O melhor guia online sobre Amsterdam, em português” – Estadão

5 cidades legais pra fazer bate e volta perto de Amsterdam

por Daniel Duclos em 16/03/2012

Vou contar um segredo: a Holanda é tipo a bolsa do Gato Félix dos países. É pequena por fora mas tem um mundo por dentro. Tudo compactadinho, muita coisa legal perto umas das outras. Isso aí pra explorar de trem é uma delícia.

Tá, tá, a NS, cia holandesa de trens, pisa na bola com frequência regular, mas ainda assim é fácil de se locomover por aqui.

Se você está em Amsterdam e, por um motivo ou outro, ainda não saiu a bater perna (ou trilho) Holanda afora, vou te dar 5 dicas de cidades muito legais perto de Amsterdam. Vamo aí?

Holanda de trem

Um país pequeno e fácil de viajar de trem :)

 Haarlem

Ah, mal começamos as nossas explorações e já vem o bairrismo holandês. A primeira coisa que ouvi sobre o Haarlem é que ela era muuuuito mais antiga do que Amsterdam e que era a capital da província de Noord-Holland (onde fica Amsterdam), portanto tenho de ouvir os haarlemmers dizendo "vou voltar pra capital" quando eles deixam Amsterdam.

Heh. Ok.

Haarlem na Holanda

Haarlem — Foto © de Guedas, todos os direitos reservados, usada com permissão

(Mais fotos dos Guedas no Flickr deles: http://www.flickr.com/photos/guedas/)

Haarlem é um charme. É, sim, mais antiga do que Amsterdam (nenhuma grande vantagem, Amsterdam é uma lépida e fagueira moça entre as capitais européias, nascida ainda ontem, em 1275).

Pera, você está se perguntando se Haarlem tem a ver com o Harlem de Nova York? Será tudo uma coincidência? Bem, não foi apenas Nova York que foi fundada pelos holandeses: "Nova Haarlem" também foi fundada ali do lado por um holandês. Com o tempo, ficou Harlem, com um a só, e cresceu em um distrito da cidade de NY.

Enfim, sobre a cidade: o centro histórico é muito bonito, com uma imensa igreja (que um dia foi catedral) no Grote Markt e... ah, chega de enrolar e vamos pro que interessa:

Haarlem é um grande centro cervejeiro da Holanda! (E, como vocês sabem, cerveja na Holanda é assunto muito sério.)

O Haarlem já chegou a ter mais de 100 microcervejarias locais. Uma delas quase destruiu a cidade em 1576. Na verdade, quem começou tudo foram mercenários alemães que estavam aquartelados na cervejaria. Aliás, onde mais se aquartelariam mercenários alemães, né?

Bueno, cês calculam que a clássica mistura de cerveja com fogo resulta na clássica cagada de incêndio. E o pior que veio uma galera ajudar a apagar o incêndio na cervejaria (queimar cerveja, que pecado!), mas os alemães disseram "não, imagina, quiéisso, xá comigo que eu resolvo, tá tudo certo. Hic".

O incêndio destruiu um terço da cidade, e, pela gracinha, um dos mercenários foi enforcado no Grote Markt como entretenimento vespertino pros harlemmers que assitiram tudo, presumo, bebendo cerveja.

Jopenkerk

Hoje em dia existem inúmeras cervejarias, mas a que bomba no momento é a Jopenkerk. Sim, um dia foi uma igreja, mas hoje está transformada em cervejaria da Jopen, uma das marcas de cerveja local do Haarlem mais famosas (e gostosas).

(Não fique assim tão espantado, esse reaproveitamento de prédios é comum. Por exemplo, em Maastricht tem uma linda livraria dentro de uma ex-igreja.)

A Jopenkerk tem um café/bar/restaurante e, do meio dia até as três da tarde você pode almoçar lá se quiser. De noite rola mais esquema baladinha. O endereço é Vestestraat 1.

Serviço

Distância de Amsterdam: Cerca de 15 minutos de trem da Centraal

Dicas:

  • Na Catarijnebrug, ponte sobre o rio Spaarne, tem uma bonita vista da cidade, que inclui um moinho de vento.
  • A estação central do Haarlem é histórica e muito bonita. Inclusive, a cena do filme Doze homens e outro segredo na qual eles estão embarcando na central de Amsterdam foi gravada na verdade na central do Haarlem.

Pricipais atrações:

Haia (Den Haag)

A primeira coisa que você deve saber sobre Haia é que ela se considera a capital de fato da Holanda, relegando Amsterdam a uma gigantesca armadilha de turista a céu aberto (ou encoberto, no amistoso clima holandês).

Amsterdam agradece a gentileza com diversos apelidos carinhosos para os habitantes de Haia, como "bastardos esnobes" e outras referências à uma aparente tendência do nariz da população local de apontar para o céu.

Haia na Holanda

"Esnobe? Eu? Audácia! Jarbas, diga pra essa hippie que saia de meu jardim!"

Mas isso é tudo maldade e troca de farpas bairristas, a cidade é muito legal, tem um centro simpático e altamente propício para se fazer compras (cheio de lojas perto umas das outras), tem um montão de lojinhas menores e extremamente charmosas para serem exploradas (algumas te exploram de volta, com preços nada plebeus — mas olhar é sempre de graça).

O centro tem um lance muito legal também: árvores que são tomabadas como patrimônio, e dá pra passear por ele seguindo essas árvores.

Se você curte ler, dá um pulo na Biblioteca Pública de Haia, é bem interessante — e é lá que fica o Tourist Office da cidade, também.

Além disso tem alguns dos museus mais legais da Holanda, como a Mauritshuis, Escher in het Paleis e o impressionante Panorama Mesdag, sem mencionar outros, como o Gemeente Museum.

Na verdade, eu vou te recomendar passar no artigo inteiro sobre o que fazer em Haia.

Serviço

Distância de Amsterdam: cerca de 50 minutos de trem da Centraal

Dicas:

  • O nome da cidade em holandês é Den Haag, procure por esse nome quando estiver embarcando. Porém, se for pedir informação, use o nome em inglês: The Hague. Tentar falar o nome da cidade em holandês, em especial o nome oficial da cidade ('s-Gravenhage) é pedir encrenca.
  • A Mauritshuis vai fechar no dia 28 de abril de 2012 e ficará fechada até 2014! Corra!

Principais atrações:

  • Mauritshuis
  • Escher in het paleis
  • Binnenhof
  • Panorama Mesdag
  • Madurodam
  • Noordeinde

Rotterdam

Rotterdam

Subi no Euromast e dei um bizu em Rotterdam. Linda cidade, de cima ou de baixo.

O bairrismo que começou leve e amistoso nessa lista agora fica mais sério. Rotterdam é a grande birra de Amsterdam e vice versa. Naturalmente a birra vira hostildiade aberta em jogos de futebol: o maior clássico do futebol batavo é Ajax de Amsterdam contra Feyenoord de Rotterdam. O bicho pega e o pau come quando as torcidas se enfrentam.

Apesar de eu ser um amsterdammer de coração, não herdei o bairrismo local, e tenho grande carinho por Rotterdam. É uma cidade diferente do tradicional mix de canal-casa de tijolinho, com uma arquitetura variada, experimental e marcante. Tudo isso iniciado com um evento extremamente trágico.

O bombardeio de 1940

Durante a primeira guerra mundial a Holanda ficou neutra e se safou da maior parte da lambança. "Funcionou uma vez", devem ter pensado os holandeses, "vamos aplicar de novo nessa segunda guerra".

Grande erro.

Quando os alemães invadiram o país, esperavam uma vitória rápida e avassaladora. O verdadeiro alvo era mesmo o Reino Unido, e a Holanda acontecia de estar no caminho dos nazistas. Simples, pensou Hitler, anexemos a Holanda.

E quase foi assim; porém quando as tropas chegaram em Rotterdam encontraram uma resistência ridiculamente inferiorizada em termos de armas e pessoal, mas ferozmente encastelada atrás do rio.

"Não passarão", gritou Rotterdam pros nazistas, e sentou o dedo no fuzil. Por dias.

Cês calculam que o Führer não ficou contente com o atraso e mandou um "acaba logo com isso" pros seus generais. Já levou prensa de chefe? Imagina se o chefe é Hitler. Os generais sairiam quicando e ameaçaram Rotterdam com um ultimato: rendição incondicional ou bombardeamento completo a partir do ar. Tipo, aniquilação brutal. Morte aérea. O que vai ser? Hm?

Quando Rotterdam estava negociando a rendição, subiram no horizonte os bombardeiros alemães que despejara uma quantidade abismal de explosivos e transformaram o centro de Rotterdam no maior terreno baldio da história.

Foi uma tragédia lastimável, e os alemães envolvidos se defenderam depois da Guerra dizendo que foi na realidade um erro de comunicação, tudo não passou de um terrível engano e tal e coisa.

Rotterdam

Estátua memorial ao bombardeio. Na foto não dá pra ver, mas o coração dela está vazado. O "erro de comunicação" nazista foi meio traumático.

De todas as formas, o bombardeio assustou o resto da Holanda, que se rendeu na hora e a invasão da Holanda chegou ao fim. Exatamente como queria Hitler, convenientemente.

Consequências do bombardeio na Rotterdam  de hoje

As conseqüência pra história foram muitas (desencadeou, por exemplo, a Guerra Total entre Aliados e Eixo, e alvos civis passaram a ser considerados válidos por ambos os lados), mas pra cidade hoje teve um um efeito que mostra bem a capacidade de superação do ser humano:

Confrontados com todo aquele espaço vazio, Rotterdam foi reerguida com diversos experimentos arquitetônicos, criando um dos mais interessantes perfis de cidade da Holanda — talvez do mundo. Rotterdam virou a cidade da arquitetura, e tem um apelo moderno e até futurista em alguns pontos.

Rotterdam

Bem, às vezes futurismo dos anos 50. Essas são as casas cubo de Rotterdam.

Rotterdam

Esses prédios estão bem na frente da Central, e mudam de cor de acordo com o céu.

Rotterdam

Não tem só prédio, tem parques bonitos também. Esse se chama "parque".

Serviço

Distância de Amsterdam: cerca de 1 hora de trem da Centraal (se você pegar o Fyra, trem de alta velocidade, que é um pouco mais caro, a viagem é de apenas 40 minutos)

Dicas:

  • A estação central de Rotterdam está em obras e um pouco confusa agora. Fique calmo e você se acha :)
  • Hã, eu evitaria usar camiseta do Ajax quando for conhecer Rotterdam
  • Dizem que as baladas da cidade são ótimas — eu não saberia dizer, nunca fui. Minhas baladas são mais embaladas de bercinho, hoje em dia.

Principais atrações:

  • Erasmusbrug (ponte Erasmus)
  • Euromast (ponto mais alto da Holanda, é uma torre)
  • Het park (um parque chamado "o parque", original)
  • Casas-cubo (é rapidinho, mas pode ser curioso)
  • Andar pela beira do Rio
  • Kunsthal
  • Blijdorp (Zoo de Rotterdam)

Gouda

Se fosse só pelo queijo, Gouda (que, ahã, fica na Holanda. Eu também não sabia) estaria com sua existência plenamente justificada. Mas em Gouda nasceu ainda outra contribuição pra um mundo melhor: o stroopwafel.

Você manja, né? O waffle com caramelo no meio, uma delícia pra se comer com café...

Stroopwafel

Desculpa, eu desconcentrei um segundo...

Gouda é uma cidade pequena e muito charmosa, com bastante história e... ah quem eu estou querendo enganar? Os stroopwafels de Gouda são sensacionais! Feitos na hora, grandes, comidos quentinhos e caramelentos, nada a ver com a versão do supermercado. Coma um.

Ou dois.

E aí saia pra conhecer a cidade, munch, muncheando pelas ruículas.

O centro histórico é convenientemente perto da estação e passei um agradável dia de inverno em Gouda (que, aliás, pronuncia-se rráuda no simpático linguajar batavo).

Contei aqui nossa aventura e as dicas de Gouda, dá uma lida.

Gouda

Antiga prefeitura de Gouda

Gouda - Vitrais de Sint Janskerk

Vitrais de Sint Janskerk

 

Serviço

Distância de Amsterdam: cerca de uma hora de trem da Centraal

Dicas:

  • A estação central de Gouda foi destruída pelos britânicos durante a segunda guerra e dizem que dá pra vestígios do bombardeio nas plataformas 3 e 5
  • Do meio de junho até agosto rola toda quinta-feira de manhã a feira de queijos de Gouda. Dizem que é gordamente legal (eu não fui)
  • Na lateral do prédio da antiga prefeitura tem um relógio que a cada hora cheia e meia hora toca com uma apresentação de bonequinhos

Principais atrações:

  • Grote Markt e prédios antigos, como a prefeitura
  • Vitrais da Sint Janskerk
  • Stroopwafel!
  • Centro histórico

Utrecht

O que mais gosto de Utrecht é que nunca sei o que vou encontrar.

Utrecht

"Ah, Amsterdam é a Veneza do Norte, é? Truuuco!"

O centro histórico é uma graça, com os canais abaixo do nível da rua... bem, mais abaixo, quero dizer. Quando você ver, vai entender. De toda a forma, você não corre risco de se perder no centro de Utrecht porque ele é dominado pela imponente vista da gigantesca Domtoren.

A Domtoren

Utrecht

Olhou pra cima, achou!

Toren quer dizer torre, e a Domtoren é uma imensa de uma torre (112 metros!). O curioso é que houve uma época em que ela foi parte da catedral de Utrecht.

Aliás, você sabe o que é uma catedral? Não é, necessariamente, uma igreja grande. É uma igreja que é sede de um bispado. O bispo tem na catedral seu assento, ou trono (em latim, catedra, e daí o nome).

Catedrais são impressionantes, mas também são projetos longos, e antes que essa pudesse ser terminada, rolou um monte de coisas — por exemplo, ela foi transformada em igreja protestante. Protestantes, você sabe, não ligam tanto pra catedrais, e a construção ficou meio que paralisada, eternamente esperando verbas, até que uma tempestade pôs a nave abaixo, separando a imponente torre do resto.

Os protestantes se entre olharam e disseram: "Putz, que estrago. E aí, vamos arrumar?"

"Nhééé, deixa assim".

E assim ficou: uma torre separada do resto da igreja por uma praça que um dia foi uma nave.

Utrecht

A outra parte

 

Dá pra subir na Domtorem em uma visita monitorada por módicos €9,00 (ingressos à venda no VVV, na esquina) e um quase infarto se você não está em boa forma. É, não sei se já mencionei, bem alto.

Utrecht

Dizem que num dia limpo dá pra ver Amsterdam. Aconselho esperar sentado por esse dia. Enquanto isso, aprecie a vista de Utrecht mesmo, que é bem legal.

Canais

Utrecht

Uma coisa legal do centro de Utrecht são os canais rebaixados do nível da rua. Você pode descer lá e sentar em um restaurante ou barzinho que hoje habitam os antigos armazéns entocados ao longo do canal. No inverno ou no verão, é bem gezellig.

(Gezellig é intraduzível: algo como ter uma sensação agradável de conforto , mas na alma, não física, embora a física ajude.)

Dá também pra fazer um tour pelo canal, como em Amsterdam. Mas eu confesso que não gostei muito quando fiz. Foi assim:

Eu cheguei e só tinha eu e mais duas gurias pro barco todo. O capitão perguntou: "English or Dutch?"

Eu havia acabado de chegar na Holanda, tinha dois meses, falava picas de holandês. Respondo "English, please" ao mesmo tempo que as duas gurias disseram "Nederlands!" (Holandês).

Pro meu azar as gurias eram muito bonitas, e capitão passou o tour inteiro alternado longas e elaboradas frases que soavam como Klingon pra mim, recebendo cúmplices risadinhas das gurias, todos se divertindo muito num longo colóquio em holandês que era interrompido a cada 10 minutos por uma frase em inglês:

- A sua direita, a prefeitura.

Seguida de mais 10 minutos de diversão daniduc-excludente em Klingon. Valeu, capitão! Curti horrores.

Mas, insisto, os restaurantes e barzinhos são bem legais.

Serviço

Distância de Amsterdam: cerca 30 minutos de trem da Centraal

Dicas:

  • Do V&D La Place da estação central tem-se uma linda vista de Utrecht, incluindo a Domtoren. E ainda dá pra almoçar super em conta lá!
  • O centro ao redor da estação central está em obras, mas vai valer a pena: eventualmente irão se livrar do horrendo shopping center anexo à estação central.

Principais atrações:

  • Domtoren
  • Canais do centro, especialmente Ouder gracht
  • Dick Bruna huis, a casa do criador da simpática coelhinha Nijntje
  • Museum Catharijneconvent

E que mais?

Ué, já acabou? E cadê Volendam? E Leiden? E Delft, poxa, Delft! E...

Calma, calma — como eu disse an introdução, a Holanda é tulhada de coisas pra ver e cidades pra explorar. Não arranhei sequer a superfície — aliás, cada uma das cidades aqui irá mercer seu próprio artigo. Gouda e Haia já ganharam, mas os outros também virão.

Enquanto isso, conta pra mim nos comentários que cidade holandesa e que atrações imperdíveis eu injustamente deixei de fora desse artigo!

Referências

  • http://www.museautrecht.nl/en/
  • http://www.domtoren.nl/
  • http://www.jopen.nl/jopenkerk
  • http://en.wikipedia.org/wiki/Battle_of_Rotterdam
  • http://en.wikipedia.org/wiki/Rotterdam_Blitz
  • http://en.wikipedia.org/wiki/Haarlem
  • Lonely Planet The Netherlands 3rd edition
  • http://en.wikipedia.org/wiki/Domtoren

Artigo dedicado aos Guedas

Daniel Duclos (Daniduc), é um brazuca que mora na Holanda com a esposa, também brasileira, desde novembro de 2007. Criou o Ducs Amsterdam, o qual escreve, fotografa e edita. Em 2011 lançou um guia de Amsterdam e virou pai de uma linda garotinha, com quem redescobre o mundo todos os dias.

Procurando hotel pra sua viagem?

Eu escrevi um artigo com muitas Dicas de hospedagem.

Se você fizer sua reserva através dos links aqui no Ducs, eles repassam uma comissão pra gente. Então é uma forma de retribuir o Ducs em Amsterdam e ainda descolar um lugar legal, ter suporte em português! :) Todo mundo ganha!

Ah... e o Booking lista hotéis no mundo todo! Não precisa ser só em Amsterdam!

Ingressos pra atrações em Amsterdam

Outro jeito bacana de retribuir o Ducs e ainda se dar bem é comprar ingressos online comigo. Assim você evita ficar tomando vento em fila quando você devia estar passeando e dá uma força preciosa.

Dá uma olhada na página de ingressos do Ducs Amsterdam!

Algo a dizer? Manda bala! :)

(Ah, você tem uma dúvida? Leia antes a FAQ. É sério! A maioria das respostas tá lá...)

Você leu a Política de Comentários aqui no Ducs?

Comentários escritos TODO EM CAIXA ALTA não serão aprovados.

Dê lá o seu recado!

Notifique-me de novos comentários via e-mail. Você também pode se inscrever sem comentar.

{ 214 comentários… leia abaixo ou deixe um }

Danielle julho 10, 2014 às 20:33

Ducs!!! Help me! As vezes sou meio tapada…. Não achei o post sobre Delf e as outras cidades. Se você tiver me passa? Obrigada ^^

Responder

Daniel Duclos julho 15, 2014 às 21:45

Oi Danielle, ainda não foi publicado :(

Responder

Danielle julho 15, 2014 às 22:00

Isso explica muita coisa hehehehe

Fico no aguardo ;)

Responder

Ana Clara junho 2, 2014 às 21:19

Se eu tiver na Holanda eu posso ir para algum país de carro? Se sim, quais?

Responder

Daniel Duclos junho 2, 2014 às 21:31

Sim, dá. Os países de fronteira são Bélgica, Alemanha e Reino Unido (via balsa), mas dependendo da sua disposição de dirigir, a Europa é o seu limite…

Responder

Leandro maio 21, 2014 às 15:39

Olá Daniel, bom dia:

Me dê uma dica… é fácil chegar de trem até a cidade de Uden, saindo de Amsterdam??? Como faço? Tem alguma dica?

Responder

Daniel Duclos maio 21, 2014 às 15:48

Não tem trem direto pra lá, tem que pegar trem pra Nijmegen e de lá ônibus. Eu usei o Google Maps pra ver isso, ele dá várias sugestões de rotas. Saca só: http://goo.gl/maps/EJqNP

Essa FAQ fala mais como descobrir ir de um lugar pra outro na Holanda: http://www.ducsamsterdam.net/faq-perguntas-e-respostas/como-faco-pra-chegar-ate-meu-hotel-como-faco-pra-ir-para-uma-atracao-na-holanda-de-transporte-publico/

Responder

Jani maio 11, 2014 às 03:13

ri muuuuuuito desse post!

Responder

Iara maio 7, 2014 às 00:29

Para mim a cidade mais bonita da Holanda é Breda. :3 Apesar de eu nunca tenha lá estado, com muita pena minha. :-( ( sei k e bonita porque vi fotos no google e comparei com outras cidades holandesas e sinto que tenho grande ligacao com a cidade nao sei porque… ) Sou portuguesa e espero emigrar para lá daqui a 3/6 anos. Podiame contar mais sobre a cidade de Breda? Gostei muito do seu blog, continue assim! Vc ajuda muitos futuros emigrantes, como eu, com as suas dicas assim ja sabemos com o que vamos poder contar por lá :-)

Responder

Daniel Duclos maio 7, 2014 às 21:05

Oi Iara, sugestão anotada. Boa sorte e um abraço

Responder

Renata Ribeiro abril 15, 2014 às 19:28

Olá, tudo bem?
Estou indo para Amsterdam no dia 30/04 e fico até dia 04/05/2014. Estou com muita dificuldade de encontrar hotel. Você tem alguma sugestão de bairros mais afastados do centro que são boas opçoes para hospedagem.
Aguardo seu contato.

Renata Ribeiro

Responder

Daniel Duclos abril 16, 2014 às 21:58

Lugares perto de metrô funcionam bem.

Responder

Sonia abril 11, 2014 às 18:29

Olá, tudo bem?
Estamos indo na época da Páscoa. Temos duas meninas pequenas e gostaria de ter dicas para divertir na Holanda. Moramos da Alemanha. Ficarei feliz com suas informações. Obrigada.

Responder

Daniel Duclos abril 16, 2014 às 21:41
tereza abril 9, 2014 às 17:07

Olá, tudo bem?
Em julho vou a Amsterdam, gostaria de conhecer Haarlen e Lieden.
A dúvida é: tem trem entre as duas cidades? Na viagem de trem dá ver as plantações de flores, (sei que nessas época as tulipas já eram..), tem paisagens interessantes…

Outra: Tem trem para Edam, Volendam e Marken? Qual transporte é o melhor e que roteiro…?
Aguardo e obrigada.
Tereza Paulos

Responder

Daniel Duclos abril 10, 2014 às 18:57

Daria rpa ver os campos, mas como vocÊ disse, nessa épcoa eles estão vazios. Eu gosto muito do Haarlem.

Para Edam, Voledam e Marken o melhor é ônibus. veja aqui: http://www.ducsamsterdam.net/fim-de-semana-edam-volendam/

Responder

Claudia Faria março 29, 2014 às 05:27

Olá!
Em agosto vou para Amsterdã e terei 2 dias inteiros para conhecer algumas cidades próximas. Alguma sugestão? Como seria melhor montar esse roteiro? Obrigada, Claudia

Responder

Daniel Duclos março 29, 2014 às 12:17

Claudia, eu tnho essas 5 sugestões do post :) Além delas, tem Zaanse Schans: http://www.ducsamsterdam.net/onde-ver-moinhos-perto-amsterdam-zaanse-schans-tipica-holanda/

Responder

Raquel março 22, 2014 às 21:26

Só tenho uma coisa a dizer (antes de pedir sugestões): um achado esse seu site! Enquanto leio já me sinto viajando..estou me programando para viajar por 10 dias (excluídos os dias de chegada e partida). Inicialmente tinha pensando em ficar 6 dias em Amsterdãm e 4 em Bruxelas..em Amsterdãm tinha pensado em explorá-la por 3 ou 4 dias e tirar os demais dias para conhecer outras cidades…sei que não dá para vc fazer o roteiro por mim, afinal, cada um sabe aquilo que mais lhe agrada. Mas, será que as demais cidades justificariam eu ficar os 10 dias só na Holanda? Todas as cidades que vc falou parecem encantadoras! Mas tinha pensado em ir para Bruxelas para ficar para conhecer a própria cidade e, também, Bruges e algumas outras cidades..mas agora…”meu mundo caiu”..rs…é tanto para conhecer em tão pouco tempo…sei lá….acho que falei demais..mas enfim, vc acha que a Holanda tem coisa suficiente para rechear os meus 10 dias? E, se sim, posso usar Amsterdãm como base em todos os lugares ou para Maastricht (acho que escrevi errado) seria melhor me hospedar lá? E mais, pretendo ficar naquele Hostel que vc mencionou como um dos mais baladados (não me lembro do adjetivo que vc deu) o pig..ele fica bem perto da estação central, que é a que vc indica como base para todas as viagens? desculpa as mil perguntas…

Responder

Daniel Duclos março 23, 2014 às 17:46

Raquel, acho seja o que você escolher você vai acertar, sério mesmo. Eu tô na Holanda há 7 anos e ainda tem coisa legal pra eu ver. Mas se quiser ir pra Bruxelas, Bruges, vai ser legal também… Se escolher ficar na Holanda, eu usaria Amsterdam de base mesmo. Abs

Responder

Raul março 17, 2014 às 19:50

Daniel!
Parabens pelo blog,Fantastico!!
Devo fazer essas cidades em Maio,suas dicas muito esclarecedoras.
Duvida:
De Roterdã para Amsterdã exitem 2 opções:
1-via Haia -Haarlen ou
2-via Ultrech é isso?significa que eu tenho que escolher uma das opções se quiser chegar em Amsterdã no mesmo dia? se sim qual vc acharia mais interessante do ponto de vista de paisagem,passeios,cervejarias,etc…

Um grande abraço e Parabéns novamente.

Responder

Daniel Duclos março 23, 2014 às 17:16

Vish, raul, Rotterdam é uma hora de trem, não tem nada de especial, pega o próximo trem que sair que você chega facinho. Abraço

Responder

Pericles março 12, 2014 às 01:35

Daniel, esse seu blog ou guia de cidades próximas a Amsterdã e incrível, definitivo! Fiquei com vontade de conhecer todas. Sem contar que é muito divertido, ri alto aqui com “Aliás, onde mais se aquartelariam mercenários alemães, né?” hehehe.
Estou planejando uma viagem para a Europa para agosto ou setembro, tendo a Holanda como um dos países a visitar. Pensava em ficar uns 3 dias no máximo, mas depois de ler seu relato vai ser difícil escolher onde ir em tão pouco tempo. Talvez eu “roube” um dia de outro país para ficar mais por aí…
Parabéns e um abraço!

Responder

Mayra março 6, 2014 às 18:24

Oi Daniel, tudo bem? Parabéns pelo blog….

Sei que você tem maiores detalhesm sobre Hoanda, mas estou planejando uma viagem para Europa no segundo semestre e quero presentear meu marido com ingressos para a F1 na Bélgica. Tenho procurado em alguns blogs se é possível ficar hospedado em Bruxelas e ir de trem para Spa nos dois dias (sábado e domingo) da corrida. Você sabe se existe algum transporte que faz esse percurso e quanto tempo leva? Outra alternativa seria ficar hospedado em outra cidade mais próxima. Alguma dica de onde poderia ser?

Muito obrigada,
Abs,
Mayra

Responder

Daniel Duclos março 10, 2014 às 15:51

Mayra, Bélgica não é muito minha especialidade, só passei por Spa por um par de horas em meio a uma road trip mais de 3 anos atrás…

Responder

Marcos março 6, 2014 às 02:56

Olá,

Entre Delft e Haarlem, qual seria a SUA favorita? Poderia fazer uma comparação entre as duas? Planejo uma visita de meio dia ao Keukenhof, emendando numa visita a uma das duas, me parece que ambas são próximas o suficiente do parque.

Abs.

Responder

Daniel Duclos março 6, 2014 às 21:19

É o Haarlem, talvez port er amigos que moram lá. Mas Delft é demais também. Se tirar no cara ou coroa, não vai errar.

Responder

Marlene Paludo fevereiro 23, 2014 às 00:42

Ola Daniel e cia.Eu e meu esposo planejamos ir morar fora do Brasil um tempo.Aqui no Brasil a coisa ta ficando precária para se viver e com a proximidade da copa pensamos que com certeza vai piorar.Temos uma filha e queremos o melhor para ela.Pensamos em ir ao Uruguai, pois ele já possui família por lá e tudo o mais, mas queria muito morar em uma cidade pequena da Europa.Duvidas:Como é viver na Holanda?Clima? trabalho?Como os Brasileiros são bem vindos?De maneira geral sua opinião é boa a ideia de escolher a Holanda para morar?Campo de trabalho considerando que quem quer trabalhar sempre tem onde? Nosso ramo é Tecnologia da Informação.
Abraços e muito bom seu Blog

Responder

Daniel Duclos fevereiro 24, 2014 às 20:56

MArlene, suas perguntas são muito amplas pra eu te dar uma resposta. Eu adoro morar na Holanda, tanto que aqui estou há, o quê, sete anos já! Tive e temos os nossos perrengues, tem os prós e os contras, mas eu gosto. Sobre as vantagens e desvantagens de morar fora, eu escrevi aqui: http://www.ducsamsterdam.net/vantagens-desvantagens-morar-fora/

Responder

maria helena fevereiro 19, 2014 às 19:41

Parabéns!
Dicas fantásticas!
Daniel, estou programando ir a Amsterdã em final de abril e, um dos lugares que gostaria de conhecer é Maastricht.
O que poderias me dizer a respeito?
Abraços

Responder

Daniel Duclos fevereiro 24, 2014 às 20:30

Posso dizer que é uma lidna cidade, tem uma linda livraria em uma igreja (postei no Ducs sobre ela) e que é um pouco longe de Amsterdam (2h30 de trem, mais ou menos).

Responder

Ana Paula fevereiro 11, 2014 às 03:30

Oi Daniel, estou indo passar 4 dias em Amsterdã com marido e primos e fiquei interessada no seu guia, citado na sua descrição. Vc disponibiliza ele digitalmente ou vende. Adoro esses guias de pessoas comuns que viajaram pro local e contam suas experiências. Muito legal seu blog. Parabéns! Adorei suas dicas. Vontade de conhecer todas essas cidades.

Responder

Daniel Duclos fevereiro 11, 2014 às 21:15

Oi Ana Paula, o guia é um arquivo digital vendido através aqui do blog, no http://www.ducsamsterdam.net/guia. Logo após a compra, ele fica disponível pra download. Abraços

Responder

lena dourado fevereiro 10, 2014 às 21:49

Olá Daniel!
Amei o site! Ajuda muittoo!!!
Estou viajando p Amsterdam no início de março. Vou fkr no hotel Van Gogh. Esse eh o segundo ano q vou. Então, gostaria de saber se tem outras cidades perto daí c neve nessa época. E q dê p visitar. Obrigada! E Parabéns pelo site. Lena

Responder

Daniel Duclos fevereiro 11, 2014 às 21:17

Lena, as outras existem diversas outras cidades, eu recomendei 5 nesse artigo. Neve é imprevisível. Veja essa FAQ: http://www.ducsamsterdam.net/faq-perguntas-e-respostas/vai-estar-nevando-quando-eu-visitar-amsterdam-no-dia-xis-de-inverno/

Responder

Ana Paula fevereiro 10, 2014 às 19:42

Olá, Daniel
Estarei em Amsterdam em Abril com meu marido e vamos conhecer o parque Keukenhof. Pensamos em ficar hospedados em uma cidade próxima para fazer o passeio em dois dias:
dia 1 – Caminhar pelo parque e tirar fotos (dormir no hotel)
dia 2 – Alugar bike no parque e passear pela região próxima
Estou na dúvida se devo dormir por lá também na segunda noite ou se devo voltar à tarde no trem para Amsterdam e curtir mais uma noite por lá…
Também fico pensando se Haarlem seria uma boa cidade para estar neste passeio por Keukenhof ou se haveria opção melhor…
Gostaríamos de um hotel que fosse também um lugar para relaxar, fazer uma sauna, tipo uma pausa na programação.
O que você acha?
Se puder enviar a resposta para meu email ou sinalizar pelo email que a resposta está aqui, agradeço!
Grande abraço.

Responder

Daniel Duclos fevereiro 11, 2014 às 21:21

A cidade mais próxima de Keukenhof é Lisse, dizem ser muito bonita, mas eu nunca fui. O Haarlem é muito legal, gosto bastante, como se vê no artigo. Não tenho recomendações de hotel.

Responder

Ana Paula fevereiro 11, 2014 às 23:48

Obrigada, Daniel! Abusando um pouco mais da sua boa vontade, de Haarlem para o Keukenhof é possível ir de bike? Lisse é uma cidade que vale a pena conhecer ou se hospedar?
Resolvi ficar só uma noite nessa região para aproveitar mais noites em Amsterdam. A região da Rembrandt Square é uma boa opção para hospedagem? Também estou vendo um hotel (mas bem mais caro) na região da Singel com a Wolvenstraat…

Responder

Milena fevereiro 3, 2014 às 21:23

Daniel seu blog é uma “joia rara” pra quem deseja visitar Amsterdam!!! Muito rico em detalhes!!!PARABÉNS!!! Estou planejando passar 5 noites lá e muitos me falaram que era muito tempo,mas pelo seu blog descobri que será delicioso!!!

Responder

Daniel Duclos fevereiro 11, 2014 às 23:02

Oi Milena, obrigado! Eu to em Amsterdam há 7 anos e ainda acho que é pouco hahaha. Boa viagem! Abraços

Responder

inah mara almeida janeiro 27, 2014 às 18:32

duclos estou indo com marido e filhos agora mo inicio de março. alguma coisa interessante tipo show , bale algo imperdivel/ nesta época é muito frio imagino então queremos andar de bicicleta mas tenho um filho obeso tipo grande mesmo(1.80) o que recomendas alugar pra ele aqueles motorizados ? pensei aquela bicicletas da segunda guerra com passageiro do lado tem ai? no mais me conta vc é parente de luis carlos duclos de uruguaiana?

Responder

Daniel Duclos fevereiro 11, 2014 às 23:36

Oi Inah, eu nunca vi essa bike com sidecar tipo 2a guerra aqui. Bike elétrica tem, mas eu nunca andei. Por outro lado, Amsterdam é razoavelmente plana, de repente rola uma pedalada… Sim, ele é meu tio. Abraços

Responder

Natan janeiro 18, 2014 às 12:44

ÓTIMAS DICAS !!
Vamos fazer um tour pela Holanda em Março. Alguma cidade do norte que você indica ?
Obrgiado !

Responder

Daniel Duclos fevereiro 11, 2014 às 23:58

Eu tive muitas aventuras em Groningen….

Responder

Tiago janeiro 13, 2014 às 13:33

Daniel, primeiro parabéns pelo site!
Realmente muito esclarecedor. Cansado da confusão do Rio de Janeiro, passarei eu e minha noiva o carnaval adivinhe onde?
Pois é, terei cinco dias para relaxar no friozinho de Amsterdan, passando por Rotterdan, Utrecht, Haia e Haarlem.
Acha viável ou melhor enxugar meu roteiro? Intenção é acordar bem cedo pra fazer o dia render…outra dúvida: Comprar ou não o i amsterdan card? Muito obrigado e, novamente, parabéns!
Um abraço.

Responder

Daniel Duclos janeiro 13, 2014 às 20:48

Oi Tiago, acho que sim, é viável. MAs eu chuto que em fevereiro vai estar bem mais rpa friozão do que friozinho… abraços

Responder

Gustavo janeiro 10, 2014 às 04:30

Boa noite, Daniel.
Farei uma viagem com a minha família em abril e pretendo passar pela Holanda, Bélgica, Luxemburgo e Suíça. Serão 17 dias de viagem.
A chegada será em Amsterdã.
Diante disso, gostaria de sua opinião sobre os seguintes pontos:
1. Qual o tempo sugerido para que sejam vistos os “melhores momentos” de Amsterdã? 2 dias e meio é o suficiente?
2. É imperdível a visita ao keukenhof? Caso positivo, um turno é o suficiente?
3. Pretendo fazer compras em Roermond. Essa cidade dispõe de local confortável para hospedagem, ou você recomenda a hospedagem em cidades próximas, como Maastrich?
Agradeço a sua atenção e conto com a sua ajuda.
Obrigado!

Responder

Daniel Duclos janeiro 13, 2014 às 20:52

1. Depende de você, seu ritmo e estilo. Em geral eu recomendo 3 dias, mas dá pra fazer em 2,5, claro.
2. É muito bonito. Dá pra ver em meio dia
3. Eu nunca fui, então não saberia dizer

Responder

Mariana janeiro 8, 2014 às 00:50

Oi Daniel,
Estou planejando uma viagem para Amsterdam no início de maio, e como é primavera, gostaria de ir a Keukenhof. Mas não encontro em lugar nenhum – nem mesmo na página oficial deles – informaçoes práticas sobre como chegar e sobre o passeio em si. Sabe me informar qual é a melhor forma de ir e o tempo do trajeto até lá? É um passeio de um dia ou de meio dia?
Obrigada!

Responder

Daniel Duclos janeiro 8, 2014 às 20:21

O melhor a fazer é ir até o Schiphol (aeroporto) de trem e de lá pegar o ônibus especial que vai pro Keukenhof (há placas orientando onde pegar). É possível fazer em meio período, mas se preferir há o suficiente pra ver para passar o dia todo.

Responder

Giullianno Dossi De Biasi dezembro 29, 2013 às 01:33

Boa noite Ducs!!!….gostaria da sua opinião sobre a cidade de Lisse pois minha namorada esta fazendo um MBA em uma empresa que mexe com tulipas no que se refere a fertilização,genetica e etc…no caso ela iria ficar 3 meses e agora em fevereiro de 2014 fara um ano que ela esta la!!! e a empresa resolveu “dar” uma casa pra ela pois ate então ela esta hospedada em casa de famila….falando com ela esses dias,ela me falou que no final de janeiro ela se muda e dai me deu vontade de viajar pra Amsterdam em meados do dia 15 de fevereiro e ficar ate 15 de março e pesquisando preços de passagens de voos diretos achei uma barbada no site da KLM que esta com um preço de U$1032,50 ou R$2435(divididos em ate 4x no cartão) ja incluidos impostos,taxas e encargos.Ao seu ver,vale uma viagem nessa epoca do ano (baixa temporada,com frio e neve)?…e o preço,esta realmente uma barbada?….desde ja lhe agradeço se puder me ajudar com suas MEGADUCSDICAS!!!—>Grande Abraço!!!.

Responder

Daniel Duclos dezembro 29, 2013 às 12:29

Sou suspeito: eu sempre acho que vale a pena viajar, e já fui pra Berlim em janeiro com menos 7 e Praga com menos 5 e… Eu gosto e eu viria (e viria de novo em outras épocas também) :)

Responder

Paula dezembro 18, 2013 às 01:41

Oi Ducs!
Faz um bom tempo que acompanho o blog e digo que tem sido bastante útil para mim.
Estou indo passar o reveillon na Holanda (eu sei, muitos fogos. :) ) e por uma série de imprevistos ainda não reservei o hotel (nem comento). Acontece que chegaremos no aeroporto de Amsterdam e nas minhas pesquisas vi que Utrecht se encontra a apenas 30 min da capital. Como Utrecht já estava no nosso roteiro pensei em reservar o hotel em Utrecht perto da central station (metade do preço de Amsterdam) e ficar nela como cidade base. Qual sua opinião? Acha viável?

Responder

Daniel Duclos dezembro 18, 2013 às 20:57

Viável? Eu acho :) Além do quê, Utrecht é muito legal.

Responder

Milene F. dezembro 14, 2013 às 15:50

Olá! Parabéns pelo blog!
Vou ficar 5 dias na Holanda, pretendo 4 em Amsterdam e 1 em Haarlem, minha pergunta é: 1 dia em Haarlem dá? Não gosto de roteiros corridos, quero sair de lá com a sensação de ter conhecido o lugar!

Outra coisa, e Keukenhof, vale a pena colocar no roteiro também? Vou em fevereiro, então não sei como vai ser. Li por aí também que não precisa ir até lá para conhecer campos de tulipas, o que você sugere?

Obrigada desde já!
Beijos

Responder

Daniel Duclos dezembro 17, 2013 às 21:42

Milene, um dia dá pra ver bastante coisa no haarlem sim. Em fevereiro o keukenhof estará fechado, ele abre somente de fim de março a fim de maio.

Responder

Lila dezembro 11, 2013 às 17:19

Olá Daniel,
Adorei conhecer o blog por todas as dicas e fiquei com mais vontade ainda de conhecer a Holanda. Para fazer um tour por essas 5 cidades chegando e saindo de Eindhoven (indo do Porto, Portugal), qual o melhor roteiro? Um dia em cada uma dessas cidades é suficiente? Qual a melhor maneira de ir de uma para a outra?
Obrigada desde ja, sei q são muitas perguntas…

Responder

Daniel Duclos dezembro 17, 2013 às 21:54

Oi Lila, em geral um dia dá sim. É simples ir de trem por elas então é uma questão e pegar o trem e ir. Abraços

Responder

Ernesto Plentz novembro 26, 2013 às 18:16

Oi Daniel.Tudo bem.
Eu estive 5 meses morando e estudando na cidade de Waalwik
em 1976.Não tive mais oportunidade de visitá-la.Neste anos ocorreu muitas mudanças ou continua na mesma.
Um abraço.
Ernesto

Responder

Daniel Duclos dezembro 1, 2013 às 13:17

Ernesto, essa é uma pergunta que eu realmente não saberia dizer, não tendo visitado a cidade. Abraços

Responder

Juliana Cleto outubro 30, 2013 às 01:52

Olá, Daniel? Tudo bem?
Primeiramente, gostaria de parabenizá-lo pelo blog! Devo admitir que passei algumas horas do dia lendo incessantemente, de verdade! Acho muito bom o fato de você desconstruir certas fantasias dos brasileiros em relação à Europa em geral. Eu, particularmente, fui só a passeio, mas algumas mudanças estão se operando na minha vida.
Tenho 22 anos, estou terminando o curso de Direito neste ano e surgiu uma oportunidade de bolsa de mestrado em Maastricht. É apenas uma chance, ainda estou mandando diversos documentos que eles pedem, pagando taxa de matrícula etc, para correr o risco de não ganhar a bolsa. Mas tudo na vida é um risco.
Enfim, caso tudo dê certo, meu curso começa em setembro/2014, e eu já estou meio desesperada tentando aprender um pouquinho de holandês, vendo acomodação etc. Pelo que vi no seu blog, você passou pouco tempo em Maastricht, né? Então sei que não poderá dar opiniões muito detalhadas sobre o lugar. Mas sobre a Holanda em geral, talvez já me ajude um pouco!
Chegando em Maastricht, pretendo ficar em uma casa de família (vi algumas no site homestaybooking.com), o que custaria aproximadamente 1.200 dólares/mês. Vi alguns apartamentos/flats/studios, o que giram em torno de 500 euros/mês. Acredito que não seja uma boa eu chegar no lugar e ficar num hotel/hostel… o que você acha? Uma casa de família me parece adequado, mesmo porque o mestrado dura dois anos! E morar sozinha seria um custo muito alto e arriscado.
Em relação a trabalho, gostaria de saber se você declara imposto de renda, essas coisas, como funciona? Você declara IR para o Brasil ou para a Holanda? Você sabe como funciona o sistema de aposentadoria por aí? Digo, em relação a carteira assinada, tempo de serviço, essas coisas? Penso em procurar emprego em Maastricht assim que eu chegar lá, e como tenho dupla cidadania, parte dos problemas já está resolvido. Você tem noção do salário que pagam a estrangeiros? Por exemplo, se eu fosse atendente em alguma loja, digamos… será que cobriria o custo de uma moradia?
Fiquei em dúvida porque li que aí na Holanda é obrigatório ter um seguro de saúde caso a pessoa trabalhe, então não valeria a pena eu pagar pelo seguro inteiro aqui no Brasil (como normalmente fazemos quando passamos um ou dois meses fora – comprar aquele pacote de seguro-saúde).
Por enquanto seriam somente essas duas dúvidas mesmo – moradia e trabalho.
Obrigada e continue com o blog! Muito bacana! Abraço.

Responder

Daniel Duclos novembro 2, 2013 às 15:06

Juliana, realmente ficar em hostel dois anos é inviável. Alugar é a melhor saída. O imposto de renda,eu achei complicado demais e acabei pegando um contador pra me resolver essa parte. Não sei se meu caso se aplica no geral também, porque nosso caso tem diversas particularidades.

Não existe aqui o conceito de certeira assinada, você tem um contrato de trabalho com seu emrpegador, e existem certas regras trabalhistas que se aplicam em todos os casos, como salário mínimo, n. mínimo de dias de férias etc. Os salários pra estrangeiros não devem, em princípio, ser diferentes de os salários dos locais: tem a ver com a sua função e empresa, não com sua origem. Tanto quanto eu saiba: não sou especialista.

O seguro saude aqui é obrigatorio e tem de ser um seguro saude daqui.

Responder

Pedro dezembro 2, 2013 às 13:14

Oi, Juliana. Veja se consegue se conectar a mais gente que mora (ou vai morar) aí e está na mesma situação que você. Se o homestay fica em 1.200 dólares/mês e um studio fica em torno de 500 euros/mês, vai ser bem melhor se conseguir dividir o aluguel com uma colega, por exemplo. O custo de vida aí não é barato (apesar de não ser o absurdo que é aqui no Brasil). A parte que sai mais cara é a do aluguel, que inclusive era muito difícil de encontrar quando estive aí (pode ter mudado). Como o Ducs disse, pode valer a pena contratar um contador para fazer o IR aí da Holanda, mas se você estiver contratada em uma empresa na Holanda eles podem já ter algum que faça isso para os empregados. Faça muitos amigos. Se você é cristã, procure uma igreja. Não fique, nem se sinta só. Para aprender o Holandês a melhor dica que eu já recebi é fazer o curso do site http://www.Taalklas.nl, um curso que começa do básico do básico com uma didática e um projeto excelentes, que obedece ao seu próprio ritmo e com certificado no final. Empregos de meio-período na Holanda parecem mais comuns que no Brasil, contudo não sei te informar direito como isso funciona junto com a bolsa e o visto de estudante. Como cidadã, a situação deve ser bem mais favorável. Sobre a contagem de tempo de serviço para a aposentadoria, uma boa notícia é que o Brasil e a Holanda têm um acordo previdenciário que começou há alguns poucos anos, então o tempo de serviço que você contribuir lá se aproveita aqui e vice-versa. Me informe o seu progresso. Sucesso!

Responder

Marcelo Balbino outubro 10, 2013 às 21:52

Olá Ducs, tudo bem? Acompanho seu blog faz um tempo e fico muito feliz em ler todas as notícias! Você escreve muito bem e tem uma “didática” incrível! Já estive na Holanda antes e no próximo ano, em abril pretendo ficar em Utrecht e Amsterdam. A partir desses dois lugares eu e a minha esposa pretendemos conhecer outras cidades como as cinco citadas nesse post e mais algumas como Groningen, Delft, Maastricht, Lisse (Keukenhof) quem sabe Volendam. Gostamos muito de lugares parecidos com Bruges (Bélgica).

A dúvida é: você sabe se a forma mais prática e econômica de ir de uma cidade até a outra é o trem (meu preferido) ou ônibus? E será que posso usar o ov-chipkaart em todas ou fica melhor comprar a passagem na hora mesmo, com o desconto da volta? Ou os passes para uma semana?
Aproveitando da sua boa vontade, de Utrecht para Maastricht é possível um bate volta?
Vou reservar os hotéis e comprar ingressos pelo seu site e acho isso mais que merecido por tantas dicas que você sempre passa!
Muito obrigado! Abraços e parabéns!
Marcelo

Responder

Daniel Duclos outubro 28, 2013 às 20:58

Dentro da Holanda, sem dúvida o trem é o mais prático, no geral. Pra algumas cidades pode ser o trem. Depende do caso. Pode usar o OV, mas o de saldo, não o passe de horas (24, 48 etc). Utrecht é possível, Maastricht… nhé, pode ser possível, mas fica corrido.

Responder

Richard setembro 29, 2013 às 13:33

Estamos morando em Bruxelas desde jan/13 e estaremos indo de carro para Rotterdam e Amsterdam no dia 01/nov (3 dias), obrigado pelas dicas. Abraços, Richard

Responder

Daniel Duclos setembro 30, 2013 às 20:49

Valeu Richard, boa viagem!

Responder

Gustavo janeiro 28, 2014 às 00:05

Richard, voce conhece algum bar em Bruxelas em que passe jogos de futebol? Vou estar em Fevereiro por ai e gastaria de assistir a jogos da Taça Libertadores, será que consigo? Abraços

Responder

Daniel Duclos fevereiro 11, 2014 às 23:19

Gustavo, eu fui pra Bruxelas apenas como turista alguns dias, eu não conheço nenhum bar de esportes por lá; imagino que tenha diversos, mas realmente eu não saberia dizer.

Responder

REGINA MASSITA setembro 12, 2013 às 05:06

Ola, Familia Ducs! Estou grata por ter encontrado este trabalho de voces, Vou dia 14/09 pra Alemanha na Feira de Essen a trabalho e dia 18/09 pretendo ir dar uma voltinha na Holanda e retornar a Alemanha dia 21. Por ter pouco tempo, e por eu nao ter tido tempo de pesquisar nada, gostaria de saber se na Holanda tem o Sightseeing, se tiver onde seria melhor hospedar… Hora do desespero! :) :(

Responder

Daniel Duclos setembro 17, 2013 às 15:18
Gloria setembro 9, 2013 às 06:29

Bom dia,

Estarei chegando aí dia 14 -sábado próximo, e quero te agradecer, pois através de sua pág aprendi muito sobre a cidade e obtive informações valiosas para minha viagem.
Vc faz relatos tão simples e diretos q me deixa a impressão de jah conhecer td e me sentir parte da cidade.
Seus posts são ótimos. Descontraídos e com informações claras.Parabéns pelo seu trabalho.
Um grande abraço.

Responder

Daniel Duclos setembro 9, 2013 às 15:43

Oi Gloria, muito obrigado! Fico feliz de saber que ajduei :) Um grande abraço e boa viagem

Responder

Juliana setembro 1, 2013 às 04:12

Vou te dar um beijo na testa (com todo respeito Carla! rsrs) se eu cruzar com você pelas ruas de Amsterdam! rs Estou planejando meu mochilão europeu e acabo de adicionar sua ilma. cidade presente em meu roteiro! Estou apaixonada! PRECISO³³³ conhecer o castelo medieval e essas cidadezinhas. Sem contar que aquele seu artigo sobre Bruges me ajudou MUITO (Bruges é meu sonho de consumo medieval – sou louca por castelos, fossos e cavaleiros – suspiro -!) É a segunda vez que jogo no Google algo que quero saber da Europa e vem o ducsamsterdam pra me ajudar. MUUUITO obrigada. Por ter ido prai, por escrever isso daqui e por ser tão simples na escrita, ajuda pra caramba. Paulo diz em Coríntios “Pra que outros possam sorrir, vale a pena chorar.” Acredito que isso se aplique a você e que DEUS te abençoe e te recompense. Ler teu blog tá me ajudando a arquitetar um dos meus maiores sonhos! Sucesso querido. Deus abençoe você e sua família. Ganhaste mais uma fiel leitora :D

Responder

Daniel Duclos setembro 4, 2013 às 00:47

Oi Juliana, muito obrigado :) Fico feliz de ter ajudado. Beijos e boa viagem!

Responder

Inês agosto 5, 2013 às 22:47

Vou para Amsterdam no final do mês e estava a pensar conhecer Gouda, Rotterdam, Haarlem e Haia. Tenho 4 dias inteiros em Amsterdam e meio dia no dia em que lá chego.
O meu plano era ver as vistas no 1º dia, e no 2º e 3º dia ir visitar as cidades aí á volta e zaanse schans, e nos últimos 2 dias comprar o I Amsterdam city pass e conhecer alguns museus e monumentos da cidade. Estava a pensar compactar as cidades todas para poder comprar o Day Travel Card por 47€, e poupar alguns €. Mas o que eu quero saber é se na sua opinião dá para conhecer estes sítios todos em 2 dias, e se não, quais é que valem mais a pena conhecer?

Obrigada!

Inês

Responder

Daniel Duclos agosto 7, 2013 às 22:29

Inês, acredito que até dê pra passar por todos esses lugares, mas eu aprticularmente não gosto de fazer isso, então nunca fiz nada corrido assim. Eu sempre prefiro escolher menos lugares e fazer com mais calma. O que vale mais a pena é difícil de dizer… o que fiz foi descrever os lugares nesse artigo e deixar você escolher. abs

Responder

Pedro agosto 1, 2013 às 00:43

Olá, Daniel.

Muito bom o artigo. Aliás, muito bom o site todo.

Como vê pelo que informei no campo Website, tenho um blog sobre cidades (o qual parei de atualizar há algum tempo, mas pretendo retornar em breve). Morei na Holanda um tempo (Velserbroek e depois Hoofddorp) e acabei voltando para o Brasil por força de várias circunstâncias, inclusive a solidão e a saudade.

Fui muito influenciado por tudo aí e acabei influenciando de alguma forma as coisas por aqui também, o que inclui o blog cidadetoco, algumas ciclovias e o uso de pisos intertravados (equivocadamente ainda mal-instalados por aqui).

Como sugestão, acho que você poderia visitar Aalsmeer, tomar um sorvete que tem lá, o peixe frito da banca, além de curtir um pouco o visual do canal e do lago no verão. E depois falar aqui no seu site.

Também espero poder colaborar no que for possível.

Abraço!
Pedro.
Goiânia – GO – Brasil

Responder

Daniel Duclos agosto 2, 2013 às 01:18

Valeu Pedro, parabéns pelo seu blog e obrigado pela sugestão! Abraço

Responder

GUSTAVO CASTRO julho 20, 2013 às 21:52

Oi DUCS!!Estarei em Amsterdam de 30 de agosto a 04 de setembro próximo e gostaria de uma dica sua…vi o seu post a respeito de 5 cidades próximas a Amsterdam e me interessei…tenho vontade de tirar 1 dia p visitar 2 cidades dessas visto que é a segunda vez que vou p Holanda e já conheci a maioria das atrações…vc acha viável ou muito corrido? quais devo escolher? Tenho como fazer 1 roteiro entre as cidades escolhidas sem retornar a Amsterdam??Agradeço desde já, e grande abraço!!

Responder

Daniel Duclos julho 23, 2013 às 22:12

Viável é – não é muito meu eprfil de viagem eu gosto de fazer as coisa com calma, mas dá. E sim, dá pra fazer um roteiro sem voltar pra Amsterdam. Abs

Responder

Cassio ibiapina julho 12, 2013 às 22:33

Ducs Amsterdam é um show. Ajuda demais para o turista e para os brasileiros na Holanda. Gostaria de sugerir uma visita sua a Wassenaar aonde existem inúmeras atracões tanto o agradável centro histórico, fazendas, praia, parque aquático e varias famílias brasileiras . Esse ano estamos morando aqui e até dezembro estamos esperando a Familia Ducs aqui. Cassio

Responder

Daniel Duclos julho 18, 2013 às 23:00

Cassio, já to adicionando Wassenar à lista :) valeu e abraço!

Responder

osilene assunção julho 1, 2013 às 19:35

Olá!
Que bom saber que você está aí para nos auxiliar…rsrsrsr
Sou um pouco aventureira, mas não tenho inglês fluente, já conheço boa parte da europa, mas gostaria de me aventurar por londres e amsterdã. Não quero comprar pacotes turísticos. O que vc acha? Vou me virar bem com um espanhol fluente e um pouco de italiano? Nas cidades vc acredita que encontrarei opções de tur local?
Obrigada e abraço!

Responder

Daniel Duclos julho 9, 2013 às 19:16

Osilene, semrpe tem ipções de turismo local, é questão de pesquisar. Quanto à língua, é uma FAQ: http://www.ducsamsterdam.net/faq-perguntas-e-respostas/eu-so-falo-portugues-sera-que-consigo-me-virar-em-amserdam/

Responder

Nenen Foz junho 17, 2013 às 01:47

Oi Daniel,

Seus posts são muito bons mostrando lindas cidades, visitei Zaansen Schans numa manhã – ainda bem, de tarde caiu água – mas enfim, os moinhos naquela parte rural são muito belos, há ali uma fábrica de tamancos com demonstração ao vivo, achei muito interessante e rende boas fotos. Fui de excursão a partir de Londres, não sei como se chegaria a partir de AMS. Vale a visita.

Responder

Daniel Duclos junho 18, 2013 às 02:07

Oi Nenen, obrigado e um grande abraço

Responder

Dalton Caldas maio 25, 2013 às 00:08

Daniel.
Qual roteiro voce indicaria com 8 dias?
Estou pensando em 3 dias para Amsterdam (ja conheco), 1 dia The Hague, 1 dia Utrech, 1 dia Rotterdam. Sobram 2 dias. 1 dia esta bom para Rotterdam ou 2 seria melhor?
Valeu.

Responder

Daniel Duclos maio 27, 2013 às 02:06

Um dia está bom. Conheça também Leiden e Volendam, por exemplo.

Responder

Luciana maio 18, 2013 às 16:32

Oi Daniel, adorei seu blog.
Vou pra Amsterdan no final de agosto, com meu marido, e ficaremos por ai por uns 10 dias.
Vc acha conveniente que fiquemos uns 3 dias em Amsterdan, e depois uns dois dias em cada cidade, tipo Gouda, Rotterdam, Utrecht?
Se vc poder me dar umas dicas. Agradeço.
Luciana

Responder

Daniel Duclos maio 27, 2013 às 01:51

Oi Luciana, você pode usar Amsterdam de base e fazer bate e volta pras outras cidades. Gouda, por exemplo, não acho que justifique dois dias. Você pode ir também um dia em cada e descobrir outras cidades legais, ou se for dois dias, pode ir a uma mais longe, como por exemplo Maastricht.

Responder

Alvaro maio 9, 2013 às 20:15

Pessoal, vendo este surgiu uma duvida, devido a minha localização. Sabem me dizer se há um ônibus de schiphol para Roterdã? Sei que trem há. Obrigado desde ja.

Responder

Angélica maio 11, 2013 às 17:27

Daniel, obrigada pela resposta! A cabeça está a mil…roteiro para Amsterdã e Roma. Ufa!!!! Detalhes e mais detalhes. rs

Obrigada!!!!

Um abraço,
Angélica

Responder

Angélica abril 26, 2013 às 20:52

Boa tarde, Daniel!

Estou adorando o seu Blog! Parabéns!!!
Estou indo para Amsterdã (maratona), e gostaria de passear um pouquinho. Bem, preciso de um roteiro. Você pode me ajudar? Estou pensando em ficar 5 dias em Amsterdã, conhecer alguns lugares próximos e chegar até Rennes. Quais lugares você indica? Vi tantos lugares e não sei o que decidir. rsrs

Agradeço imensamente,
Grande beijo!

Responder

Daniel Duclos maio 7, 2013 às 01:51

OI Angélica…. até hoje eu não fiz roteiros prontos pro Ducs. Eu tento a preferir ensinar as pessoas a como usar a cidade, e o que tem pra ver, e viver, e deixar elas decidirem e montarem seus próprios roteiros. Talvez porque eu mesmo não seja grandes fãs de roteiro. Eu nunca monto quando vou viajar. Eu leio sobre o destino antes, me informo e depois vou sem roteiro, decidindo na hora conforme o momento. Eu sei, eu sei que é algo que muita gente quer e curte roteiro, e não tem anda de errado com isso, ao contrário, tem muitas vantagens. Pra quem quer um passeio mais guiado inclusive tenho parceria com uma guia brasileira que acompanha a pessoa em um roteiro personalizado – ma aí é um serviço de acompanhar a pessoa também, não apenas de montar o roteiro.

Olha, seu coment;ario me fez pensar a questão – quem sabe eu não busco uma solução pra isso? Por enquanto, Não posso te dar algo, mas está anotado. Obrigado e uma boa viagem.

Responder

Carlos Eduardo abril 18, 2013 às 03:41

Olá Daniel,
Chegarei com minha esposa em Amsterdam no dia 03/05 próximo e ficaremos 5 noites na cidade. Estava pensando em, no último dia, alugar um carro para dar uma volta por umas cidadezinhas do interior da Holanda. Você recomenda fazê-lo?? e que cidades seriam mais interessantes para esse mini tour? Obrigado

Responder

Daniel Duclos abril 23, 2013 às 23:38

Carlos, eu recomendo essas cidades do post. Além delas, pode fazer Zaanse Schans, Voldemdam, Leiden… é questão de escolher uma ou duas, na Holanda não tem muito o que errar. Boa viagem.

Responder

João. março 30, 2013 às 23:32

Buenas, Daniel.
Teu blog foi um grande achado, está nos ajudando a organizar ida a Amsterdam e arredores no próximo 08/04, ficaremos 6 dias. Parabéns pelo trabalho!
Gostaria de perguntar sobre os trens: comprando uma passagem até Delft posso descer em Haia, visitar por algumas horas e depois continuar até Delft?
É viável este day trip duplo?
Grato, abs.
João.

Responder

Bruna março 27, 2013 às 20:12

Ducs, estou pegando muitas dicas pra minha viagem no próximo mês. Tks!
Queria te perguntar se é possível fazer mais de uma cidade em um dia, tipo… Rotterdam e Gouda.

Bruna

Responder

Daniel Duclos abril 3, 2013 às 02:15

Acho que dá, embora eu pessoalmente não goste, acho que fica corrido e odeio fazer coisa corrido. Mas tem gente que faz de boa, vai de cada um.

Responder

Cilene março 19, 2013 às 14:43

Olá, Daniel, estou lendo tudo e aos poucos. Vou passar uma semana aí em Amsterdam (nossa! uma semana! que exagerada!) pois é, mas como vc bem sabe, uma semana com direito a escapadas e idas e vindas! Um abraço e valeu pelas inúmeras dicas!
PS: é mico (ou muito mico) eu levar uma foto da mãe da minha filha para ser colocada naquele restaurante famoso, o “Mothers” em Holandês que esqueci o nome???? Vou levar uma foto bem bonita!!!! Abração!

Responder

Daniel Duclos abril 3, 2013 às 01:38

Cilene, quanto mais tempo em Amsterdam melhor. E mico é não ser feliz, leve sim – o restaurante é todo decorado com as fotos! Abração

Responder

Thais fevereiro 5, 2013 às 01:27

Olá, Daniel! Estou adorando seu blog… Muito legal e ótimas dicas! Agora não viajo mais sem dar uma passadinha aqui antes!
Eu e meu marido estamos programando um passeio pela Holanda no final de novembro. Queria tirar umas dúvidas sobre os horários de trem para ida nessas cidades próximas indicadas por você, pois se possível compraremos o Hotel em Amsterdã que servirá de apoio e iremos conhecer esses lugares de trem… Indo e voltando no mesmo dia. Seria possível?! Queria perguntar também se seria viável um pulinho em Paris apenas para não perder a iluminação de natal de 2013! Rs! De Amsterdã para Paris, de forma mais ligeira, é complicado ir?! Obrigada! Sucesso!

Responder

Daniel Duclos fevereiro 6, 2013 às 01:56

Sem dúvida, a idéia toda do artigo é oferecer day trips a partir de Amsterdam. Os trens saem de maneira regular, em geral a cada meia hora, em muitos casos com frequencia até menor.

Paris… já é mais complexo. De percurso são 3h18 (se Não houver atrasos), e a passagem é bem mais cara. Acho que o investimento de tempo e dinheiro pra apenas um dia não compensa muito. Porém, se é algo que você realmente quer, acho que dá pra ir. Abs

Responder

Maíra janeiro 25, 2013 às 23:56

Oi Daniel,
parabéns pelo blog! Estou indo para Utrecht em abril, ficarei 1 ano a trabalho… O seu blog tem sido um grande incentivo pra mim, já está na minha barra de favoritos :) Espero poder visitar todas essas cidades que vc listou e outras também!
Um grande abraço!!!

Responder

Daniel Duclos janeiro 26, 2013 às 03:22

Opa Maira. Em um ano dá pra visitar bastante coisa na Holanda – e vale a pena, é um belo país. Obrigado pela companhia e um abraço

Responder

Isaura Christina Borges janeiro 24, 2013 às 02:30

Olá Daniel
Vou a Amsterdam com meu marido em maio e estou preocupada porque nao falamos outra lingua se não o Portugues. Temos como contratar um guia que nos pegue também no aeroporto?

Responder

Daniel Duclos janeiro 24, 2013 às 02:39

Oi Isaura, sim, estou lhe passando o contato por email.

Responder

Ane janeiro 9, 2013 às 16:03

OI Daniel,tou adorando conhecer a Holanda atraves dos seus posts.Estaremos em Amsterdam em Abril de 2013 por apenas 2 dias e esticar 1 dia em Den Bosh afim de participar do ASOT 600 (ja ouviu falar?). Que me dizes de Den Bosh? So encontrei hospedagem em OSS,os hoteis estao lotados devido ao evento. Alguma dica? Muito obrigada.Ane

Responder

Daniel Duclos janeiro 9, 2013 às 23:28

Ane, a unica coisa que posso dizer de Den Bosch é que gostaria de ir lá ainda. Ah, mais uma: coma uma Bossche Bol lá :) ë muito boa!

Responder

Ane janeiro 25, 2013 às 23:27

KKKK…Valeu,Daniel! Vou comer uma po mim e outra por vc! Obrigada,viu!

Responder

Peter Losch janeiro 7, 2013 às 13:21

Olá Daniel!

Pretendemos, eu e minha esposa, fazer uma viagem de carro pela Holanda, saindo de Amsterdã (claro!), descendo toda a Holanda e finalizando em Bruges, na Bélgica. Estamos reservando entre 7 e 10 dias para esta aventura, nos meses de Agosto ou Setembro.

Nós temos muitas dúvidas sobre este passeio e gostaríamos de uma ajuda sua, se possível:

1 – Carro é a melhor alternativa para esta viagem? Sabemos que os trens funcionam muito bem na Europa, porém, gostaríamos de um pouco mais de mobilidade e facilidade, até por estarmos com as malas;
2 – Neste percurso, quais as cidades você indica para conhecermos? É possível conseguirmos hotel na hora, sem reservas, nestas cidades? Ou
3 – Vale a pena manter Amsterdã como “base” e ir e voltar de carro para visitar as cidades indicadas, já que tudo é razoavelmente perto?
4 – Estes 7 ou 10 dias serão suficientes?
5 – É possível alugar carro em Amsterdã?

Parabéns pelo blog. Sou frequentador assíduo daqui e de sua página no Facebook.

Um abraço e obrigado,

Peter

Responder

Daniel Duclos janeiro 7, 2013 às 22:21

1 – Carro ou trem é mais uma escolho filosófica do que prática. São dois estilos de viagem diferentes e vai mais do que você quer naquela viagem. Eu já fiz road trips e viagem muito de trem aqui. Gosto das duas, tem suas características. Se quiser ir de trem é bem possível, eu já fiz, gosto. De carro já fui até Bruxelas 9e de trem tbm), como disse, dois perfis, os dois legais.

2 – Eu não conheço muitas cidades na Bélgicaa, Indicaria Gent (tem artigo aqui no Ducs sobre). Na Holanda, Rotterdam e Den Haag são legais, e diversas outras (Leiden, por exemplo). Sim, é possível, embora possa rolar de você pagar um pouco mais ou ter de procurar mais de um hotel. Já viajei assim, é possível.

3 – Se ficar só na Holanda, rola usar Amsterdam de base de boa. Ir até a Bélgica, depende do seu pique; eu acho cansativo, conheço muita gente que fez bate e volta até Bruges num dia. Se seu pique for road trip, acho que não vale a pena ficar em Amsterdam de base.

4. Acho que sim.

5 – Certamente, se sua burocracia estiver em ordem (carta, passaporte, cartão de crédito etc)

Abs e boa viagem

Responder

Peter Losch janeiro 7, 2013 às 23:55

Daniel,

Já nos decidimos: Vamos usar Amsterdã como base e conhecer as cidades indicadas neste tópico, de trem, gastando uns 4 ou 5 dias no total. Depois, vamos para Bruxelas, instituindo outra base na Europa… :o) De lá, trem para Bruges, Spa-Francorchamps para assistir a corrida de F1 e outras cidades próximas, totalizando outros quatro dias.

Outra dúvida (sempre elas…): Nós gostamos muito de um hotel perto do Vondelpark, porém, verificamos que é um pouco distante da Centraal Station. É fácil o deslocamento até lá ou você acha melhor procurarmos algum outro hotel mais próximo da Centraal Station?

Ps: Seguindo sua dica, comprei hoje o guia Lonely Planet de Amsterdã. Falta encontrar um da Holanda!

Grande abraço de um carioca quase holandês!

Peter

Responder

Camila março 27, 2014 às 17:08

Olá Peter, desculpe invadir seu post. Eu e meu marido estamos programando nossa viagem à Europa. Estaremos em Paris e queremos conhecer Holanda e Bélgica. Queria que você nos contasse sua experiência de viajar de carro por lá, entre esses 2 países. Foi tranquilo? Que cidades conheceu? O que você nos recomenda e o que nos alerta para evitar? Queremos conhecer Amsterdam e cidades vizinhas, além de Bruges e outras na Bélgica. Estamos pensando em alugar o carro em Paris mesmo e fazer tudo de carro.

Responder

Daniel Duclos março 29, 2014 às 12:24

Sim, foi tranquilo. Visitamos Bruxelas uma vez e da outra fizemos uma excursão pela Valônia (ou seja, o sul falante de francês, do outro lado do norte falante de flamengo, onde fica Bruges), incluindo Spa, e diversas cidadezinhas pequenas, fizemos trilhas lá, foi bonito. A sinalização das estradas belgas eu achei um pouco confusa, e o GPS salvou. As estradas holandesas são impecáveis.

Responder

Norton dezembro 9, 2012 às 11:34

Bom dia, muit bom seu blog já tirou muitas de nossas duvidas, porém vamos para amsterdam em dezembro, os hostels nesse periodo estao muito caros você nos indicar uma cidade que seja perto e de facil acesso ao centro de amsterdam, para que possamos ir e voltar todo o dia com facilidade e segurança.
Obrigado!

Responder

Daniel Duclos dezembro 9, 2012 às 16:29

Norton, você já olhou a área do Schiphol? Não tem nenhuma atração por lá, mas de repente se a ideia é só dormir…

Infelizmente as hospedagens em Amsterdam são caras mesmo. É um problema conhecido da cidade. O resto da Holanda Não é muito mais barato, também.

Você pode usar o Booking pra fazer uma busca: tem a caixa de busca logo ao fimd e todo post do Ducs,

Responder

Ieda novembro 26, 2012 às 19:22

Oi, Daniel, adoro seu blog. Eu morei em Leiden em 2009, passeei muito pela Holanda e tenho uma dica imperdível de Leiden: não deixem de visitar o Museu Naturalis (qq época e fica perto da estação) e o fazer um piquenique no Hortus Botanicus na primavera/verão! São fantásticos. Outra coisa bacana é o feriado nacional em outubro, dia da libertação da cidade, que fica uma loucura!!! beijo grande!

Responder

Daniel Duclos novembro 26, 2012 às 21:58

Oi Ieda, excelente dicas! Eu já anotei, obrigado! Da próxima vez que for a Leiden, vou lá, ainda mais que adoro museu! Beijos!

Responder

Renata novembro 22, 2012 às 03:40

Entendi! 😊Muito obrigada pela resposta!!!

Responder

Renata novembro 20, 2012 às 10:27

Olaaaaa! Muito legal seu blog! Pode me ajudar? Vou para paris em janeiro, quero conhecer londres em um dia de trem. Gostaria de saber quais paises vizinhos vc recomenda eu visitar num bate e volta no mesmo dia de trem. Porq estarei hospedada em paris. Vou so por isso quero aproveitar posso ir pra onde der na telha rs. Vc conhece? Cidades perto de paris sem muita burocracia com a imigracao e facil de ir de trem? Aguardo seu conentario!!! Muito obrigada!

Responder

Daniel Duclos novembro 21, 2012 às 12:48

Renata, uma vez dentro da UE, burocracia de visto é praticamente não existente. Então é mais decidir o que você quer conhecer. Tem Bruges, e Bruxelas na Bélgica, que são bem populares.

Responder

Paulo Augusto novembro 7, 2012 às 12:00

Olá, Daniel, tudo bom?
Estou indo pra Amsterdam na próxima semana, devo passar uma semana na Holanda. Na sua opinião, em algumas das cidades que você citou vale a pena passar mais que um dia, tipo uns 2 ou 3. Fazendo uma pesquisa, fiquei curioso em conhecer Gronigen. Você conhece?
Um grande abraço!

Responder

Daniel Duclos novembro 7, 2012 às 13:21

Paulo, dá pra passar mais de um dia nas grandes, Rotterdam e Haia. Eu contei meu natal em Groningen aqui: http://www.ducsamsterdam.net/natal-em-groningen/ Abs

Responder

MARIA novembro 6, 2012 às 02:33

Ola Daniel boa noite!

Gostaria de saber qual a melhor epoca para visitar o Holanda?

Responder

Daniel Duclos novembro 6, 2012 às 07:44
Gustavo Céo outubro 11, 2012 às 02:24

Ok Daniel. Obrigado pelas dicas.
Abraços!

Responder

Daniel Duclos outubro 11, 2012 às 12:21

Graag gedaan!

Responder

Gustavo Céo outubro 9, 2012 às 11:56

Olá Daniel. Vou pra AMS próximo mês e estou com dúvidas com relação a qual tipo de passe utilizar para os transportes. Vou ficar quatro dias, bem na verdade 3. já que o último dia será dedicado a Eindhoven de onde vou apanhar o vôo de regresso à Portugal.
Os museus pra mim não são prioridades, tenciono se por caso resolver visitar algum , só o Van Gogh ou a casa da Ann Frank, ou seja o Iamsterdam card não é vantagem, poq apesar de dar acesso gratuito aos museus, é muito caro. Meus planos são visitar, Haalem, Den Haag e Zaanse Schans e mais o trivial de AMS, RLD, passeio de barco, parques e etc.
Ah e vou ficar hospedado perto da estação de Sloterdijk um pouco fora do centro.
Abraço

Responder

Daniel Duclos outubro 9, 2012 às 22:40

Gustavo, tudo depende de quanto você andar em um dia. A parte turística de Amsterdam é relativamente pequena, e dá pra ir de um ligar pro outro a pé muitas vezes. Nesse caso, pcomepnsa pagar o tram avulso. Agora, se você quer perder pouco tempo andando pela cidade e realmente gastar o tempo dentro dos museus, um passe de dias da GVB pode ser mais negócio. Dei detalhes aqui: http://www.ducsamsterdam.net/transporte-publico-amsterdam/

Responder

Wiejanda julho 26, 2012 às 13:21

Olá Daniel, uma guia muito legal! Seria ainda melhor se escrever sobre a minha cidade Leiden na próxima lista! ;-)

Responder

Daniel Duclos janeiro 6, 2013 às 02:29

Tá anotado, Wiejanda :)

Responder

Luis Guilherme Selenko julho 16, 2012 às 15:22

Olá, sou novo no site, ainda moro no Brasil, mas quero sim ir morar na Holanda. Acho que faltou uma cidade chamada Arnhem (acho que é isso). Lá tem um tradicional time de futebol chamado Vitesse. Seria bom :D

Responder

Daniel Duclos julho 24, 2012 às 20:31

Arnhem é muito legal sim, e vai entrar cedo ou tarde no blog. Eu desconheço futebol, mas sei que lá é a cidade da “ponte longe demais” da famosa batalha da Segunda Guerra. Eu fui deixando pra ver a ponte por último, e de repente, minha carona me ligou dizendo que precisava voltar antes do previsto. Fiquei doido, sai correndo pra ver nem que fosse de longe… todo o tempo fui pensando na ironia da história…

Abraço

Responder

Dulce maio 21, 2012 às 18:14

Oi Daniel, parabens pelo Blog eu que adoro viajar sou rata de blos para pegar as dicas…rsrsrs Parabens mesmo..
E seguinte, esse ano no roteiro de férias de agosto incluimos 03 dias em amsterdam e com as suas dicas fiquei hiper empolgada em ir para Haia e Haarlem também aí preciso de umas dicas como:
1. dá pra fazer as duas no mesmo dia?
2.vi que dá pra ir de metro da Cetraal para as duas cidades qual vale a pena ir primeiro?

aguardo as dicas..

Parabens mais uma vez e obrigada.

Dulce

Responder

Valéria maio 27, 2012 às 21:33

Olá, Dulce!
Fiz este passeio no domingo passado…O mesmo trem que vai pra Haia passa em Harleem e parte da Centraal. Vc pode comprar o bilhete casado e parar lá na ida ou na volta. Haia é bem agradável, pelo menos aos domingos…Boa viagem!

Responder

Eduardo maio 20, 2012 às 12:30

Como sempre lendo as matérias atrasado, mas eu leio :)

Só pra te deixar um pouco mais “atarefado”, vai uma dica: Zaandijk.
Tá, não tem muito o que fazer, mas é uma cidade bem simpática com um apelo turístico bem forte: moinhos. Procure no Google images. 4h de visita é mais que suficiente, acho que ficamos umas 2h30 – 3h. É perto de AMS.

Abraço!

Eduardo.

Responder

Daniel Duclos janeiro 6, 2013 às 02:32

Fala Eduardo. Tá anotada a dica – Zaandijk. Se for fotogênica já vale a viagem! Valeu!!

Responder

Paulo Roberto maio 13, 2012 às 23:41

Hoje fui a Roterdam e valeu muito a pena. Recomendo o passeio de barco pelo porto. É também interessante ver os barcos antigos no Museu Marítimo. Este artigo me ajudou a escolher a cidade que pretendo visitar amanhã: Utrecht.

Responder

Daniel Duclos janeiro 6, 2013 às 02:32

Fala Paulo, eu também adoro Rotterdam. Excelentes dicas as suas, valeu!

Responder

Mario Costa maio 5, 2012 às 22:27

Estou em Amsterdam agora. Sem querer, pois não tinha lido seu blog em detalhe, pegamos, eu e minha mulher, uma semana de comemorações. O Dia da Rainha é uma loucuuuuura! Pegamos uma gripe e perdemos um dia e meio, com direito a médico no hotel e tudo o mais, mas está valendo a pena. Amanhã vamos a Haia. Achei um problema atravessar as ruas aqui. É bicicleta, bonde, carro, gente, eu raramente sei quem tem a preferência. Se eu não fosse do Rio, não sei não… Ia ser na base do “Segura na mão de Deus e vai”. Suas piadinhas sobre o clima em Amsterdam são mais engraçadas quando se conhece a peça. É mesmo como você falou: narração de jogo de futebol. Um abração. Suas dicas estão valendo muito.

Responder

Daniel Duclos janeiro 6, 2013 às 02:34

Fala Mario. É, realmente demora um pouco pra se acostumar com o variado e peculiar transito amsterdanes… hehe. Espero que tenha curtido muito sua viage,=m. Grande abraço e valeu demais.

Responder

Peter Losch janeiro 7, 2013 às 14:23

No início também nos assustamos com a bagunça do trânsito de Amsterdã, mas depois de pouco tempo nos acostumamos. Apesar de bagunçado, você acaba encontrando a lógica do funcionamento do negócio e acaba se “inserindo” no meio daquela pseudo-caos. Andamos até de lambreta por lá!

Pior é Londres. É muito fácil ser atropelado lá se você se distrair.

Abraço!

Peter

Responder

Daniel Duclos janeiro 7, 2013 às 22:25

Concordo. Lembre-se que os amsterdaneses são escolados em desviar de turista perdido e de uns dos outros hehe

Responder

Valéria maio 3, 2012 às 05:15

Olá, Daniel!
Reservei um B&B que fica neste endereço: Van Gentstraat 6sec.,
1055pe, Amsterdam. Queria fugir do agito do centro…Sabe me dizer se o local é seguro?
Outra coisa: Vale uma day trip pra Bruxelas ou é melhor pernoitar por lá?
Obrigada e parabéns pelo excelente blog!

Responder

Luis abril 30, 2012 às 02:19

Ola, muito bom seu trabalho aqui ajuda mesmo. Sou novato foi realizar minha primeira viagem internacioal em julho vou ficar 16 dias na casa das tias de minha mulher em rotterdam, você poderia me passar uma dicas boas, gostaria de conhece o maximo de lugares possiveis neste tempo, sem gastar muito dinheiro! se pude me ajudar agradeço

Responder

Peter abril 23, 2012 às 18:33

ola Daniduc tudo bem?
me chamo Peter, atualmente moro na China, porem pretendo passar as
ferias de verao e amsterdam… bem eu gostaria de saber algumas informacoes, se possivel….
Onde fica mais ou menos a estacao de trem de amsterdam pela qual eu posso pegar trens para outras cidades da europa, como por exemplo Praga na Republica Tcheca?
Gostaria muito dessa informacao pois sera minha primeira vez em amsterdam e com certeza vou utiliza e muito o trem pra outras cidades da europa….
Desde ja agradeco pela atencao!
Abraco

Responder

Neide abril 23, 2012 às 04:16

seguinte…sou agente de viagens em Floripa e to indo com uma turma de amigos que sao 44 na verderda….para ficarmos 3 dias em amsterda….eu ja fui la 2 vezes, faz tempo….uns 5 anos….
eu queria tua ajuda…para achar um camping…..pois o que eu fiquei o zeeburg, ficava longe pra caramba e como to indo com uma galera legal….precisava de alguma coisa mais perto
Podemos tambem ver alguma coisa pra vc ser nosso ” Guia”como vc conehce tudo..nao perderiamos tempo….se conseguir minha entrada nas atraçoes….podemos fazer negocio…o que achas?
vamos nos falando!
abraço
Neide Dutra Felix (face)

Responder

Renato abril 20, 2012 às 19:27

O meu amigo, já tive o prazer de passar 22 dias em Amsterdam e posso dizer que está faltando uma pequena cidade chamada Volendan nessa sua lista. É uma pequena vila de pescadores que fica a apenas 30 min de onibus de Amsterdam e vale MUITO a pena conhece-la.

Responder

Daniel Duclos abril 22, 2012 às 10:20

Oi renato

Sem dúvida Volendam vai entrar na próxima lista de cidades legais. Valeu pela dica. Um abraço

Responder

Thalita abril 18, 2012 às 19:58

Olá Daniel! Estou indo viajar em maio para a Europa, e passarei um dia por Amsterdam :)
Não estou conseguindo achar o endereço do monumento I AMSTERDAM. Vc poderia me passar o endereço? Valeu!

Responder

Daniel Duclos abril 18, 2012 às 20:06

Fica na Museumplein (praça dos museus), na frente do Rijksmuseum. Boa viagem

Responder

Peter Losch janeiro 7, 2013 às 13:39

Tem também um na saída do aeroporto… Porém, claro, o do Museumplein é muito mais legal!

Responder

Daniel Duclos janeiro 7, 2013 às 22:22

Esse da saída do aeroporto é móvel – cada época está num lugar da cidade. Na época das olimpíadas estava no estádio olímpico de Amsterdam, depois foi pra Bijlmer etc.

Responder

Igor de Vetyemy abril 13, 2012 às 13:43

Muito bom texto! Tb moro aqui na Holanda (em Rotterdam) e vc coloca nesse texto várias histórias que eu vivo tendo que contar pros próprios holandeses, que não sabem! Só dois detalhezinhos: O projeto das casas cubo, do Piet Blom, são de fato dos anos 50 (55), mas elas só foram construídas em 77. E um absurdo, como vc mesmo sugere no final do texto, é não incluir Delft! Como assim incluir Gouda e não Delft??? Hahahaha! Absolutamente imperdoável! Mas o texto é muito legal, parabéns!

Responder

Daniel Duclos abril 15, 2012 às 11:09

Oi Igor. É verdade, a execução foi em 77, mas o futurismo ainda é dos anos 50, então acho que a legenda ainda se aplica :). Gouda ganhou de Delft nessa lista por critérios puramente objetivos e isentos, e as 3 dúzias de stroopwafels mais 10 quilos de queijo Gouda entregues na minha casa nada tem que ver com a seleção imparcial e criteriosa que fiz :D Brincadeira a parte, a próxima lista de cidades tem de ter alguma estrela, né? ;)

Brigado pelos elogios e grande abraço!

Responder

Ana Paula abril 11, 2012 às 21:44

Que bacana seu blog! Vou indicá-lo aos meus amigos e família quando eles vierem para cá. Também é legal ver Amsterdam como uma cidade para se vsitar, e não como o lugar onde moro há 8 anos… enfim, também blogo sobre minha vida na Holanda como mãe, mulher & full time worker. De uma passadinha por lá se quiser me visitar http://www.deunhafeita.blogspot.com
Até mais!

Responder

Giselle Brandão abril 8, 2012 às 18:28

Olá Daniel ! Gostei muito do seu blog ! Muitas dicas !!! Inclusive ele me fez mudar alguns planos já que estou indo em Julho buscar meu filho que está a um ano na Holanda em Emmen, (que por sinal foi uma experiência maravilhosa). A ideia é depois de uma passeada por Londres e Paris, chegar em Amsterdam onde teremos 6 dias, e depois 2 dias na Bélgica ( Bruges) e aí iremos para Emmen para conhecermos sua host family e buscarmos seus pertences… Iriamos fazer estes percursos de carro para podermos conhecer as cidades vizinhas, muito bem indicada por vc, mas agora diante de seus comentários estou revendo se vale a pena alugarmos um carro ou fazermos estes percursos de trem. Pelo visto os percursos são curtos né ? O custo para estacionarmos o carro nas cidades é alto ? Se optarmos por alugar aí caso acharmos necessário vc acha válido ? Obrigada e sucesso !!!

Responder

Daniel Duclos abril 15, 2012 às 11:23

Oi Giselle. Estacionar nos centros das cidades é em geral caro sim. Você deve conseguir alugar carro sem problemas. É outro estilo de viagem; passa a ser uma roadtrip, que é legal também, então é mais uma questão de escolher que estilo vocês estão mais afins de fazer. Eu, particularmente, iria de trem, se apenas porque é um estilo de viagem mais raro no Brasil, onde roadtrips são o padrão, mas como disse, é uma questão pessoal, nenhuma é necessariamente melhor do que a outra. Abraço e boa viagem

Responder

Shirley Lopes abril 7, 2012 às 05:45

Aproveitando a oportunidade, voce saberia me dizer se em Amsterdam tem lojas boas e com preço legal para comprar maquina fotografica digital da Canon ou Nikon? Ou no free shop. Sera que vale a pena deixar para comprar por aih ou compro aqui no Brasil?
E sabe me dizer se eh melhor comprar a entrada para o Keukenhof pela internet ou deixo para comprar aih. Corro o risco de não conseguir comprar na hora? Vou ao parque no dia 17 de maio.
Desde jah minha imensa gratidão pela sua atenção. Um grande abraço!

Responder

Daniel Duclos abril 15, 2012 às 11:19

Shirley, existem algumas lojas grandes que vendem cameras, como o Mediamart e a Dixons, e mais outras menores de fotografia espalhadas por Amsterdam. Eu Não sei quanto está uma câmera no Brasil, então fica difícil comparar. Apenas lembre-se que aqui na Holanda não será tão barato quanto Estados Unidos ou Canadá, por exemplo.

Eu acho que você consegue comprar o ingresso pra Keukenhof na hora sem problemas. Lembre-se que no dia 17 de maio o parque já está no final e terá muitas flores podadas.

Boa viagem

Responder

Shirley Lopes abril 16, 2012 às 04:43

Mesmo o keukenhof estando no final voce acha que vale a pena ir lá?
É perda de tempo, ou estará apreciável ainda apesar disso?
Vou alugar um carro e vou descendo até Maastricht, voce acha que dá para ir em várias cidades em 4 dias? Tipo: Haia, Delft, Gouda,Roterdam e Maastricht e na volta ir em Utrecht e antes de entregar o carro dá um pulo em Voledam. E voltar para Amsterdam para ficar 4 dias. Nesses 4 dias em Amsterdam dá tempo para fazer muita coisa? E claro que sem carro lá.
E valeu por responder minha dúvida anterior, esteja certo de que me ajudou muito. Um grande abraço!

Responder

Daniel Duclos abril 16, 2012 às 10:29

Correção da minha resposta anterior, o nome da loja é Mediamarkt, e não Mediamart. Eles tem site, você pode consultar previamente o preço das câmeras (http://www.mediamarkt.nl/mcs/catentrylist/03.-Spiegelreflex-camera,10259,350653.html?page=1)

Sem dúvida dá pra ir em várias cidades em 4 dias, quantas depende de quanto tempo você quer gastar em cada. E não esqueça de levar em conta o tempo de deslocamento entre as cidades.

Dá pra ver bastante coisa em Amsterdam por 4 dias sim.

O Keukenhof é sempre lindo, mas previno que o parque está em declínio quando próximo de fechar pra evitar decepções; os campos de tulipas já foram podados, por exemplo. Na minha opinião o parque deveria oferecer um desconto nesses dias (ou ao menos prevenir os visitantes), mas o preço é o mesmo durante toda a temporada.

Boa viagem

Responder

Shirley Lopes abril 16, 2012 às 16:07

Muitíssimo obrigada! O site da mediamarkt me valeu demais.

Responder

Adalberto Ferreira abril 5, 2012 às 16:02

Olá Daniel, muito obrigado pela resposta. Optamos em ficar nossos 5 dias só em Ams e fazer bate e volta as cidades. Saberia me dizer se a estação de trem de viugtlaan dá para ir as principais cidades ou é necessário ir até a central station? Voce conhece o hotel Best westen -Blue tower hotel? Ou o Mercure hotel airport? Foi um dos poucos dentro de um preço razoável que encontramos pela época que iremos. Como é nossa primeira viagem a Holanda, ficamos receosos de ficar longe.Grato.

Responder

Daniel Duclos abril 15, 2012 às 11:15

OI Adalberto, eu não conheço essa estação, provavelmente você terá de ir até a Centraal. Eu não conheço nenhum desses hoteis, mas se optar por ficar perto do aeroporto, não esqueça de incluir o preço do deslocamento na diária, já que ao redor do aeroporto não há muito o que fazer e você precisará fazer uma viagem pra Amsterdam todo dia.

Responder

Luis Sousa abril 5, 2012 às 02:06

Olá Ducs

Descobri o seu blog, ao tenta planear uma visita de 1 ou 2 dias À Holanda. No final de Junho irei visitar a Alemanha e Belgica. Gostaria de visitar o parque de Keukenhof, mas nessa altura já estará fechado. Já conheço Limburg, mas nessa zona não há campos com tulipas.
Podia me indicar qual a zona onde há mais plantações de tulipas se é que nessa altura ainda existem em quantidade.
Desde já o meu obrigado

Luis Sousa

Responder

Daniel Duclos abril 5, 2012 às 12:22

Luis, em junho os campos de tulipa já se foram, somente na próxima primavera. É possível ver tulipas em vasos e em lojas, mas os campos mesmo, não é mais época. Abs

Responder

Adalberto Ferreira abril 5, 2012 às 01:05

Olá Amigão. Poderia dar uma dica…Irei como minha esposa agora em Junho para Bélgica e Holanda. Teremos 10 dias.
Poderia informar que cidades da Bélgica e Holanda valeria a pena visitar e dormir? Já separamos a Bélgica e ficaremos 3 dias em Bruxelas e 1 em Antuerpia.
Na Holanda estamos perdidos, pois teremos que sair de trem da Antuerpia para então entrar na Holanda e não sabemos em que cidades podemos fazer a pernoite. Reservamos 2 dias em Amsterdam, então sobra Haarlen,Alkmaar,Leiden,Haia,Delft e Utrecht.
Qual cidade serviria de dormitório para se fazer ida e volta e conhece-las?
Lembrando que saio por Antuerpia e ainda tenho 5 dias na Holanda. Grato. Adalberto Ferreira(Curitiba-PR)

Responder

Daniel Duclos abril 5, 2012 às 12:21

Adalberto, eu não acho estritamente necessário fazer pernoite em outra cidade. É bem possível ir e voltar no mesmo dia. Todas as cidades que indiquei aqui ficam a no máximo uma hora de trem de Amsterdam e é bem tranquilo conhecê-las usando somente Amsterdam como base. Mas se fizer questão de dormir em oura cidade, pode ser Utrecht ou Haia. Haia é bem mais perto de Antuérpia. Abs

Responder

Cybermod abril 4, 2012 às 20:25

Meu amigo Ducs; você poderia colocar, se você conhecer, algo sobre a cidade de Breda. Pois dia 14 de julho de 2012, tem o Breda Live e o DJ Tiësto – que nasceu em Breda – tocará lá. Minha namorada quer dar uma passada por lá, vindo de Amsterdam. Estou sempre antenado na internet, mas se souber algum detalhe importante dá um bizu pra gente!! Obrigadão!!!!!!!!

Responder

Daniel Duclos abril 15, 2012 às 11:13

Fala Cybermod. Não conheço Breda… ainda! *anotando na caixa de sugestões pra artigo*. Se souber de algo antes sobre o show eu falo, provavelmente no Facebook, na página do Ducs! Abraço

Responder

Denise abril 1, 2012 às 05:11

oi, adoro seu blog. Estou planejando minha viagem para janeiro de 2013. Já estou com o roteiro pronto, mas não estou conseguindo fazer minha saída de Bruxelas para Suíça. Tem alguma dica? Obrigada, bjs, Denise

Responder

Daniel Duclos abril 2, 2012 às 23:47

De Bruxelas pra Suíça Nào tenho muita dica… eu acredito que o melhor seja mesmo ir de avião, mas é especulação, porque nunca fiz conexão entre essas duas cidades…

Responder

Paulo R. Filomeno maio 27, 2012 às 04:03

Denise, veja o site http://www.seat61.com . É o mais completo site sobre dicas e informações sobre transporte ferroviário na Europa, para quem deseja ir de um país a outro. Pelo que eu já vi lá, ir de Bruxelas para a Suiça por trem vai ser passando por Paris ou tomar um trem para a Alemanha (Frankfurt talvez) e de lá para a Suiça. Boa viagem!

Responder

Celina março 31, 2012 às 14:55

Olá Ducs,

Vim fazer uma visita e diga-se de passagem, não será a única. Estou aos poucos conhecendo os blogueiros da rede. Compartilho do seu bom humor e é assim que tento escrever sobre minhas andanças. Seu blog é mesmo ímpar! E Amsterdam está na minha lista de quero mais! Foi uma das primeiras cidades que visitei quando comecei a viajar por aqui. Mas acho que antes de voltar a Amsterdam, vou te conhecer em Foz do Iguaçu, né? Ducs International Corporation ao vivo e a cores!
abços

Responder

Daniel Duclos abril 2, 2012 às 23:46

Oi Celina, bem-vinda então :) Legal que você vai pra Foz (pssiu, ainda não anunciei aqui no blog, hehe :))

Responder

Celina abril 4, 2012 às 23:31

oK, não conto pra ninguém! té!

Responder

Aline março 22, 2012 às 16:47

Dani,
o melhor de Gouda é quando, dentro do trem, aquela voz agradável que comunica as estações nos informa que estamos chegando em RÁUDA. Por um segundo quase morri do coração. “Agora f*! Peguei o mapa errado! Era pra Gouda, GOUDA!”.

Responder

Daniel Duclos março 22, 2012 às 21:33

haha, bem lembrado! É assim mesmo :D

bjs

Responder

Gregory março 22, 2012 às 16:11

Belo blog.

Você por acaso tem amigos em outros países com blogs tão bons assim?
Pode indicar.

Vou morar em Estocolmo esse ano e pretendo fazer um blog também,
vou me inspirar no seu, beleza? Haha

Abraço

Responder

Daniel Duclos abril 15, 2012 às 11:11

Oi Gregory, brigado. Na seção de LInks do Ducs, ali no menu do alto, tem outros blogs bem bacanas de outra partes do mundo, dá uma olhada.

É uma horna inspirar as pessoas. Vá em frente. Abraço

Responder

Jose março 21, 2012 às 21:16

Daniel,

A notícia de que a Mauritiushuis estará fechada a partir de 28.04 me pegou de surpresa, pois devo estar na Holanda entre 03.07 e 09.07 e pretendia fazer uma visita ao museu. Resolvi entrar no site e verifiquei que as principais obras continuarão em exposição em uma ala específica, menos “A Moça com Brinco de Pérola” que passará um tempo fora. Viajará para o Japão e depois os EUA.
Sds.

Responder

Daniel Duclos março 21, 2012 às 21:25

Oi Jose, eu tinha visto que as principais obras irão pro Gemeente Museum, com a exceção que você citou. Vou confirmar. Abs e obrigado

Responder

Jose março 22, 2012 às 01:15

Falha minha, Daniel.

Realmente as obras estarão em uma ala do Gemmentemuseun.
Sds.

Responder

Vladimir março 21, 2012 às 13:25

Muito Legal!!!

Também indicaria LEIDEN.

Cidade pequena, mas, onde eu tive um dia muito tranquilo e agradável. Lembro da Catedral de lá, onde, o chão é repleto de túmulos. Sei que é algo comum na Europa, mas, foi onde vi pela 1ª vez e me marcou!

Se buscarem no google verão muitas coisas sobre Leiden e atrações para visitar em 1 dia!

Boas Viagens,
Vladimir.

Responder

Daniel Duclos abril 15, 2012 às 11:10

Fala Vladimir! Leiden é mesmo muito legal e certamente ainda vai ser destaque aqui no Ducs. Bom de falar sobre a Holanda é que o assunto Não acaba ;) Brigado pela sugestão e um abraço

Responder

Christie março 21, 2012 às 11:43

Obrigada, Dani. :)

Responder

Christie março 21, 2012 às 00:23

Muito legal esse post. Interessante, informativo e com belas fotos.

Gostei de ver Rotterdam na lista pois e’ pra la’ que eu vou. Quando estive em Sao Paulo, na livraria cultura, nao achei um guia sequer de Rotterdam, nem em ingles; a prateleira era tomada por Amsterdam, que pelo jeito deve concentrar 90 por cento do turismo na Holanda. Espero poder comprar um mapa de ruas de Rotterdam quando descer em Schiphol.

Responder

Daniel Duclos março 21, 2012 às 10:00

Oi Christie

O Lonely Planet The Netherlands inclui Rotterdam. Alguns guias de Amsterdam incluem Rotterdam como day trip. De toda a forma, eu ainda irei escrever um artigo todo dedicado à cidade, como fiz com Haia, por exemplo.

Procure na AKO, capaz de ter o guia de ruas.

Abs e boa viagem

Responder

Bóia Paulista março 19, 2012 às 15:20

Oi, Daniel. Tudo bem?

Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

Até mais,
Bóia Paulista

Responder

Daniel Duclos março 21, 2012 às 08:39

Opa, que honra! Obrigado por avisar :D

Responder

Alessandro A. março 18, 2012 às 22:29

Excelente post Daniel! Não sabia que tinha tanta coisa assim para se fazer ao redor de Amsterdam e você relatou tudo com extremo detalhe. Muito bom!
Dicas anotadas.

Abraços!

Responder

Daniel Duclos março 18, 2012 às 22:29

Fala Alessandro! Valeu, cara, fico feliz em saber que curtiu! Abração

Responder

DILMAR março 17, 2012 às 16:20

Ola Daniel. Somos em 4 adultos indo para Holanda a partir de Frankfurt.
Minha duvida…estamos de carro, eh facil circular com o carro por la???
Eh que voce fala muito dos trens…
Obrigado
Dilmar

Responder

Daniel Duclos março 17, 2012 às 18:59

Nas estradas sim, é fácil. Nas cidades, nem tanto. Trem é o melhor meio de transporte, na minha opinião.

Responder

juliana março 17, 2012 às 01:08

Faltou Alkmaar e seu tradicional mercado de queijos e Hoorn com o porto. Venha conferir e o cafezinho aqui em casa ta garantido ;-)

Responder

Daniel Duclos março 18, 2012 às 22:23

Oi Juliana, excelente dica! E olha que eu aceito o convite hein? Quando eu for, te escrevo :)

Responder

Rafael Nusdeo Rezende março 16, 2012 às 19:08

Olá Daniel,

Eu e minha namorada iremos pra Amsterdam, em Junho dia 13 ao dia 17…
estamos super anciosos, teria como vc falar um pouco dessa época aí em amsterdam, por exemplo, clima (quase verão) alguma atração nesse período, etc… leio os comentários quase que diáriamente, e vc está de Parabêns…
Abraço

Responder

Daniel Duclos março 16, 2012 às 22:00
Leonardo Rochael Almeida março 16, 2012 às 16:17

Oi Dani, typo: “*Conei* aqui nossa aventura e as dicas de Gouda, dá uma lida.”

Bacana o artigo. Preciso dar um pulo na Holanda de novo…

Responder

Daniel Duclos março 16, 2012 às 20:45

Fala Leo. Corrigido, valeu! Abração!

Responder

Diego março 16, 2012 às 14:53

Das “cidades grandes” fora de Amsterdam, certamente Utrecht foi a que mais gostei. É fácil uma das opções que tenho no futuro, quando pretendo viver abaixo do nível do mar. :)

E vou ter que voltar a Haarlem só para ir à Jopenkerk. Dica anotada! :D

Abraço

Responder

Daniel Duclos março 16, 2012 às 20:47

Demorô Diego, estamos esperando :D Abração

Responder

Daniel Schiavini março 16, 2012 às 14:35

Muito legal, gostei do post.
Moro em Utrecht também, e adoro a cidade.
Aliás Rodrigo, temos um grupo de brasileiros em Utrecht no Facebook, se quiser conhecer a galera.
Realmente, a viagem de trem pra Utrecht é 25-30 minutos.

Responder

Daniel Duclos março 16, 2012 às 20:47

Opa Xará! Valeu — como eu disse, a info saiu trocada com Gouda, já desinverti no post ;) Utrecht rocks! Abração.

Responder

Sheila março 16, 2012 às 13:36

Excelente guia pra essa (quase) nova moradora dos Países Baixos.
E as fotos são fantásticas!
Abraços

Responder

Daniel Duclos março 16, 2012 às 13:40

Brigado Sheila! Jájá você estará explorando e tirando suas fotos também :) Abs

Responder

Rodrigo março 16, 2012 às 13:25

Muito legal, moro em Utrecht, e dessas aí só não conheço Haarlem. Um dia vou lá conferir as cervejarias.
Uma nota: de Amsterdam Centraal para Utrecht Centraal são apenas 25 min, de acordo com o 9292ov (também não gostei do novo site :-)) Faz tempo que não vou pra AMS de trem, mas to achando acho 55 min muito.

Responder

Daniel Duclos março 16, 2012 às 13:36

Oi Rodrigo, eu inverti as infos de distância, desculpe! Agora já estão corretas!

Responder

Daniel Duclos março 16, 2012 às 13:38

(quer dizer, eu inverti com Gouda — pus o de uma na outra. Ja desembaralhei!)

Responder

Leandro janeiro 9, 2014 às 08:35

Muito útil suas palavras, parabéns !
tire uma dúvida, vou estar em Amsterdam e Rotterdam em abril de 2014 com meu filho e quero leva-lo ao Parque temático efteling, alugo um carro ou o transporte público até o parque é fácil? qual a melhor rota? tem que pegar mais de um trêm?, abração e mais uma vez parabéns.

Responder

Daniel Duclos janeiro 9, 2014 às 22:41

Leandro eu ainda não fui ao Efteling (já furou o programa duas vezes). O site deles diz que a partir de Rotterdam dá pra pegar o ônibus 300, mas não dá mais detalhes de onde pegar, quanto tempo demora etc. Não lista opção de trem.

Abs

Responder

{ 3 trackbacks }

Previous post:

Next post: