O melhor guia online sobre Amsterdam, em português” – Estadão

A Holanda e os pães

por Carla Duclos em 10/07/2008

Vlaamsch Broodhuys

No tema gastronomia como era de esperar num post escrito por mim, hehe, vou falar sobre os pães na Holanda.

Não sei vocês, mas eu morria de curiosidade antes de vir pra cá, sobre quais os tipos de pães disponíveis por aqui.

Tomada por um preconceito e influenciada por depoimentos de visitantes dos Estados Unidos, tinha a imagem que pão fora do Brasil era de forma branco industrializado e bagel. Me assustava um pouco pensar em viver apenas com essas opções. Eu achava que pão francês só no Brasil e “será que tem na Holanda?”. Essa imagem de que os EUA apenas tem pão branco industrializado e bagel já começou a mudar, pois já li um relato sobre casas de pães na Califórnia que oferecem uma variedade de pães de alta qualidade. Acabei concluindo que não tenho conhecimento suficiente pra dar pitaco sobre os pães disponíveis nos States, mas após alguns meses de Holanda posso seguramente falar sobre os pães e a cultura sobre eles daqui.

A primeira boa surpresa que tivemos ao chegar foi que tem uma variedade imensa de pães. Encontramos inclusive o pão francês que tanto prezamos no Brasil, em forma de baguete como na França e individual como no nosso país. Com o plus de ainda encontrá-lo facilmente na versão integral. Em São Paulo me lembro apenas do Pão de Açúcar vendendo pão francês integral.

E por falar em integral, essa é a parte mais peculiar da cultura holandesa na área da panificação, os pães integrais são a preferência nacional! SIM, eles adoram (mesmo) pães integrais e estes são largamente disponíveis, nos mais variados formatos e tipos. Curioso também é que nos restaurantes quando você ve um sanduiche descrito no menu, se o tipo de pão não estiver especificado, é alta a probabilidade de que seja o integral, que é o mais comum. Estamos acostumados com o padrão ser o branco e o integral vir especificado, mas aqui é o oposto. Muito frequentemente o integral é o padrão e o branco é que vem especificado.

Além do integral, tem pães brancos de variados tipos também para quem os prefere. E bagel para os aficcionados por ele. Sério, não sei se ouvi falar demais dele e isso criou uma expectativa mais alta do que deveria, mas honestamente, não vi nada de tão especial no tal bagel. Sim, ele é gostoso, mas pra mim é só um pão gostoso no formato de rosca. Tem inclusive uma lanchonete aqui chamada Bagels & Beans (existem outras de bagels também) que é muito boa. Eles vendem diferentes tipos de bagel, o ambiente é super agradável, eu recomendo um café da manhã lá. A Camila pode confirmar. (Provavelmente ela nunca lerá essa citação, desnaturada que é minha querida irmã :P).

Outra curiosidade é que o pão aqui não dura mais que 2 ou 3 dias. Acostumados no passado a comprar um pão integral no supermercado com validade que ia de 01 semana a 10 dias, aqui notamos rapidamente a diferença no tempo de duracão. Os fungos não demoram muito a aparecer, o que pra nos é ótimo sinal. Fora conservantes! :)

Característica já mencionada aqui, relacionada a cultura alimentar e que podemos de certa maneira relacionar a esta abundancia de pães, é o fato de na hora do almoço a tradicão ser comer um sanduiche acompanhado em geral de algum tipo de leite (lembram, eles adoram). Eles não fazem uma refeição como as de costume no Brasil. Tem que variar o sanduiche né? Não dá pra comer o mesmo pão todos os dias. E o seu nível de holandezisse sobe se você levar de casa o seu sanduiche, preparado com o pão do AH, afinal não vai gastar dinheiro a toa na hora do almoço, certo? A gente já falou aqui também que eles são morrinhas.

Ok, tá tá tá, já sei que aí tem um monte de pães, mas onde se compra o pão? Existem padarias?

O pão pode ser adquirdo no supermercado, o de fabricação própria deles e os industrializados, sendo que os de fabricação deles são a maioria e muito bons! Em SP em geral é o contrário, os de fabricação própria são aqueles que a gente compra quando quer economizar.

Além do supermercado, há casas de pães especializadas e lá você vai encontrar pães diversos, fresquinhos e deliciosos. Muitas vezes elas vendem sanduíches e coisas para você comer na hora também. Acaba sendo uma espécie de Casa de Pães / Lanchonete. A que conhecemos vende inclusive todos os pães orgânicos.

Vlaamsch Broodhuys

Tem também as feiras onde comumente se encontra pelo menos uma barraca de pães. A feira dos fazendeiros do Nieuwe Market tem uma barraquinha de paes orgânicos.

Então já sabe, pode ficar tranquilo, que por aqui não falta opção de pão. Tem pra todo gosto. :)

Serviço:

1. Bagels & Beans

Kinkerstraat 110
1053 EC Amsterdam

É uma rede com diversos endereços.

http://www.bagelsbeans.nl/

2 - Casa de pães "Vlaamsch Broodhuys"

Elandsgracht, 122/bg
1016 VB Amsterdam

Também tem diversos endereços na Holanda.

OBS: Nos sites em holandês quando estiver procurando por relação das lojas clique em "Winkels" que significa "Lojas" em holandês.

3 - Feira dos fazendeiros no Nieuwmarket

Localização: Nieuwmarkt (Centro velho de Amsterdam)
Quando: Ano todo, aos Sábados das 09:00 as 17:00

http://goamsterdam.about.com/od/wheretoshopinamsterdam/a/best_markets.htm

4 - Relação de diversos mercados/feiras em Amsterdam.

Mercados/Feiras diversos.

http://www.amsterdam.info/markets/

Carla Duclos, a autora do texto, é administradora de sistemas e mora em Amsterdam desde novembro de 2007. É editora do blog Entre Panelas

Procurando hotel pra sua viagem?

Eu escrevi um artigo com muitas Dicas de hospedagem.

Se você fizer sua reserva através dos links aqui no Ducs, eles repassam uma comissão pra gente. Então é uma forma de retribuir o Ducs em Amsterdam e ainda descolar um lugar legal, ter suporte em português! :) Todo mundo ganha!

Ah... e o Booking lista hotéis no mundo todo! Não precisa ser só em Amsterdam!

Ingressos pra atrações em Amsterdam

Outro jeito bacana de retribuir o Ducs e ainda se dar bem é comprar ingressos online comigo. Assim você evita ficar tomando vento em fila quando você devia estar passeando e dá uma força preciosa.

Dá uma olhada na página de ingressos do Ducs Amsterdam!

Algo a dizer? Manda bala! :)

(Ah, você tem uma dúvida? Leia antes a FAQ. É sério! A maioria das respostas tá lá...)

Você leu a Política de Comentários aqui no Ducs?

Comentários escritos TODO EM CAIXA ALTA não serão aprovados.

Dê lá o seu recado!

Notifique-me de novos comentários via e-mail. Você também pode se inscrever sem comentar.

{ 6 comentários… leia abaixo ou deixe um }

Ivani Ferraz julho 7, 2010 às 16:02

Olá Carla e Dani!

Que legal o blog de vocês, bem escrito. Eu estava procurando algumas receitas típicas da Holanda para fazer aqui em casa (SP), já que o Uruguai foi despachado e resolvemos torcer para a Holanda, mesmo sendo nossos carrascos… hehe
Boa sorte a vocês!
Ivani

Responder

Daniduc julho 8, 2010 às 17:32

Oi Ivani, brigado! :) Dê uma olahda no site da minha esposa, a Carla (http://www.entrepanelas.net), tem várias receitas lá!

Abraço

Responder

daniduc julho 10, 2008 às 21:11

Opa Arturo! Bem-vindo, cara! Legal que você gostou do nosso blogue. Ficamos muito felizes ;) Deixa eu nos apresentar: eu sou o Daniduc, casado com a Carla Duc. Saímos de Sao Paulo em 2007 e viemos morar aqui em Amsterdam. Procuramos, eu e minha esposa, contar causos e dar dicas da nossa vida holandesa aqui no blogue. O que você precisar de dicas fale ai, que o que a gente souber a gente posta. Abraço

Responder

rbp julho 10, 2008 às 20:51

O pão francês branco na Villa Grano, aliás, também é muito gostoso. Bom deixar claro, pros nutricionalmente-corretos ;)

Responder

Arturo Mestanza julho 10, 2008 às 20:44

Cara, adorei teu blog. Vou aproveitar porque realmente estou precisando de dicas sobre Amsterdam e já xeretei aqui e vi que tem várias coisas que podem me ajudar.

Sobre os pães, ontem tive a prova disso. Um saco de pão que estava guardado há 3 dias estava todo mofado. Tive de jogar fora.

Abraços

Responder

Ali Ckel julho 10, 2008 às 18:35

Legal o post :)

No Chile, gostamos muito do pão hallulla (fala-se “aiuia”, porque dois “L” no Chile tem som de “i”). Era um pãozinho simpático, macio e gostoso.

Em Buenos Aires, falava-se muito das tais “media lunas”, os pães em forma de croissant. Todo mundo recomendava e dizia que era delicioso. Achamos nada demais!

Quanto ao tipo de pão, em São Paulo até tem padarias vendendo o pão francês branco e integral. Geralmente, são aquelas padocas maiores ou as chamadas “alternativas”. Na Vila Madalena, a Vila Grano vende e é muito gostoso :)

Responder

Previous post:

Next post: