Nas duas lojas o que fiz foi pedir uma caixinha com um macaron de cada um dos sabores disponíveis. Eu e o maridão dividimos um por um e eu ouvi dele, ao comer um da Ladurée, "agora você me convenceu com os macarons".  Dois sabores sazonais da Ladurée estavam de matar, o de coco e o de cassis. Eu poderia voltar à loja e comprar uma caixa só com esses 2 sabores. Não tivemos tempo para voltar, mas fica pra próxima.

Paris - Pierre Hermé - Macaron

Paris - Pierre Hermé - Macaron

Quando for a Paris, fica aqui minha dica, não deixe de visitar a Ladurée e o Pierre Hermé e me conte depois o que achou. 🙂 Abaixo indico os endereços das lojas que visitei, mas eles tem mais de uma unidade, veja no site os outros endereços.

  • Ladurée

http://www.laduree.fr/

16, rue Royale, Paris, 8e (outros endereços no site)

  • Pierre Hermé

http://www.pierreherme.com/

72 rue Bonaparte, Paris, 6e (outros endereços no site)

 [Todas as fotos deste artigo são da Carla]