Como alugamos um cantinho em Amsterdam

De mala e cuia Alugar um apê (gíria brazuca pra apartamento) em Amsterdam é uma aventura. É um mercado disputado e inclemente, com pessoas tentando meses até conseguir pagar fortunas em um  muquifo de banheiro compartilhado e teto baixo.

Demos sorte nesse quesito: nosso apê tem banheiro próprio e pé direito alto. Antes de embarcar pela primeira vez pra Holanda (e pro exterior - foi nossa primeira viagem internacional), nos haviam prometido "alguns apartamentos pré selecionados para vocês escolherem". Ao chegarmos aqui, descobrimos que por "alguns apartamentos pré selecionados para vocês escolherem" eles queriam dizer "toma o endereço de uma imobiliária, boa sorte. A propósito, vocês têm 4 dias pra achar um apartamento."

Saímos a bater perna por Amsterdam completamente zuretas de jet lag e choque cultural, soterrados de informações novas de um mundo que funcionava sem dar a mínima pro fato de que não tínhamos idéia como. Éramos tão caipiras que não sei como não terminamos comprando uns bondes holandeses por alguns contos de réis em vez de alugar um apê.

Seguimos alguns corretores sem ter ideia pra onde, sem saber o que era norte, sul, leste ou fim do mundo, até que caímos com o Roy, corretor da imobiliária Rots-Vast. Escorregadio, enrolão, determinado e muito simpático, ele tem todos os requisitos de um vendedor, um dos bons. Roy nos levou a um apartamento recém-reformado, com decoração moderna e estilosa, da qual fazia parte uma gaiola de pássaro estilo retrô. Ao entrar no quarto onde ela se encontrava, Roy grita assustado:

- PUTA MERDA, O PÁSSARO MORREU!

Pulei em pânico, procurando o pássa...

- Tô brincando, cara. É só decoração.

Esse Roy é mesmo um fanfarrão, pensei. Acabamos fechando negócio, confiando na palavra do corretor de que era uma boa localização, uma vez de que a nossa noção mais precisa de localização em Amsterdam era "4 metros abaixo do nível do mar".

Nunca é uma boa ideia, isso de confiar totalmente em corretores. Mas estávamos com jet lag, cansados, estressados e sob intensa pressão pra alugarmos alguma coisa logo. No fim das contas era mesmo uma localização até que boa. Tinha apenas um pequeno detalhe, que iríamos descobrir na mudança.

Dois dias depois estávamos em frente ao nosso novo lar, esperando o Roy chegar pra vistoria e assinatura final do contrato. Nossas malas empilhavam-se na calçada e eu andava em tensos círculos, matando o tempo sob um raro dia de sol do outono holandês. Meus círculos foram interrompidos pela Carla me chamando:

- Amor, ali é nosso apê, certo?

- Hm? Grunfs. É.

- Ele não tá em cima de um tipo de loja?

- Loja? É, parece uma loja.

- É uma loja de quê, será? Acho que é de antiguidades.

- Antiguidade? Por que diz isso?

- Tô vendo um tipo de vaso ali na vitrina. Tem umas plantas do lado...

- Vaso? Deixa eu ver... é, parece um... ah.

Dei de cara com dois metros de um portentoso narguilezão adornado por duas folhas de cannabis.

- Cacete, é um coffee shop! (* bar de venda legalizada de maconha)

Roy chegou serelepe em sua prática lambreta e inquiri sobre o fato de termos recém alugado um apartamento sobre um comércio característico holandês. Ele perguntou: e? Eu respondi:

- Temo, Roy meu chapa, pela baderna associada a estabelecimentos de entretenimento. Eu já morei ao lado de bar e te digo que não é legal.

Ele me garantiu que se era esse o problema, coffee shops seguem uma regulamentação muito estrita. Qualquer denúncia de baderna associada irá resultar em penas severas ao estabelecimento. Então eles fechariam cedo, e regularmente. O que, pra defesa do Roy, aconteceu. Há ano e meio que moro aqui e uma única vez vi alguém de dentro do coffee shop gritando. Era um funcionário, num polido inglês:

- Sir, sir!

Um cara saía do establecimento, andando em um ângulo de 45 graus em relação ao chão (e à realidade, desconfio).

- You forgot your passport, sir!

É, meu chapa, você vai precisar disso, e vai ser mala explicar onde você perdeu. Mesmo porque, provavelmente você não iria lembrar. Ah, sim, coffee shops pedem passaporte pros fregueses: a venda de maconha à menores de 18 anos é estritamente proibida.

Mas voltando ao apê, subimos pra fazer a vistoria e assinar o contrato. Enquanto a Carla fazia essa parte, eu fiquei curioso e resolvi abrir uma janela. Um daqueles imensos janelões holandeses. Assim que o fiz, pulou uma imensa, gigantesca, gordíssima aranha daquelas bem redondas! Calmamente informei os outros da situação:

- AAAAAUUUUGH, CACETE, UMA ARANHA!

Roy veio logo tirando um barato:

- Oras, mas você está com medo de uma aranhin...AAAAAUGH! CACETE, UMA ARANHA!

Ele me passa a caneta com que segundos antes estavam assinando o contrato:

- Toma, põe ela pra...

- Brigado, disse eu, e SBLOFT! Explodi a bolota que era a bunda da aranha com a caneta!

- FUCK, MAN! Era pra por ela PRA FORA!

Olhei confuso:

- Aaaaahnnnm.

Devolvi a caneta:

- Tó.

Ele me olhou horrorizado.

- É sua, cara! Presente. De mim pra você.

Fechei a janela, mortificado. Bem-vindo à Amsterdam. Suspirei e tratei de começar a árdua tarefa de anarquizar a super delicada decoração feng chuê preparada pelo nosso senhorio com uma legítima baderna latina. O apê era todo nosso, disputado a canetadas com a aranha residente.

Serviço

Imobiliárias:

Rots-vast - http://www.rotsvast.nl

Kamernet - http://www.kamernet.nl

Multiwonen  - http://www.multiwonen.nl/

Classificado de imóveis

Funda - http://www.funda.nl

Vocabulário

Huuren/huur - alugar/aluguel

Kopen/koop - comprar/compra

Kamer(s) - Cômodo(s)


Procurando hotel pra sua viagem?

Eu escrevi um artigo com muitas Dicas de hospedagem.

Se você fizer sua reserva através dos links aqui no Ducs, eles repassam uma comissão pra gente. Então é uma forma de apoiar o Ducs em Amsterdam e ainda descolar um lugar legal, ter suporte em português! :) Todo mundo ganha!

Ah... e o Booking lista hotéis no mundo todo! Não precisa ser só em Amsterdam!

Ingressos pra atrações em Amsterdam

Outro jeito bacana de retribuir o Ducs e ainda se dar bem é comprar ingressos online comigo. Assim você evita ficar tomando vento em fila quando você devia estar passeando e dá uma força preciosa.

Dá uma olhada na página de ingressos do Ducs Amsterdam!

Vem pra Amsterdam (ou qualquer parte do mundo) com a KLM via Ducs!

E, pra completar, o Ducs Amsterdam tem uma parceria com a KLM. Eu recebo uma comissão e você não paga absolutamente nada a mais por isso! É apenas uma maneira de ajduar o blog e conseguir uma passagem por um bom preço em uma emrpesa de prestígio. Para usar, busque sua passagem para o mundo todo clicando aqui!

Pessoal, o Ducs só existe com a força de vocês! Então, divulguem, comentem, usem os serviços que o Ducs oferece e vamos que vamos! Obrigado pelo seu apoio - isso é sério! Eu sou muito grato a você!

Posta uma foto sua seguindo uma dica do Ducs no Instagram e marca com #ducsamsterdam pra eu ver você!

Algo a dizer? Manda bala! :)

Veja se sua dúvida já foi respondida aqui)

Dúvidas sobre ingressos devem ser tiradas por esse canal.

É importante habilitar receber notificações de novos comentários por email, para garantir que você verá sua resposta.

Você leu a Política de Comentários aqui no Ducs?

Comentários escritos TODO EM CAIXA ALTA não serão aprovados.

Dê lá o seu recado!

Notifique-me de novos comentários via e-mail. Você também pode se inscrever sem comentar.

{ 106 comentários… leia abaixo ou deixe um }

  1. Giza Salvalaggio diz

    Adorei seu post, apesar de relatar suas primeiras dificuldades aí, eu ri demais... Fiquei imaginando uma cena daqueles filmes de comédia! Sei que não deve ser sido fácil, mas relatado dessa forma ficou bem engraçado. Valeu!

  2. Constance diz

    Olá Daniel, seu blog é genial, obrigada. Estou me mudando com o meu filho adulto para Amsterdam em junho próximo. Queria contatar 1-2 imobiliárias para tirar algumas dúvidas sobre aluguel de imóvel (sou profissional liberal), mas as imobiliárias postadas por vc aparentemente não têm nenhum apê para alugar em Amsterdam agora. :-/ Vc poderia passar o contato do corretor com o qual vc lidou? Achei ter visto em algum lugar do blog estes dias, mas não acho mais.
    Estou pensando em passar os primeiros 20-30 dias num apê (airbnb) para procurar um apê com calma, estando ai. Vc acha que neste período encontro alguma coisa? Vcs levaram menos tempo que isso, né? Outra dúvida: mais para frente, assim que instalada, queria mandar meus 2 gatos, eles são bem aceitos nos imóveis para locação? Obrigada pelas dicas que puder dar!

    • diz

      Oi Constance,
      Acabou de sair no blog um artigo com informação sobre aluguel e venda de apartamentos: http://www.ducsamsterdam.net/compra-aluguel-apartamentos-amsterdam/
      O corretor com quem tratamos na época já não trabalha mais na imobiliária. É difícil dizer se 20-30 dias dá pra achar porque não sei como está o mercado imobiliário de aluguel nesse momento.
      Você vai ver que o Daniel mencionou isso no artigo, mas gatos nem sempre são permitidos. É mais difícil achar apartamento pra alugar quando se tem gatos.
      Abraço!

  3. wellington diz

    aah Dan tambem quero saber se administradores de empresas tem mais oportunidades ai
    aguardo sua resposta
    obrigado :)

  4. wellington diz

    boa noite brother
    assim que concluir minha faculdade, penso em morar em amsterdam para fazerpos graduação...com minha namorada
    o aluguel purai é muito pesado no valor?

  5. Clara Battesini diz

    Olá, eu e meu namorado vamos fazer intercambio este ano e como ele é viciado em Magic e vimos em um dos seus artigos você mencionando sobre, ele quer saber se você tem ideia de quanto está custando as cartinhas por aí.

    Abraços, Clara

    • diz

      Oiê Clara! Legal - mas na verdade faz muitos e muitos anos que não jogo Magic de papel (quando eu comprei o último booster de papel nem existia Planeswalker como tipo de carta). Então eu tô meio por fora de preços. Em geral os preços são em euros o que custaria em dólares nos EUA (por exemplo, se um booster custa 14 USD nos EUA, aqui custaria 14€, então um tico mais caro). Mas isso é bem ais ou menos. A American Book Center na Spui costumava vender as cartas, não sei se ainda vende. Abraço!

  6. Eduardo diz

    ola Daniel , gosto de mais de Amsterdam , pelo que vejo na suas pags. gostaria que me respondesse uma pergunta! como é o meio artístico de Amsterdam, sou musico (Dj), existe oportunidades para esse ramo na holanda? muito obrigado!

    • diz

      Eduardo, eu não tenho conhecimento específico dessa área. Sei que música eletrônica aqui é bem popular. Existem brazucas que são DJ's e vieram pra cá, mas eu não tenho contato deles pra te passar. Acho que é melhor dar uma fuçada atrás desses caras, que eles com certeza sabem mais do que eu sobre esse assunto. Bom 2015!

    • diz

      Ivone, sua pergunta foi respondida. É preciso ter paciência, pois eu respondo as perguntas dentro do prazo que me é possível, uma por vez, existem muitas outras pessoas que fazem perguntas também, e cobrar não vai apressar em nada o processo.

      • Ivone Amaro diz

        Me perdoe Dan, mas pensei talvez nao ter preenchido o formulario corretamente. Mas ja vi tua resposta.
        Grata mais uma vez.
        Ivone

  7. Ivone Amaro diz

    Ola Dan boa noite

    Por favor gostaria de algumas informaçoes se voce puder me ajudar é claro. Regressei ao Brasil depois de viver 13 anos em Portugal. Meu marido é portugues, tenho dupla cidadania. Meu marido esta indo viver com o irmao em Maastrachit agora em Janeiro, ja tem serviço arrumado. Meu cunhado me diz que conseguimos alugar uma casa ou apartamento pequeno ja com agua, luz, gaz, tv e net incluido e mobilado, por 300 a 400 Euros. Isso é mxm verdade? Porque tenho medo de cair num conto de fadas e chegar e nao ser nada disso. Sera que voce sabe me dizer alguma coisa sobre isso? Se puder lhe serei muito grata. Eu só falo portugues, ja estou perdida nesse sentido kkkk.
    Abraços
    Ivone Amaro

    • diz

      Ivone, eu não conheço o mercado de Maastricht, apenas o de Amsterdam. Então acho que as informações de seu cunhado que mora lá devem ser mais confiáveis do que as minhas. Um abraço

      • Ivone Amaro diz

        Obgd Dan, é que as vezes penso k ele diz pra me animar. Ja estou indo sem falar lingua nenhuma dai, tenho pouco conhecimento do Ingles entao fico com um pouco de medo. Morar em Portugal foi mais facil, pelo menos se comunicar era. Mas agradeço a atenção.
        Abraços

  8. Felipe diz

    ola, primeiramente parabéns por todas essas informações, gostaria da sua ajuda se você puder eu agradeço, estou me mudando com minha namorada para Amsterdam em abril de 2015, ja procuramos muito em sites, anúncios, etc, um lugar para morar, achei boas ofertas mas nenhuma confiável, todos eles querem um pagamento primeiro para pode mandar a chave, e eu gostaria de ja ter um lugar certo para chegar, se voce tiver mais alguma informar q possa me ajudar fico muito grato, parabéns novamente e obrigado

    • diz

      Bem, todos os apartamentos que aluguei aqui na Holanda eu paguei primeiro e peguei as chaves depois, é normal. Os sinais de alerta para cilada são:

      - A pessoa não te deixa ver o apartamento por dentro antes, tipo, só passa na rua ou exige um depósito reembolsável para mostrar o apartamento. Aé é roubada: ver o apto é sem compromisso. Porém, uma vez visto e decidido alugar o apartamento, é praxe assinar o contrato, fazer a transfrência de dinheiro e aí então pegar as chaves.
      - Preço baixo demais para a localização em um apartamento modernamente renovado. Localização boa é cara em Amsterdam e você não tem como fugir disso. Se ver um apartamento enrome, bem localizado, com lindas fotos e custando menos de 1200 euros... é certamente roubada.
      - Qualquer coisa menos de mil euros por mês verifique *muito* bem -- certamente tem uma GRANDE desvantagem. Se não tiver nenhuma desvantagem, é cilada.

      Além disso:

      - É normal você dar um depósito como garantia -- não há fiadores aqui. O depósito normalmente custa entre um e dois aluguéis. E se você usar imobiliária, é você quem paga a comissão da imobiliária.
      - Esse depósito lhe será devolvido ao fim do contrato de aluguel, deduzido as despesas de manutenção do apartamento, por exemplo, pintar, ou quaisquer outras despesas acordadas com o proprietário na inspeção de saída do apartamento. Porém! Muitos proprietários gastam esse dinheiro ao longo dos anos de aluguel, e na hora da saída na real eles não tem... então muitos ficam inventando de tudo para que as despesas de manutenção coincidentemente totalizem o adintamento pago. Peça orçamento e nota de tudo e se informe do que é realmente obrigação sua cobrir e o que não é.

      Espero que ajude, e bem-vindos.

  9. Felipe diz

    Daniel, parabéns pelo seu blog! Vc poderia me dizer algo referente a burocracia para alugar um apto por aí?! Aqui no Brasil por exemplo que tem que ter fiador ou seguro fiança..

    • diz

      Aqui você tem que depositar o borg, um seguro fiança no valor de um ou dois aluguéis, dependendo do apartamento. Se você usar imobiliária (o que aconselho especialmente para iniciantes), quem paga a comissão da imobiliária (em geral o valor de um aluguel) é o inquilino. Ao final do aluguel, é feito o check out, e os reparos necessários são descontados do borg. O que restar, se restar, é devolvido pro inquilino em geral 2 meses depois do fim do aluguel. que mais? De cabeça que eu lembro é isso

  10. alberto portugal diz

    Ola ducs...gostaria de alugar um apartamento pequeno mas que tenha alguma coisa dentro por ex guada roupa geladeira etc segue ai meu email e gostaria de saber preços pq nao quero pagar caro amigo muito obrigado.

    • diz

      Alberto, eu não ofereço esse serviço; eu indico algusn lugares para você procurar, mas para que alguém procure por você seria interessante contatar um agente de viagens. Abraços

  11. Flávio diz

    Adorei seu blog, ri bastante com alguns posts. Estou bem animado para mudar de pais, estava meio indeciso ainda qual escolher, mas pelo visto Amsterdam parece ser um bom lugar, tirando as aranhas.

  12. Octavius diz

    Parabéns pelo blog. As dicas são ótimas. Mas queria saber se vc tem algum post sobre quais bairros são acessíveis pra quem vai morar em Amsterdam, quais são furada por serem isolados ou não terem nada pra fazer. Ou se morar no "subúrbio" é interessante pra gastar menos em imoveis melhores. Valeu cara!!!

    • diz

      Octavius, não tenho post sobre isso. Eu diria que morar dentro do Ring é uma boa ideia no geral. Eu, claro, tenho minhas preferências, mas aí são meio de gosto pessoal.

  13. Juliana diz

    Como conseguiu visto para MORAR na Europa?
    Eu e meu marido queremos tentar a vida fora do país.
    E então encontrei seu site.
    O custo de vida é caro? Como vocês arrumaram emprego? Quanto pagam no aluguel?
    O salário é ruim? Vcs foram com quanto dinheiro?

  14. Amanda diz

    Olá Daniel,
    Bom dia. Tudo bem?
    Lhe encaminhei um comentário ontem mas acho que ainda está avaliando :-)
    Gostaria de me informar referente a política de visto, estou com um processo de cidadania Italiana em andamento e a previsão é tudo seja concluído em pleno menos um ano estou um pouco ansiosa.
    A cidadania e o inglês fluente nos auxiliam a encontrar uma oportunidade melhor de trabalho? Atualmente trabalho com marketing mas estaria a disposição para tentar outra coisa, morei 1e meio em Dublin e sei como é.
    Você foi com emprego certo? a oferta de emprego é significativa?
    Desde já muito obrigada.

    Grande abraço
    Amanda.

    • diz

      Oi Amanda, o inglês aqui é o mínimo. O ideal mesmo é falar o holandês. Lembre-se que aqui você estará concorrendo em tempos de crise com os holandeses, que falam holandês e inglês. Já a cidadania ajuda sem dúvida. Abraço.

  15. diz

    Eu tô chorando de rir no seu blog Daniel. Comecei procurando no Google dicas de brasileiros na Holanda (estou namorando um holandês de Lisse com planos de ir praí ano que vem) e tô absolutamente encantada com sua franqueza, seu bom humor (e o da Carla também) e mesmo assim seriedade e transparência. Pra mim uma referência e tanto. Acho que li o blog todo só essa noite e além de ficar por dentro de uma série de coisas, ou ainda reconfirmar coisas que já li, me diverti muito. Parabéns e que no ano que vem eu possa convidá-los para um café em Lisse. Prometo servir mais do que UUUUUUUM cookie. kkkkkkkkkkkkkkkkk Abraços ao casal e à pequena. =)

  16. Estevam Marçal diz

    Cara, que IRADO o seu blog! Pretendo viajar no fim do ano para conhecer Amsterdam, e lendo aqui sempre encontro muitas historias interessantes! Meus parabéns, nobre brasileiro.

  17. Daniella diz

    Parabéns pelo seu trabalho Daniel!! Muito legal o seu blog! Me diverti bastante com esse post seu.
    Como foi a experiencia de vocês com relação a emprego em Amsterdã? Talvez poderia compartilhar um pouco conosco. :)
    Abs!!

    • diz

      Oi Daniella, legal que curtiu. Eu não falo sobre empregos no blog, dado que minha experiência é limitada e aqui falo mais do que vivo e conheço mesmo. Abs

  18. Fernanda diz

    Oi Ducs, tudo bem?
    Você indica algum site (excluindo o Booking), que você julgue confiável, que tenha casas e apartamentos para alugar na temporada?

  19. Kas diz

    OLá tudo bom , estou pensando em me mudar de Edinburgh para Amsterdam e gostaria de saber se vc pode me informar como funciona para alugar um apartmento ai , aqui ode moro na Escócia , basta que vc de os 6 primeiros meses de aluguel adiantados caso vc nao tenha referencias pu emprego , e ai como vcs ficzeram da primeira vez ? Obrigada ,

    • diz

      Kas, aqui a gente paga um depósito (borg) que equivale a algo entre um e três alugueis, que você recebe de volta ao fim, descontado o que tiver de manutenção. Não precisa de referência, agora, sem emprego fica mais difícil de conseguir o aluguel, vai variar de cada caso.

  20. Geraldo Nogueira diz

    Olá,

    Tenho uma dúvida, pretendo me mudar com a minha esposa para Maastricht, somos marinheiros de primeira viagem, e estamos com um pouco de dificuldade de achar um lugar pra ficar. Vemos muitas opções em sites especializados nesses serviços mas é difícil escolher e sempre fica a dúvida: compensa ficar em um hotel alguns dias e ir procurar a pé? Podemos achar algum que esteja off the records, em classificados ou algo parecido.

    Gostaria muito de uma opinião sua ou de algum outro leitor sobre esse dilema, acho que com a sua experiência ou a de mais alguém possa me ajuda.

    Muito obrigado.

    • diz

      Geraldo, é sempre um dilema mesmo, e o resultado pode variar de caso a caso, vai um pouco da sorte também. eu fiquei em hotel assim que cheguei em Amsterdam pra procurar apartamento. No fim deu certo, e eu acho que em geral dá certo de um jeito ou de outro, mas que foi tenso a pressão de "preciso achar um lugar ASAP", foi...

  21. diz

    Oi, Daniel!
    Adorei seu blog e sua escrita. Achei ótimas as informações que você deu. Parabéns mesmo!
    Estou para aplicar para algumas universidades (Tilburg, Gronigen e Nijmegen) para fazer Mestrado. Sabe algo sobre essas cidades? Estou querendo tentar fazer essa busca por um cantinho antes de ir, mas tenho um certo receio quanto à essas histórias da carochinhas envolvendo banheiros compartilhados. rs
    Agradeço se souber de algo!

    • diz

      Giovana, conheço Nijmegen e Groningen, são cidades legais. Golpes: existem sim, embora sejam bem mais comuns em Amsterdam. basicamente: se parece bom demais pra ser verdade, em geral não é verdade. Pesquise o mercado e peça ajuda pra sua universidade, eles estão acostumados a dar esse tipo de apoio. Boa sorte

  22. Jayane diz

    OMG! Tava vendo os preços dos imóveis. Com a bolsa de apenas 870 euros do Ciência sem Fronteiras, eu vou passar é fome aí. :~~~~

  23. Monica diz

    Acabei caindo em seu blog buscando dicas de Amsterdam. Ri muito com seus post's sobre a burocracia, a lagartixa/mouse e a aranha.
    Muito bom seu blog. Parabéns.

  24. elisa diz

    olá, daniel! fiquei bastante assustada com essa história das aranhas. existem muitas? são grandes? aparecem o tempo todo? tenho absoluto pavor delas e agora estou nem querendo ir mais morar em amsterdã! hehehe...

  25. Alvaro Senna diz

    Sensacional sua experiência, estive em Amsterdam em fevereiro deste ano com minha esposa e um casal de amigos, e devo dizer, é o lugar mais sensacional que já conheci, pretendo passar o resto da vida por lá. É claro que não falo holandês e meu inglês é do tipo "the book is on....". se bem que isso não foi problema, pois achei o povo receptivo.
    Me assustei com os preços dos imóveis, mas não desisti, compraremos um AP, a princípio para alugar por temporada e depois ir de vez, será que consigo um AP na red light? Não tenho problemas com coffe shops rsrsrsrrsrsr

    • diz

      Oi Alvaro. Eu também não tive problemas com o coffeeshop.... por um ano e meio, mais ou menos. Depois, me deram todo tipo de dor de cabeça. De toda a maneira: comprar um apto na Red Light? Possível acho que é. Cheguei a ver um lá pra alugar. Mas não acho uma boa idéia. Muito turista lotando a rua, muita gente fazendo barulho até de madrugada, muito restaurante carregando e descarregando e funcionando noite adentro, pessoas usando sua bike de lata de lixo... particularmente, gosto de dormir num canto sossegado e agito é só pra visitar, mas cê quem sabe, isso depende do perfil de cada um. Boa sorte e um abraço

  26. Kalina Lima diz

    Bom.Primeiro agrdecer pelas suas dicas que são maravilhosas...Viajei para Amsterdam e ao entrar no tram só lembrei de vc!Cara a cidade é fantástica!Povo educado,simpático(parecematé brasileiros!),organizados...Mas lá vai a minha pergunta...Sabe de alguma comunidade brasileira em Amsterdam ou Rotterdam?Estou pensando em fazer contato e ver no que dá?

    Te agradeço e beijos(com todo o respeito a Carla!)

  27. Moacyr João Travaglia diz

    Cara vc tem histórias muito boas, já pensou em escrever um livro c/os vários contos, como o do ratinho, da brasileira chata na viagem p/Bruges e esta do aluguel do seu cantinho. Um barato cara, muito legal! Em fevereiro vou em Amsterdam e espero encontrá-lo. Um grande abraço!
    Moacyr

    • diz

      Oi Moacyr, valeu! Tenho planos prum livro sim. Enquanto não sai, você leu a história de como eu abasteci um carro pela primeira vez na Europa? Micão garantido... abraço

  28. Enaldo Soares diz

    Eu fiquei horrorizado como a moradia (tanto locação como aquisição) é caríssima na Europa. E no Brasil não vai ser diferente. A moradia vai ser o grande problema da classe média no século XXI. (O da classe baixa é ter nascido).

  29. Regielli diz

    OI..tudo bem...vi seu texto eu achei mto interresante, e gostaria de uma ajuda..estamos de mudanca para amsterdan, morramos na Italia nao falamos ingles e nem holandes sera que vc teria alguma dica ou ajuda para poder alugar apartamentos??? obrigada se vc puder nos ajudar....Regielli

    • diz

      Regielli, minhas dicas estão nesse artigo, mais eu não tenho... infelizmente só sei de como fazer usando o inglês ou holandês. Pode ser que tenha algum corretor brazuca ou que fale português ou italiano na cidade, mas eu não saberia dizer. De toda forma, parabéns pela mudança e boa sorte nessa nova etapa.

  30. josenita maia do nascimento diz

    Olá Daniduc, moro em Natal Rio Grande do Norte,já estive em Portugal, vai fazer 2 anos, onde conheci um portugues, e ficamos muito amigos,Atualmente ele trabalha air em Amsterdan, penso ir passar um mês air, ele é um cara muito simples, tanto k nem de net, ele entende, ele moro em um quarto pra 01 pessoa e precisamos encontrar um espaço Simples, mais tranquilo, pra 2 pessoas,nas nosas condições claro, uns 500 euros mensal, pq qdo eu vier embora ele continuará morando né?Podes nos ajudar? Com alguns contatos? UM abrço extensivo ao teus familiares.

  31. Jéssica Semler diz

    Parabéns pelos posts. Me divirto muito cada vez que os leio.
    Daqui uns meses será a minha vez de passar por essas presepadas...!!!
    Abçs.

  32. Alice Ávila Munõs e Manoel Junqueira diz

    Olá Daniduc e Carla...adorei conhecer vocês e também o trabalho que vocês fazem.
    Vou resumir minha história: tenho 54 anos moro aqui no Brasil em São Paulo, trabalho com meu marido que é veterinário a 30 anos, ele tem 60 anos....mas estamos cansados de morar em um país que infelizmente não valorizam seus cidadões, estamos pensando em vender nosso ponto comercial (clínica veterinária) e sair do país, tenho passaporte espanhol tendo dupla cidadania e meu marido vai tirar um novo passaporte, não somos jovens, mas temos muita garra e vontade de trabalhar em outro país, dando tudo certo, vair ser no primeiro trimestre de 2011.
    Pensamos em trabalhar até junto c/brasileiros que moram aí, pois ainda não sabemos falar inglês, mas sei que falar inglês não é tão dificil, aprenderemos fácil.
    Obrigada por ler meu email e se possível me responder, parabéns pelo bebê que está a caminho, poderia me candidatar a ser babá?

    • Daniduc diz

      Oi Alice,

      Obrigado pelo seu oferecimento, mas nós não iremos contratar babá para nosso bebê. Espero que dê tudo certo na mudança de vocês!

      Um grande abraço e boa sorte

      Daniel

      • Alice Ávila Munõs e Manoel Junqueira diz

        Obrigada pela sua rápida resposta, esperamos que de tudo certo mesmo e em 2011 estaremos almejando novos horizontes.
        Abraços!!!
        Alice e Manoel

  33. diz

    É sempre bom reler este artigo :)

    E fiquei muito feliz que conseguimos visitá-los em tempo de conhecer a famosa primeira toca dos Ducs em Amsterdam! 😀

  34. Tathiana Bagatini diz

    Tadinha da aranha! Diferente das baratas, elas são bonitos bichinhos merecedores da vida...
    Engraçada a história, pena que não serve muito como dica p/ qdo. formos alugar na CE, acho que vocês pegaram toda a sorte c/ corretores p/ vcs, quem vier atrás na fila dançou! Fico feliz por vcs.
    Abs!

    • Daniduc diz

      Oi Tathi

      A aranha dançou na seleção artificial aqui, tive de disputar a toca com ela (e depois com ratinhos: http://www.ducsamsterdam.net/acho-que-eu-vi-um-ratinho/).

      Mas nah, está cheio de corretores pilantras e engraçadinhos por toda a CE. E o Roy está sempre disposto a ganhar mais uma comissão, só falar com ele. Diz que foi o Daniel que indicou :) (depois ele me paga uma garrafa de vinho)

      Boa sorte!

  35. Andréia diz

    Olás! Desculpem, mas meu comentário não tem a ver com o post... na verdade não estou conseguindo enviar msgs pelo formulário de contato (será imcompatibilidade com Mac?) então resolvi falar por aqui. Estou indo para Amsterdam no dia 7 de setembro, onde vou deixar minhas malas até 4 de outubro, quando vou pegá-las novamente para ir para Londres, onde vou passar um tempo maior. Tenho acompanhado o blog de vocês há um tempo e pensei que talvez pudessem me ajudar com alguma informação sobre onde deixar minhas malas, já que não estou conseguindo essas infos pela internet. Sabem se o Schiphol oferece esse tipo de serviço e quanto cobram por ele? Ou se é comum em hotéis? Qualquer tipo de informação já ajudaria... Obrigada pela atenção e parabéns pelo blog!

  36. Meg diz

    Fazia tempo que nao entrava no ducsamdsterdam.net para apreciar as suas historias !!!
    Dei muita risada com esta historinha. Nao eh facil procurar um lugar para morar, principalmente quando a gente nao tem nenhuma nocao da localizacao. Eu e o Pedro passamos por isso tambem ! Espero que vcs estejam bem por ai !
    Um super beijo para vcs !

    Saudades !
    Meguinha

  37. diz

    Maravilha de história, não tinha lido ainda. Gostei da descrição da casa dos pais. Esses dias substituí uns oito livros que estava na cabeceira (uns lidos, outros meio lidos, outros não lidos) por dois, um do Manuel Bandeira (cronicas, já lido) e outro do Luthero Vargas(filho do Getúlio, lendo). Viajo nos anos 30 e 40, época dos meus pais. E assim vai o tempo.

  38. daniduc diz

    Oi Sheila, é real, Amsterdam está até no nome do site :) Mas ainda não descartamos outras cidades, não, quem sabe pronde o destino levará os Ducs?

    Não conheço Weesp, infelizmente, mas sempre dá pra remediar isso 😉

    Abraços!

  39. Sheila diz

    É mesmo complicado, mas que bom que no final vcs conseguiram um apê legal , Amsterdam tem um charme que é só dela.

    Nós moramos em Weesp, vizinha à A'dam . Mas o que não faltam tb por aqui são as fofinhas ( leia-se aranhooonas) peludas. Agora é época de aparecerem...

    Conhecem Weesp?

    Abraços!!!

  40. daniduc diz

    @Bailandesa:

    aranhas, ratinhos, viver na Holanda é uma aventura 😀 Legal que vc curtiu o post!!!

  41. daniduc diz

    @Marina: coragem, a batalha é dura mesmo, mas tenho certeza de que vai dar tudo certo! Mas qualquer coisa, venham aí! O Linus e a Boo sempre podem usar mais colos pra encher de pêlos, hehehehe.

  42. Vinicius diz

    Entao, estamos nessa etapa agora heheheheh
    Mas ainda tenho algumas duvidas quanto localizacao e preco.
    Preferia nao falar sobre isso por aqui, vou mandar uma msg pela parte de contato, ok?

    Enfim, que bom que vcs conseguiram um bom apartamento, ja me liguei que nao eh coisa facil nem barata, em Adam.

    Abs

  43. diz

    ai, ai Dani e Carla, nem me fala...já passamos por isso e estamos novamente procurando novo cantinho! Tudo tão surreal e cansativo! Tem um canto para nós aí? Hahaha! Bjs!

Trackbacks

  1. Novidade nos museus na Holanda e novas regras de coffeeshops em Amsterdam — Ducs Amsterdam disse:

    [...] opinião de quem mora e já teve problema com coffeeshop vizinho me enchendo o saco: eu sou contra essa lei e acho que a Holanda está fazendo uma grande [...]

  2. [...] Agora, isso é uma mega simplificação (quais as zonas? E se você embarca em uma parada que está na fronteira de zona? E se você desembarca numa fronteira de zona? E se você vai do ponto A ao B de um jeito e volta de outro, varia o número de faixas? E se…), só que já era baderna o suficiente pra mim. No meu, o quê, segundo dia de Amsterdam, eu tinha de ir ao centro. Munido de uma cartela de zonas, prestes a entrar no metrô, perguntei na recepção do hotel (ainda não tinha alugado o apê): [...]

  3. [...] por Daniduc em 18/08/2010 Assim que cheguei para morar em Amsterdam, e portanto minha primeira vez fora do Brasil, a história de que era tudo limpinho foi um dos primeiros mitos sobre o primeiro mundo a cair. Nào que as ruas fosse completamente imundas, mas sim, há lixo. E havia pichações também, como você pode ver na foto que ilustra o artigo sobre como nós alugamos nosso apartamento em Amsterdam. [...]