O melhor guia online sobre Amsterdam, em português” – Estadão

Protesto contra banimento do cogu na Holanda

por Daniel Duclos em 29/12/2008

Em outubro de 2007 a Holanda resolveu banir a venda legalizada de cogumelos alucinógenos frescos. Digo frescos porque a venda de cogu seco já era proibida antes e digo legalizada por motivos óbvios - enquanto houverem cogus e clientes, haverá venda, querendo o governo ou não. O que disparou a decisão, aparentemente, foi a morte de uma turista francesa de 17 anos em Amsterdam, que usou o fungo durante uma excursão de escola à cidade. Há alguma confusão quanto ao caso. Uns dizem que ela pulou de um prédio:

"Calls for a re-evaluation of the drug grew after a 17-year-old French girl jumped from a building after eating magic mushrooms during a school trip to Amsterdam in March." - Netherlands bans magic mushrooms - BBC news - 12/10/07

Enquanto outros alegam que foi de uma ponte:

Parliament called for a ban last year after the death of a 17-year-old French tourist who is believed to have eaten so-called magic mushrooms before she jumped off a bridge in Amsterdam" - Dutch ban 'magic mushrooms' from December - NRC - Handelsblad - 29/12/08

Uma notícia que achei da época diz que ela cometeu suicídio ao pular do telhado do NEMO, famoso museu de ciências de Amsterdam. Diz lá:

"The girl was on a school trip to Amsterdam and stayed on a hotel boat in the centre of Amsterdam. After using the mushrooms, she had run off to the Nemo building, which is built over the entry of the tunnel to Amsterdam North. The roof of the Nemo is open to the public, it offers a wide view to the historic city centre. She jumped off the building, fell on the road, and died." - French tourist in Amsterdam commits suicide after using 'magic mushrooms' - Simply Amsterdam News - 27/03/07

A parte em que o bicho pega é a frase seguinte da mesma notícia: "The girl's parents have said they hold the state of the Netherlands responsible for her death, because the sale of the mushrooms is legal." [Os pais da garota disseram que consideram o estado holandês responsável pela morte dela, porque a venda dos cogumelos é legalizada]. Aparentemente os representantes do estado holandês concordaram com os pais da garota, e pediram o banimento dos cogus. O prefeito de Amsterdam tentou apaziguar e propôs uma alternativa ao banimento total: um período de espera de 3 dias para que os turistas possam comprar cogumelos. Em vão. Em outubro de 2007, os "shrooms" foram proibidos, apesar do envolvimento de cogumelos no suicídio da garota nunca ter sido provado (de acordo com o NRC - Handelsblad). Com a decisão já tomada, outro caso de morte envolvendo um adolescente que pulou da janela em Haia após ingerir cogumelos foi noticiado. Estatísticas foram abundamentemente citadas por toda parte (128 "incidentes" envolvendo cogumelos em 2006). Em novembro de 2008, o parlamento determinou que a proibição entraria em vigor a partir de dezembro, o que levou a uma associação de lojistas (donos de "smartshops", onde se vendem cogus e diversos artigos relacionado com o consumo de drogas leves) a entrar na justiça pedindo a revogação da medida. Foram derrotados.

Seguiu-se um período de confusão. Diversas cidades, Amsterdam liderando a turma, disseram que não iriam fiscalizar o comércio, usando como desculpa de que não estava claro como fazer isso, o que gerou certa confusão, e as smart shops continuaram, como direi, queimando o estoque. A festa durou pouco, e três dias depois de Haia mandaram avisar que era responsabilidade do município e da polícia por ordem na baderna (notícia em holandês, sorry).

Domingo, ontem, na Praça dos Museus, Museumplein, alguém aproveitou pra dar uma protestada contra o banimento. Usaram o I do famoso letreiro I AMSTERDAM e transformaram num cogumelão, onde escreveram RIP [sigla de Rest In Peace, Descanse Em Paz]. Claro, saiu no jornal [veja o vídeo]. Mas, hah, nós estivemos lá antes do repórter do jornal: :)

Paddoprotest

Paddoprotest

Cogumelão no meio da praça? Oras, bem-vindo à...

Paddoprotest

Daniel Duclos (Daniduc), é um brazuca que mora na Holanda com a esposa, também brasileira, desde novembro de 2007. Criou o Ducs Amsterdam, o qual escreve, fotografa e edita. Em 2011 lançou um guia de Amsterdam e virou pai de uma linda garotinha, com quem redescobre o mundo todos os dias.


Procurando hotel pra sua viagem?

Eu escrevi um artigo com muitas Dicas de hospedagem.

Se você fizer sua reserva através dos links aqui no Ducs, eles repassam uma comissão pra gente. Então é uma forma de apoiar o Ducs em Amsterdam e ainda descolar um lugar legal, ter suporte em português! :) Todo mundo ganha!

Ah... e o Booking lista hotéis no mundo todo! Não precisa ser só em Amsterdam!

Ingressos pra atrações em Amsterdam

Outro jeito bacana de retribuir o Ducs e ainda se dar bem é comprar ingressos online comigo. Assim você evita ficar tomando vento em fila quando você devia estar passeando e dá uma força preciosa.

Dá uma olhada na página de ingressos do Ducs Amsterdam!

Ah, e se você está querendo comprar passagens aéreas, o Ducs Amsterdam tem uma parceria com a KLM:

Pessoal, o Ducs só existe com a força de vocês! Então, divulguem, comentem, usem os serviços que o Ducs oferece e vamos que vamos! Obrigado sempre!

Algo a dizer? Manda bala! :)

(Ah, você tem uma dúvida? Leia antes a FAQ. É sério! A maioria das respostas tá lá...)

Outra coisa que é importante é habilitar receber notifcações de novos comentários por email, porque tem um monte de gente que faz uma pergunta em um post aleatório e depois esquece onde fez a pergunta, nunca vê a resposta e acha que não foi respondido, quando na verdade a pessoa é que esqueceu onde que foi... com o aviso por email isso não acontece.

Você leu a Política de Comentários aqui no Ducs?

Comentários escritos TODO EM CAIXA ALTA não serão aprovados.

Dê lá o seu recado!

Notifique-me de novos comentários via e-mail. Você também pode se inscrever sem comentar.

{ 21 comentários… leia abaixo ou deixe um }

Rafael maio 29, 2011 às 06:41

Olá Daniel,

então, eu sempre tive curiosidade de experimentar um cogu (que eu conheço mais como magic mushroom). Vi que esse artigo é de 2008. Como andam as coisas por aí nesse momento? Nas coffeeshops eu consigo “comprar, trocar, escambear” algum ou isso é completamente inviável agora? Se eu perguntar em alguma loja, as pessoas acharão ruim?

Abçs

Responder

leopoldino fevereiro 18, 2011 às 19:33

Oi Ducs, tudo bem? Estou terminando o curso de direito e minha monografia é sobre legalização das drogas, porém, não consegui encontrar em lugar nenhuma legislação holandesa sobre a tolerância sobre drogas. Poderia me ajudar de alguma forma? Enviando um e-mail, ou me indicando algum site que poderia encontrar algo sobre a legislação da Holanda? De antemão agradeço.

Responder

Pedrão abril 6, 2010 às 20:55

Daniduc,

Primeiramente parabéns pelo site !!! Muito bom mesmo !!!

Estive em Amsterdam no ano passado, mas foi muito rápido … Infelizmente não deu pra conhecer nada :(

Mas esse ano estarei aí novamente, e desta vez ficarei 10 dias …

Li um comentário que vc fez, dizendo que o consumo de maconha é permitido somente em coffe shops … em lugares publicos nao pode …

É isso msm ? Pois no ano passado vi uns camaradas fumando maconha na rua normalmente …

Se eu fumar na rua então corro o risco de levar uma dura da policia ?

Abçs

Pedro

Responder

Daniduc abril 6, 2010 às 21:02

Fala Pedro! Beleza, 10 dias vai dar pra aproveitar bem :)

>> Pois no ano passado vi uns camaradas fumando maconha na rua normalmente

Bem, no Brasil é proibido fumar em qualquer lugar e te garanto que tem um monte de camarada fumando normalmente, mesmo na rua, também. Sim, é isso aí: é proibido fumar na rua, e sim, você corre o risco (embora pequeno) de levar uma multa da Polícia (50€, se não me engano. Não tô bem certo).

Na real, em Amsterdam, na maioria das ruas não é nem permitido beber bebida alcoólica nas ruas! Ao contrário do que muita gente pensa, aqui é cheio de regras. Tem até regra pra fumar maconha :D

Mas não quer dizer que o pessoal siga, claro. Cansei de ver o povo acendendo, e bebendo, na rua, nos parques, especialmente nas áreas mais turísticas da cidade. As pessoas fazerem não torna nem certo, nem legal fazer.

É issoaí, boa viagem.

Abraço

Responder

daniduc janeiro 2, 2009 às 23:44

@Marília, parece que o cogu ficou só no domingo, dia 28 mesmo ;)

Responder

daniduc janeiro 2, 2009 às 23:33

@Marília:

Depende do lugar na rua. tem alguns que é, sim permitido. Tem até uma placa avisando: http://www.flickr.com/photos/ducs_amsterdam/2713714240/ :)

A liberalidade da Holanda é. como tudo que se olha de perto, mais complexa do que aparenta quando vista de longe. Tudo tem múltiplos aspectos. Que legal que você veio conhecer de perto um pouco daqui e curtiu a viagem!

Abs

Responder

Marília janeiro 2, 2009 às 22:23

Ah, e por sinal, perdi por pouco de ver esse cogumelo gigante… no dia em que visitmaos a Museumplein ele ainda não estava lá (dia 24)… Que pena! Parece que a diversão só começou depois que fomos embora… Neve, cogumelão… Pelo menos também nevou e congelou tudo em Paris, ha!

Responder

Marília janeiro 2, 2009 às 22:21

Hã, mas beber na rua em Amsterdam também é proibido… Passamos a maior vergonha, compramos uma Heineken numa lojinha, abrimos e saímos saltitantes para a rua, aí o vendedor sai atrás… epa, não pode beber na rua! Entramos de volta na loja, íamos dar o primeiro gole… epa, não pode beber na loja! ??? Ué, mas a cidade não era liberal??? Pelo jeito, liberal pero no mucho, ahahaha. Ralo na Heineken!

Responder

Gus janeiro 2, 2009 às 01:38

Ih, mas vender é proibido. Então você colhe os cogumelos (para consumo próprio) e troca pela maconha que o seu amigo plantou (também para consumo próprio). Isso não deve ser crime, certo?

Responder

daniduc janeiro 2, 2009 às 13:45

Escambo, venda, troca, os holandeses “fazem qualquer negócia” :P Uma nação de comerciantes, essa aqui… ;)

Responder

Gus janeiro 2, 2009 às 01:37

Acho que o Dani tá certo: o negócio perfeito é comprar algumas vaquinhas holandesas. Você vende o leite, a carne… e os cogumelos que crescem no pasto.

Responder

Gus janeiro 2, 2009 às 01:36

Mas Carol, o argumento do cara tá perfeito:

(a) é proibido vender (e logo comprar) maconha
(b) não é proibido consumir
(c) logo, plantar em casa para não ter de comprar – e outro não ter de vender – deve ser legal… você ainda dá uma de bom samaritano – evitando que outros pratiquem o crime e sejam presos por ter de vender para você.

Muito lógico.

Responder

Carol dezembro 31, 2008 às 04:30

Que estranho… cogumelo dá vontade de pular? Não sabia que havia essa correlação entre cogumelos e pulos de lugares altos.

“foi banida a venda, não o consumo”

Interessante. Tudo isso conduz às pessoas plantarem cogumelinhos num canteiro em casa e chamarem os amigos para compartilhar.

Recentemente, descobri que o mesmo acontece aqui (Toronto) com maconha. Tanto que já vimos gente fumando maconha na rua e ficamos meio espantados, considerando que é proibidíssimo beber em qualquer local público. Mas maconha não. Pode consumir, só não pode vender. Então outro dia fecharam um bar-maconhódromo sob acusação de estar vendendo. Um grupo de habituês foi fumar bagulhos na frente da prefeitura para protestar, afirmando que eles sempre levam os cigarrinhos de casa. E um dos caras tinha sido preso anos antes por cultivar maconha em casa, mas foi liberado quando demonstrou que o pé de maconha era só para ele consumir sem comprar de ninguém.

Mas o fato é que Amsterdam é muito mais coerente com relação a tudo isso. Aqui o tabu com relação a bebida não é coerente com nada.

Responder

daniduc dezembro 30, 2008 às 22:03

Poisé Gus, agora a turistada vai tudo querer passear no campo… que canal que nada, vamos dar rolê no pasto… :D

Responder

Gus dezembro 30, 2008 às 21:48

ah, agora então as vaquinhas holandesas vão ser ainda mais valorizadas, heheheheeh…

Responder

daniduc dezembro 30, 2008 às 19:05

porque pode maconha e cogumelo nao?

Barts, muitos dos parlamentares, notadamente do CDA (partido democrata cristão), estão usando exatamente isso como argumento pra aproveitar e proibir a maconha também e banir os coffee shops da Holanda (veja, p. ex: http://www.nrc.nl/international/article2055680.ece/More_pressure_on_cannabis_coffee_shops), aproveitando o embalo de duas cidades holandesas (Roosendaal e Bergen) que simplesmente baniram todos os Coffee Shops (veja: http://www.nrc.nl/international/article2035496.ece).

Por outro lado, muitos prefeitos são contra isso. Eles são, inclusive, a favor de entrar no negócio. Veja: http://www.nrc.nl/international/article2071306.ece/Dutch_mayors_call_for_growing_marijuana.

Mas a resposta dada pelos proponentes do banimento do cogu à sua pergunta de “porque cogu sim e maconha não”, foi de que o problema com o cogu é que é impossível determinar uma correlação entre dosagem e efeito. Uma dose fraquíssima pode desencadear viagems poderosas e erradas, e doses altas podem quase não ter efeitos, e vice e versa, e inclusive no memso indivíduo dependendo da vez. Ou seja, é imprevisível, alegam. Com a maconha eles podem limitar o consumo a menos de 5g e manter a coisa sob algum controle. Teoricamente.

FULL DICLOSURE; eu não sou usuário, e nem pretendo ser, mas não concordo com o banimento dos cogumelos.
ESCLARECIMENTO: foi banida a venda, não o consumo, de cogumelos frescos. A venda dos cogumelos secos, que tem efeito mais potencializado, já era banida há tempos.
NOTA: A Holanda funciona num governo de coalização, então tudo, absolutamente tudo, é muito discutido e rediscutido antes de ser decidido. E depois também, aliás, mas isso já é da natureza holandesa, não da política.

Responder

Barts dezembro 30, 2008 às 18:41

Hunm

deixa eu ver se eu entendi. Eu vou numa cidade em que eu nao moro, com meu dinheiro, compro uma coisa por minha propria decisao e escolha, saio, pulo de algum lugar ainda indeterminado, e os moradores sao proibidos de dar vazao a seus vicios de forma legal e coerente???

Sei la, eu sou contra o consumo de drogas, cigarro e alcool incluso, mas porque pode maconha e cogumelo nao?

Nao dá pra proibir so os turistas, nao?

Responder

daniduc dezembro 30, 2008 às 09:37

@juju e @ida: eu tbm adoro ver a notícia em primeira mão!! Muito legal!
@Miguel: é esse que eles proibiram, mas eles não proibiram o consumo não, o que eles proibiram foi as lojinhas venderem. Se vc achar no pasto e colher, boa. Mas a turistada vinha era comprar na loja, isso dai que eles vetaram.

Responder

Miguel dezembro 30, 2008 às 04:32

Aquele cogu de pasto não dá para proibir, só acabando com os pastos, não?

Responder

juju dezembro 30, 2008 às 03:00

uow
love this: estar na hora da noticia…

Responder

Ida dezembro 29, 2008 às 23:45

mto boa reportagem, Daniduc!

e furo na imprensa!
hahaha

Responder

Previous post:

Next post: